Cirurgia Metabólica para Diabetes

Cirurgia Metabólica para Diabetes
Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Essa semana a área de Endocrinologia e Metabologia foi destaque em reportagens na televisão, entre elas, uma no Jornal Nacional sobre a cirurgia metabólica para tratamento do Diabetes

A SBEM e a ABESO (Associação Brasileira para o Estudo da Obesidade e Síndrome Metabólica) enviarão em breve uma posição das duas entidades para os órgãos competentes.

No texto a seguir a SBEM comenta sobre a questão, lembrando que as entidades participaram de debates durante mais de dois anos com o Conselho Federal de Medicina. A SBEM não se coloca contrária ao procedimento e que existem pacientes com indicação para a cirurgia, porém reforça que ainda são necessários estudo de longo prazo para acompanhar os resultados.

Na nota, SBEM lembra que a cirurgia não anula o uso de dieta e atividade física, como partes integrantes do tratamento.

A seguir a íntegra do material enviado aos jornalistas.

A Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia e a Associação Brasileira para o Estudo da Obesidade e da Síndrome Metabólica, junto de outras Sociedades médicas de cirurgia, participaram durante mais de um ano de discussões na câmara técnica do Conselho Federal de Medicina, em Brasília.

O assunto era a Cirurgia Metabólica em paciente com Diabetes mellitus e Índice de Massa Corpórea entre 30 e 35. A SBEM não é contrária a  cirurgia, e acredita que existem pacientes que podem ser beneficiados com ela.

Porém, ainda há poucos estudos científicos com pacientes exatamente dentro desse IMC, acompanhados por muito tempo.

Isso levanta várias questões científicas e clínicas a respeito da indicação de cirurgia e o acompanhamento dos casos, especialmente o que fazer 5 ou 10 anos após o procedimento caso o resultado seja negativo.

Está claro que a indicação dessa cirurgia só poderia ser feita por um médico endocrinologista, que é o único especialista com conhecimento suficiente para tentar responder as perguntas que os trabalhos científicos ainda não responderam de maneira clara e precisa.

A cirurgia nunca deve ser indicada por um cirurgião que não tem conhecimento clínico na área do Diabetes Mellitus e só deveria ser realizada por cirurgiões muito experientes em cirurgia Bariátrica.

Outro ponto importante é que, tanto a cirurgia bariátrica quanto a cirurgia Metabólica não retiram a necessidade de dieta e atividade física como tratamento.

Todo paciente precisa ser muito bem informado disto, pois se ele não adere ao tratamento clínico (não toma os medicamentos corretamente, não cuida da alimentação e não faz exercícios físicos), fazer uma cirurgia Metabólica simplesmente não resolverá a situação.

Além dessas questões científicas e clínicas, os custos também precisam ser discutidos. Faltam remédios no Sistema Único de Saúde para tratar Diabetes mellitus. Essa cirurgia será paga pelo SUS?

A SBEM acredita que é preciso ter medicamentos orais, injetáveis e insulinas de qualidade na rede pública de tratamento antes de ter cirurgia Metabólica no SUS.

Isso, porque a maior parte dos pacientes com diabetes não terá indicação dessa cirurgia, mas precisará de remédios e insumos para tratar a doença.

Dr. Alexandre Hohl
Vice-presidente da SBEM Nacional
Presidente da Comissão Científica da SBEM

Fonte: Portal da SBEM.

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.
Compartilhar: