Estimativa da Contribuição Relativa da Exposição de Glicose Pós Prandial na Média de Exposição Total à Glicose

Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

 Autores:

J. Foley1, S. Dejager2, B. Ahrén3; 1Novartis Pharmaceuticals Corporation, East Hanover, USA; 2Novartis Pharma SAS, Rueil Malmaison, France; 3Lund University, Lund, Sweden;

Histórico:

Média total de exposição à glicose (MTEG) em mmol/mol é agora comumente reportada juntamente com os valores de HbA1c. A relação entre MTEG e HbA1c em mmol/L baseado na análise de regressão linear [((28,7*HbA1c)-46.7)/18, r2=0,84] foi calculada pela combinação de resultados ponderados a partir de pelo menos 2 dias de monitorização contí- nua de glicose (GLI) efetuada 4 vezes, com 7 pontos de auto-monitorização diária realizada pelo menos 3 dias/semana.

Meta:

Tentamos aqui avaliar a contribuição relativa da glicose plasmática de jejum (GPJ) e exposição de glicose pós-prandial aparente (GPPa) à MTEG.

Método:

A contribuição relativa da GPJ e GPPa (MTEG menos GPJ) para MTEG foi comparada antes e após 24 semanas de tratamento com vildagliptina (50 mg qd/bid), tanto em pacientes virgens de drogas (n=2531) e em pacientes previamente tratados com metformina (n=2752).

Resultados:

As características basais dos pacientes virgens de tratamento (57% do sexo masculino) foram: idade de 54 anos, IMC 30,9 kg/m 2 , duração do Diabetes 2,3 anos, HbA1c 8,4%, MTEG 68 mmol/mol (10,8 mmol/L), GPJ 9,9 mmol/L, e GPPa 0,9 mmol/L. A contribuição da GPPa para MTEG foi 8,1% e com fraca correlação com a idade (r2=0,0054, p<0,001) e a duração do Diabetes (r2=0,0021, p=0,02), mas não com o IMC. A vildagliptina reduziu HbA1c em 1,1%, MTEG em 12 mmol/mol (1,7 mmol/L), GPJ 1,1 mmol/L e GPPa em 0,6 mmol/L (todos os p<0,001). A contribuição relativa da GPPa para MTEG foi reduzida em 64% (p<0,001). Estas porcentagens são semelhantes às que podem ser estimadas a partir da GPP acima da linha de avaliações feitas durante as refeições triplicando as áreas de GPJ sob as curvas dos valores GLU tomados durante o desjejum padrão (SBM). As características basais dos pacientes previamente tratados com Metformina (54% do sexo masculino) foram: idade de 57 anos, IMC 31,5 kg/m 2, duração do Diabetes 5,2 anos, HbA1c 7,9%, MTEG 63 mmol/mol (10,0 mmol/L), GPJ 9,8 mmol/L, e GPPa 0,2 mmol/L. A vildagliptina reduziu HbA1c em 0,9%, MTEG em 10 mmol/mol (1,4 mmol/L), GPJ 1,5 mmol/L e GPPa em 0,1 mmol/L (todos os p<0,001). A contribuição da GPPa para MTEG e melhora observada com vildagliptina é muito abaixo da estimativa de valores de GLI obtidos durante SBM.

Discussão:

A análise atual em pacientes tratados com vildagliptina indica que as estimativas da contribuição relativa da GPJ e GPPa para MTEG parecem ser coerentes o que foi estabelecido a partir do teste de refeição durante os estudos clínicos em pacientes virgens de droga, mas não em pacientes tratados com metformina. Isto levanta questões importantes relativas à validade da estimativa de MTEG, atualmente em uso comum.

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.