Tema da Campanha

Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

DMD_2016

 

TEMA DA CAMPANHA 2017:

“A MULHER E O DIABETES: NOSSO DIREITO A UM FUTURO SAUDÁVEL”

Mulher-e-Diabetes

CONTEÚDO:

  1. SOBRE O DIA MUNDIAL DO DIABETES
  2. DIA MUNDIAL DO DIABETES 2017
  3. MENSAGEM CHAVE
  4. INFORMAÇÕES SOBRE O D.M.
  5. DIREITO À SAÚDE
  6. INTERNATIONAL DIABETES FEDERATION

SOBRE O DIA MUNDIAL DO DIABETES:

O Dia Mundial do Diabetes foi criado em 1991 pela IDF e a Organização Mundial de Saúde em resposta a preocupações crescentes com a ameaça à saúde que representa o Diabetes. O Dia Mundial do Diabetes tornou-se um dia oficial das Nações Unidas em 2006 com a aprovação da “Resolução das Nações Unidas 61/225”.

O DMD é a maior campanha de conscientização sobre Diabetes do mundo, atingindo uma audiência global de mais de 1 bilhão de pessoas em mais de 160 países. A campanha chama a atenção para questões de extrema importância para o mundo do Diabetes e mantém o Diabetes firmemente no foco público e político.

A campanha é representada por um logotipo de círculo azul que foi adotado em 2007 após a aprovação da Resolução da ONU sobre Diabetes. O círculo azul é o símbolo global da consciência do Diabetes. Isso significa a unidade da comunidade global de Diabetes em resposta à epidemia de Diabetes.

Dia-Mundial-do-Diabetes-2017-01

DIA MUNDIAL DO DIABETES 2017 A MULHER O DIABETES

A campanha do Dia Mundial do Diabetes 2017 promoverá a importância do acesso acessível e equitativo para todas as mulheres em risco para Diabetes com os medicamentos e tecnologias essenciais, a educação de autogestão e as informações de que necessitam para obter resultados ótimos e fortalecer sua capacidade para prevenir o DM2.

Atualmente existem mais de 199 milhões de mulheres que vivem com Diabetes e este total deverá aumentar para 313 milhões em 2040. Gênero e dinâmica de poder podem influenciar a vulnerabilidade ao Diabetes, afetar o acesso a Serviços de saúde e comportamentos na busca de saúde para mulheres e ampliam o impacto do Diabetes sobre as mulheres. Diabetes é a nona principal causa de morte em Mulheres em todo o mundo, causando 2,1 milhões de mortes cada ano. Como resultado de condições socioeconômicas, meninas e mulheres com Diabetes enfrentam barreiras à prevenção do Diabetes, detecção precoce, diagnóstico, tratamento e cuidados, particularmente em países em desenvolvimento. As desigualdades expõem as mulheres aos principais fatores de risco de Diabetes como dieta e nutrição precárias, inatividade física e consumo e uso nocivo de álcool e tabaco.

Duas em cada cinco mulheres com Diabetes estão de idade reprodutiva, representando mais de 60 milhões de mulheres em todo o mundo. Mulheres com Diabetes tem mais dificuldade em conceber e podem ter maus resultados na gravidez. Sem planejamento pré-natal, os DM1 e DM2 podem resultar de forma significativa, maior risco de mortalidade materna e infantil.

Aproximadamente um em cada sete nascimentos é afetado pelo Diabetes Gestacional (DG), uma ameaça grave e negligenciada para a saúde da mãe e saúde infantil. Muitas mulheres com DG experimentam complicações relacionadas à gravidez incluindo hipertensão arterial, bebês acima do peso e parto obstruído. Um número significativo de mulheres com DG também virão a desenvolver DM2 resultando em outras complicações e custos para a saúde.

WDD-2017-PORT WDDG-2017-PORT

Estigmatização e discriminação enfrentadas por pessoas com Diabetes são particularmente pronunciadas para meninas e mulheres, que carregam uma dupla carga de discriminação devido ao seu estado de saúde e à desigualdades perpetradas em sociedades dominadas por homens. Essas desigualdades podem desencorajar meninas e mulheres de procurar diagnóstico e tratamento, impedindo-as de alcançar resultados positivos para a saúde.

MENSAGENS – CHAVE

TODAS AS MULHERES COM DIABETES EXIGEM ACESSO PARA CUIDADOS E EDUCAÇÃO PARA CONTROLAR MELHOR SEU DIABETES E MELHORAR OS RESULTADOS DE SAÚDE

  • Atualmente, existem mais de 199 milhões de mulheres que vivem com Diabetes. Prevê-se que este total aumente para 313 milhões até 2040.
  • 2 em cada 5 mulheres com Diabetes estão em atividade reprodutiva.
  • Diabetes é a 9ª principal causa de morte em mulheres no mundo, causando 2,1 milhões de mortes ao ano.
  • Mulheres com DM2 são quase dez vezes mais propensas a ter doença cardíaca do que as mulheres sem a condição.
  • Mulheres com DM1 tem um risco maior de aborto ou ter um bebê com má formações.

O Que Precisa ser Feito:

  • Os sistemas de saúde devem prestar atenção adequada às necessidades e prioridades das mulheres.
  •  Todas as mulheres com Diabetes devem ter acesso aos medicamentos e tecnologias essenciais, assim como à educação para a autogestão e informações necessárias para alcançar bons resultados.
  • Todas as mulheres com Diabetes devem ter acesso ao acompanhamento pré-natal para reduzir riscos durante a gravidez.
  • Todas as mulheres e meninas devem ter acesso à atividade física para melhorar sua qualidade de vida.

MULHERES GRÁVIDAS REQUEREM MELHOR ACESSO À DETECÇÃO E ATENÇÃO À EDUCAÇÃO PARA ALCANÇAR RESULTADOS POSITIVOS DE SAÚDE PARA MÃE E FILHO

  • 1 em cada 7 nascimento é afetado pelo Diabetes gestacional (DG).
  • A IDF estima que 20.9 milhões ou 16.2% dos nascidos vivos de mulheres sem atenção pré-natal em 2015 apresentaram alguma forma de hiperglicemia na gravidez.
  • Metade de todos os casos de hiperglicemia na gravidez ocorrem em mulheres com menos de 30 anos.
  • A grande maioria dos casos de hiperglicemia na gravidez foi em países de baixa e média renda, onde o acesso aos cuidados maternos é frequentemente limitado.
  • Aproximadamente metade das mulheres com histórico de DG vão desenvolver DM2 dentro de cinco a dez anos após o parto.

O Que Precisa ser Feito:

  • As estratégias de prevenção do DM2 devem se concentrar em saúde, nutrição e outras condutas saudáveis antes, durante e depois da gravidez, bem como na nutrição infantil.
  • As visitas de cuidados pré-natais durante a gravidez devem ser otimizadas para promoção da saúde em mulheres jovens e detecção precoce de Diabetes e DG.
  • O rastreio de Diabetes e DG deve ser integrado em outras intervenções e serviços de saúde materna a nível de atenção primária para garantir uma detecção precoce, melhor atendimento à mulheres e redução da mortalidade infantil.
  • Os profissionais de saúde devem ser treinados na identificação, tratamento, gestão, controle e acompanhamento do Diabetes durante a gravidez.

MULHERES E MENINAS SÃO AGENTES-CHAVE NA ADOÇÃO DE ESTILOS DE VIDA SAUDÁVEL PARA MELHORAR A SAÚDE E O BEM-ESTAR DE FUTURAS GERAÇÕES

  • Até 70% dos casos de DM2 podem ser prevenidos através da adoção de um estilo de vida saudável
  • As mulheres, mães, têm uma enorme influência sobre o estado de saúde a longo prazo de seus filhos
  • As Mulheres são as guardas da alimentação doméstica e dos hábitos de nutrição e estilo de vida e, portanto, têm o potencial de conduzir a prevenção em suas casas e mais além 70% das mortes prematuras entre adultos são em grande parte devidas ao comportamento iniciado durante a adolescência.
  • As pesquisas têm mostrado que, quando as mães tem maior controle sobre os recursos, os direcionam mais para comida, saúde infantil, nutrição e à educação.

O Que Precisa ser Feito:

  • As mulheres e as meninas devem ser capacitadas com facilidade e acesso equitativo ao conhecimento e recursos para fortalecer sua capacidade de prevenir o DM2 em suas famílias e melhor salvaguardar sua própria saúde.
    A promoção de oportunidades para o exercício físico em adolescentes, em particular nos países em desenvolvimento, deve ser uma prioridade para a prevenção do Diabetes.

INFORMAÇÕES SOBRE O D.M

  • 1 em cada 11 adultos têm Diabetes.
  • Em 2040 1 em cada 10 adultos terão Diabetes.
  • 46.5% dos adultos com Diabetes não são diagnosticados.
  • 12% da despesa global é gasta em Diabetes.
  • 1 em cada 7 nascimentos é afetado pelo Diabetes Gestacional.
  • Três quartos das pessoas com Diabetes vivem em países de baixa e média renda.
  • 542,000 crianças têm DM1.
  • A cada 6 segundos uma pessoa morre com Diabetes.

O Atlas de Diabetes da IDF, na sua sétima edição de 2015 fornece os últimos números, informações e projeções sobre a magnitude atual e futura da epidemia do Diabetes.

#DIREITO À SAÚDE:
UM CHAMADO PARA AÇÃO DO DIA MUNDIAL DO DIABETES

Em setembro de 2011, a ONU convocou a primeira Reunião de Alto Nível sobre DNTs. O resultado foi a Declaração Política da ONU sobre prevenção e controle de doenças não transmissíveis, contendo 22 compromissos baseados em ações para a resposta da NCD. Em 2014, realizou-se uma revisão e avaliação da ONU e foram tomadas novas ações de aceleração. No fim de 2017, o Secretário-Geral das Nações Unidas terá que apresentar um relatório de progresso com base no que foi alcançado com os compromissos de 2011 e 2014. A discussão sobre o progresso alcançado e as prioridades para atingir os objetivos até 2025 terá lugar na segunda revisão da ONU sobre as DNTs, atualmente agendada para setembro de 2018.

O Dia Mundial do Diabetes é uma ferramenta poderosa que reúne a comunidade global do Diabetes. Os membros da IDF têm um papel fundamental na realização da campanha de sucesso a cada ano, organizando atividades em torno do tema da campanha e conscientizando sobre Diabetes.

Os objetivos da campanha do DMD 2017 apoiam os objetivos voluntários da OMS de aumento de 0% na prevalência de Diabetes e 80% de acesso a cuidados essenciais para o Diabetes até 2025, incluídos no Quadro de Monitoramento Global das DNTs e o objetivo de Desenvolvimento Sustentável que visa reduzir até 2030 um terço da mortalidade prematura de doenças não transmissíveis através de prevenção e tratamento.

O Dia Mundial da Diabetes serve como um veículo para fornecer informações importantes sobre leis e solicitar o reconhecimento e a renovação dos compromissos do governo.

Uma carta será enviada a todos os membros da IDF, que serão solicitados a adaptá-lo com informações de seu próprio país, entregar o documento aos governos nacionais e assumir um papel ativo na obtenção de reconhecimento e renovação do governo assinando a carta.

Todos os representantes da comunidade global de Diabetes são convidados a apoiar os esforços dos membros da IDF promovendo a iniciativa através dos seus canais de comunicação.

Um evento do Dia Mundial da Diabetes será organizado no dia 14 de novembro para atualizar os progressos alcançados para alcançar a renovação do compromisso dos governos nacionais.

IDF – INTERNATIONAL DIABETES FEDERATION

A International Diabetes Federation (IDF) é uma associação de instituições com mais de 230 associações nacionais de Diabetes em 170 países e Territórios. Representa os interesses do crescente número de pessoas com Diabetes e pessoas em risco. A Federação liderou a comunidade global de Diabetes desde 1950.

IDF é uma rede multicultural diversificada e inclusiva de Associações de Diabetes e uma voz global poderosa em doenças não-transmissíveis.

As atividades da Federação visam influenciar a política, aumentar o público, conscientizar e incentivar a melhoria da saúde, promover o intercâmbio de informações de alta qualidade sobre Diabetes e proporcionar educação para pessoas com Diabetes e seus profissionais de saúde. A IDF está associada com o departamento de Informação Pública das Nações Unidas e em relações oficiais com a Organização Mundial da Saúde (OMS) e a Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS).

AGINDO HOJE PARA MUDAR O AMANHÃ

#DMD
www.worldDiabetesday.orgwdd@idf.org

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.