Nutrição

Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

 

PERGUNTA:

Sou diabético, faço uso de insulina e estou muito magro e fraco. Poderiam me indicar suplementos nutricionais à base de soja?

Obrigado.

Amarildo Castro, São Paulo

RESPOSTA:

Olá Sr. Amarildo,

O correto seria você marcar uma consulta com nutricionista para que esse profissional estabeleça a quantidade adequada para você. No mercado temos produtos em pó, para serem diluídos em água, como o e Novasource GC (com soro de leite), mas próprio para Diabetes, ou produtos líquidos prontos para o uso como o Diasip que tem como fonte proteica soja e soro do leite. De qualquer forma sugiro que você tenha um acompanhamento profissional.

Abraço.

Atenciosamente,

Nutr. Drª. Viviane Chaer Borges

Nutricionista Coordenadora do Depto. Nutrição ANAD

——————————————————————————————————————————————————————————————-

PERGUNTA:

Quem está fazendo uso de Glifage por conta de estar pré diabético pode fazer uso dos shakes da Herbalife?

Obrigada pela atenção.

Claudete Martins

RESPOSTA:

Olá, Para dar a resposta com certeza é necessário saber a composição dos Shakes. Quanto têm de carboidratos? Quanto têm de açúcares? Outro detalhe é que os líquidos saem rapidamente do estômago quando comparados à refeição sólida e tendem a elevar mais rapidamente a glicemia. O leitor deve considerar também quantos Shakes pretende tomar ao dia? O ideal é procurar um profissional nutricionista para uma melhor orientação.

Abraços,

Nutr. Viviane Chaer Borges Supervisora DNA

————————————————————————————————————————————————————————————————–

PERGUNTA:

Por favor, informe sobre o açúcar de côco.

Rosangela Geraldino ,São Paulo

RESPOSTA:

Olá Sra. Rosangela,

O açúcar de côco é amplamente utilizado na Indonésia, em bebidas, lanches e molhos. A matéria prima para a produção do açúcar de côco é a seiva das flores do coqueiro.

Com relação a sua propriedade possui bastante sacarose e pouca quantidade de glicose e frutose, e possui também vitaminas C e B, zinco, ferro, potássio e magnésio.

Não é recomendado para pessoas diabéticas, apesar do baixo Índice Glicêmico (35 a 45).

É necessário sempre consultar seu médico e/ou nutricionista para saber se é possível incluir este alimento em sua dieta.

Atenciosamente,

Nutr. Amanda Aboud , Nutricionista e Coordenadora do Depto. Nutrição ANAD

———————————————————————————————————————————————————————————————————

PERGUNTA:

Olá ANAD,

Gostaria que me dessem uma relação de frutas, verduras e legumes que posso comer com segurança.

É verdade que cenoura cozida tem muito açúcar? E beterraba é proibida para quem tem Diabetes?

Sônia Lima ,São Paulo

RESPOSTA:

Olá Sra. Sônia,

Em relação às verduras e legumes o consumo esta liberado.

As frutas devem ter recomendação especifica em sua dieta.

A cenoura quando cozida perde um pouco dos açúcares presentes em sua composição, porém o ideal é consumi-la em sua forma crua.

Já a beterraba não é proibida para diabéticos, devido ao alto teor de fibras em sua composição, que auxiliam no controle da glicemia. Todavia, devemos lembrar que todo alimento que nasce em baixo da terra (tubérculo) deve ser consumido de forma moderada.

Sugiro uma consulta com o profissional nutricionista, para que ele indique um plano alimentar de forma individualizada.

Atenciosamente,

Nutr. Amanda Aboud ,Nutricionista e Coordenadora do Depto. Nutrição ANAD

———————————————————————————————————————————————————————————————————

PERGUNTA:

Gostaria de saber se diabéticos podem utilizar o agave azul, e caso a calda de um pudim seja preparada com agave posso chamá-lo de dieta?

Fernanda Rapucci

RESPOSTA:

Olá Fernanda,

O Agave possui em sua composição sacarose, glicose e outros tipos de açúcares. Por isso o agave não é um produto recomendado para pessoas com Diabetes.

Atenciosamente,

Nutr. Hanna F. Martiniano, Nutricionista e Coordenadora do Depto. Nutrição ANAD

——————————————————————————————————————————————————————————————————————————–

PERGUNTA:

Gostaria de saber se o adoçante Tal e Qual pode ser consumido sem problemas por diabéticos. Apesar do selo da Anad, vejo que o primeiro ingrediente mencionado é a maltodextrina e até onde sei, é açúcar de milho, procede?

Tenho usado nas receitas, mas tenho receio de estar usando um produto inadequado. Gostaria que me ajudassem a esclarecer esta dúvida.

Obrigada!

Gisele Forman , São Paulo

RESPOSTA:

Olá Sra. Gisele,

A maltodextrina é um carboidrato de lenta absorção, porém varia com o organismo de cada individuo, e pode ser consumido por pessoas com Diabetes, por isso o adoçante Tal e Qual tem nosso Selo de Qualidade e Confiança da ANAD.

Atenciosamente,

Nutr. Hanna F. Martiniano Nutricionista e Coordenadora do Depto. Nutrição ANAD

———————————————————————————————————————————————————————————————————————————

PERGUNTA:

Gostaria de tirar dúvidas sobre um biscoito wafer de chocolate da Longa Vida se realmente ele é diet já que não possui o símbolo e por qual motivo não tem mais sorvetes diet a venda não eram realmente diet?

Grato.

Ivan Ferrão da Silva ,Rio de Janeiro

RESPOSTA:

Sr. Ivan,

Infelizmente desconheço biscoito waffer da marca Longa Vida, por isso nesse quesito, não conseguirei ajudá-lo. Porém, aconselho que leia o rótulo de todos os produtos que irá consumir, leia a lista de ingredientes e verifique se possui açúcar ou não, desta forma, saberá se o produto é indicado ou não para pessoas com Diabetes. Já em relação aos sorvetes diet’s existentes no mercado, é informado no rótulo que não contém adição de açúcar, pois se o fabricante não cumprir o que está no rótulo fica sujeito a punição prevista na Lei.

Os sorvetes da Kibon e da Nestlé sem adição de açúcar continuam normalmente.

Atenciosamente,

Nutr. Hanna F. Martiniano Nutricionista e Coordenadora do Depto. Nutrição ANAD

———————————————————————————————————————————————————————————————————————————

PERGUNTA:

Estava pesquisando sobre receita para diabéticos por causa de meu pai e encontrei seu site. Adorei muitas coisas que vi aqui. Minha dúvida é em relação a alimentação. A médica de meu pai pediu para tirar o açúcar das refeições e massas apenas uma vez por semana e pão pediu para que seja integral e apenas duas fatias por dia. Meu pai nunca teve Diabetes, mas em consequência das internações e dos medicamentos fortes que precisou tomar, acabou aparecendo um início de Diabetes e com isso ela receitou medicamentos para tomar para baixar a taxa. Vi várias receitas de sobremesa, inclusive de pães. Gostaria de saber se na dieta dele devemos apenas colocar pão integral ou mesclar com outro tipo? Ele se alimenta bem, mas com essa nova dieta ficou meio complicado na hora das refeições, principalmente nos cafés da manhã e da tarde.

Grata pela atenção.

Abraços.

Solange Bacci , São Paulo

RESPOSTA:

Olá Solange!

Obrigada por entrar em contato conosco!! A alimentação do diabético deve ser a mais saudável e balanceada possível, isso significa substituir os alimentos refinados por integral, fracionar as refeições de 3 em 3 horas, comer 4 frutas ao dia, verduras e legumes nas principais refeições, bem como tomar água ao longo do dia!!

Lembramos que aqui na Anad temos nutricionista que podem elaborar uma dieta personalizada para o seu pai!

Que tal agendar uma consulta?

Obrigada!

Nutr. Mirella Bini Egli Nutricionista da ANAD

———————————————————————————————————————————————————————————————————————————-

PERGUNTA:

Gostaria de saber por que as receitas de pão da ANAD levam farinha de trigo, se a recomendação para diabéticos é para não usar trigo. Gostaria de mais sugestões ou explicações. Olhei várias na relação e todas levam farinha de trigo.

Aguardando uma resposta, agradeço a atenção.

Iracy Boff

RESPOSTA:

Sra. Iracy,

Realmente a ANAD tem como conduta não fazer uso de farinha de trigo branca, porém essas receitas são antigas e devem ser atualizadas, porém em suas receitas pode ser substituída por farinha de trigo integral, para não ter impacto direto na glicemia.

Atenciosamente,

Nutr. Amanda Aboud Nutricionista e Coordenadora do Depto. Nutrição ANAD

——————————————————————————————————————————————————————————————————————————–

PERGUNTA:

Descobri que sou diabética, 150mg/dL, tenho 55 anos, estou na menopausa e estou engordando por qualquer bocado de comida, principalmente carboidratos, além de gorduras (azeite) proteínas (ovo, queijo branco)…

No meu caso tenho que fazer jejum?

Estou gorda, tenho 1,58m e peso 55 kg e não consigo emagrecer! Tenho medo por que o Diabetes é perigoso, ataca os rins, o coração e a vista. Tenho um tio que morreu de insuficiência renal, meu pai (que já morreu também) era diabético e morreu por várias complicações.

Gisele Forman , São Paulo

RESPOSTA:

Maria Cecília,

Você como portadora de Diabetes não deve fazer dieta sem orientação médica e do nutricionista que avaliarão sua condição física, idade, peso, altura, preferências pessoais e medicação em uso, para então prescrever uma dieta personalizada de forma que você obtenha os melhores resultados, sem riscos e com vistas a prevenir as complicações.

Atenciosamente,

Nutr. Amanda Aboud Nutricionista e Coordenadora do Depto. Nutrição ANAD

——————————————————————————————————————————————————————————————————————————

PERGUNTA:

Quais sucos quem tem Diabetes deve evitar? Não podemos comer também vegetais que são extraídos de debaixo da terra como batata, cenoura,beterraba? Posso praticar exercícios como musculação ou andar de bicicleta, por aproximadamente uma hora! Qual o melhor horário para fazer aferição do Diabetes?
Observação:
Fiz um exame de sangue há uns meses atrás deu 145 mg/dL…Ontem 2:30 após o café estava em 103mg/dL… O que me deixou menos preocupado… Por favor, aguardo uma orientação porque… Tanta gente fala isso ou aquilo… Mas são leigos também…
Grato pela atenção,
Marco Antonio,São Paulo

RESPOSTA:

Prezado Marco Antonio,
1. Você deve ter o acompanhamento de um médico endocrinologista;
2. O teste de glicemia tem que ser feito diariamente;
3. Um nutricionista deve prescrever sua dieta;
4. Um profissional de educação física deve orientar suas atividades;

Como você pode ver não está se cuidando adequadamente e portanto será necessário seguir estes 4 pontos e terá todas as respostas e muito mais, ou seja educação em Diabetes.
Atenciosamente,
Equipe Anad

——————————————————————————————————————-

PERGUNTA:

Adorei o site da ANAD. Necessito saber as equivalências das frutas em açúcar. Exemplo: Posso comer três laranjas de uma vez só? Se comer três frutas diferentes num mesmo momento altera meu açúcar?
Obrigada. Maria Lucia J. Simões, São Paulo

RESPOSTA:

Olá Maria Lucia, Obrigada por entrar em contato conosco! As porções de frutas são variáveis sim, mas cada pessoa tem a sua dose necessária correta, e isso é individualizado, não existe uma regra geral que se encaixe para todas as pessoas, porém, sabe-se que consumir várias frutas ao mesmo tempo, mesmo que diferentes, aumenta sim os ní- veis de glicemia (açúcar) no sangue, logo, o ideal é que sejam consumidas isoladas e ao longo do dia. Para tirar mais dúvidas sugiro que a senhora agende uma consulta com uma de nossas nutricionistas.
Obrigada, Nutr. Mirella Bini Egli, Nutricionista da Anad

—————————————————————————————————————————————

PERGUNTA:

Sou filha de paciente diabética e recentemente foi diagnosticada com perda de proteína. Fiquei muito preocupada e gostaria de uma orientação de uma nutricionista para um melhor controle através da dieta. Qual a alimentação adequada para reverter essa situação?
Maria Gorete, Goiás

RESPOSTA:

Sra. Maria Gorete, A sua mãe foi diagnosticada com perda proteica? Se for isso ela está com perda de massa magra e o motivo deve ser investigado por uma equipe multiprofissional, por isso infelizmente não posso ajudá-la muito pois é um caso muito particular. Oriento que se consulte com uma nutricionista pessoalmente, para que esta possa dar as orientações adequadas para o caso específico. Peço desculpas por não poder ajudá-la mais.
Nutr. Hanna F. Martiniano, Nutricionista Coordenadora do Depto. Nutrição Anad

—————————————————————————————————————————————-

PERGUNTA:

Vocês oferecem curso de culinária para diabéticos?
Wilton Santos Freire , São Paulo

RESPOSTA:

Olá Sr. Wilton, Oferecemos uma vez ao mês o curso de culinária para pessoas com Diabetes, é gratuito e aberto ao público. Estamos localizados na Rua Eça de Queiroz, 198 – Vila Mariana – São Paulo. Será um prazer tê-lo conosco. Muito obrigada!
Nutr. Hanna F. Martiniano Nutricionista Coordenadora do Depto. Nutrição Anad

—————————————————————————————————————————————-

PERGUNTA:

Agave é recomendado para diabéticos ou não?
Fernando Hilf ,São Paulo

RESPOSTA:

Sr. Fernando, O Agave é um adoçante com altos índices de frutose, substância que causa impacto na glicemia, por isso não é recomendado seu uso por portadores de Diabetes. Muito obrigada!
Nutr. Hanna F. Martiniano ,Nutricionista Coordenadora do Depto. Nutrição Anad

—————————————————————————————————————————————

PERGUNTA:

Sou diabético tipo 2 e gostaria de receber informação sobre alimentação para pessoa diabética.
Herdel Felicio Bicohf, Rondônia

RESPOSTA:

Sr. Herdel,  O ideal seria que o senhor se consultasse com uma nutricionista para receber orientações individualizadas, mas de maneira geral, deixo algumas orientações básicas, o que não substitui a consulta com profissional.

Orientação Nutricional Geral:

• Controlar o consumo de alimentos ricos em carboidratos como: arroz, macarrão, pão francês, batata, mandioca, inhame, massas em geral, etc;
• Não misturar alimentos ricos em carboidrato na mesma refeição Ex: arroz com macarrão ou com mandioca, ou com batata ou com farinha; macarrão com pão ou torrada etc;
• Se alimente de 3 em 3 horas, cuidado com os excessos;
• Não utilize açúcar (mel, melaço, dextrose, sacarose e glicose), são açúcares simples e podem elevar a Glicemia;
• Não permaneça longos períodos em jejum (=HIPOGLICEMIA);
• Mastigar bem os alimentos;
• Não ingerir líquidos durante as refeições;
• Pratique atividade física regularmente, no mínimo 30 minutos por dia todos os dias;
• Utilize quantidade de sal, moderada por dia;
 • Leia sempre o rótulo dos alimentos;
• Beba no mínimo 2 litros de água por dia;
• Utilizar óleo de milho, girassol ou canola para cozinhar. Não reutilizar o óleo;
• Temperar os alimentos com cebola, alho, vinagre, limão, azeite de oliva e ervas naturais;
• Dar preferência às preparações assadas, cozidas, ensopadas, grelhadas ou cozidas no vapor;
• Consumir maior quantidade de fibras: verduras, legumes, frutas, leguminosas (feijão, soja, grão de bico, ervilha, lentilha) e cereais (farelo de trigo, farelo de aveia, linhaça, cereais matinais sem açúcar). Espero ter esclarecido suas dúvidas; Muito obrigada!

Nutr. Hanna F. Martiniano, Nutricionista Coordenadora do Depto. Nutrição Anad

————————————————————————————————————————————–

PERGUNTA:

O que os diabéticos nunca devem comer? Tomo remédio todos os dias mas a glicemia esta sempre alta. Já está há seis anos nessa vida… O que posso comer e o que não posso? Não quero tomar insulina nunca, ela me deixa muito mal. Obrigada tenho 62 anos.
Elisabete L. Bispo, Bahia

RESPOSTA:

Sra. Elizabete,  Existem alguns “conceitos” sobre a Diabetes que não correspondem com a realidade, e podemos chamá-los de “mitos” e assim desmistificá-los. Existem mitos sobre alimentação e também sobre a utilização da insulina. Aconselho se consultar com médico endocrinologista e nutricionista para esclarecer certas dúvidas e desmistificar certos conceitos. Encaminho uma orientação generalizada para ajudá-la até marcação de consulta individualizada com a nutricionista.

Orientação nutricional para Diabetes:
• Controlar o consumo de alimentos ricos em carboidratos como: arroz, macarrão, pão francês, batata, mandioca, inhame, massas em geral, etc;
• Não misturar alimentos ricos em carboidrato na mesma refeição Ex: arroz com macarrão ou c/ mandioca, ou c/ batata ou c/ farinha; macarrão c/ pão ou torrada etc.;
• Se alimente de 3 em 3 horas, cuidado com os excessos;
• Não utilize açúcar (mel, melaço, dextrose, sacarose e glicose), são açúcares simples e podem elevar a Glicemia;
• Não permaneça longos períodos em jejum (=HIPOGLICEMIA);
• Mastigar bem os alimentos;
• Não ingerir líquidos durante as refeições;
• Pratique atividade física regularmente, no mínimo 30 minutos por dia todos os dias;
• Utilize quantidade de sal, moderada por dia;
• Leia sempre o rótulo dos alimentos;
• Beba no mínimo 2 litros de água por dia;
• Utilizar óleo de milho, girassol ou canola para cozinhar. Não reutilizar o óleo;
• Temperar os alimentos com cebola, alho, vinagre, limão, azeite de oliva e ervas naturais;
• Dar preferência às preparações assadas, cozidas, ensopadas, grelhadas ou cozidas no vapor;
• Consumir maior quantidade de fibras: verduras, legumes, frutas, leguminosas (feijão, soja, grão de bico, ervilha, lentilha) e cereais (Farelo de trigo, farelo de aveia, linhaça, cereais matinais s/ açúcar etc).                                  

Permaneço a disposição. Muito obrigada!
 Nutr. Hanna F. Martiniano , Nutricionista Coordenadora do Depto. Nutrição Anad

—————————————————————————————————————————————–

PERGUNTA:

Gostaria de saber tudo a respeito de nutrição para o Diabetes Tipo 1, principalmente sobre os efeitos da batata Yacon.                                                                                                                                                                                         Anastácio Gomes Neto, Bahia

RESPOSTA:

Sr. Anastácio, Em relação a batata Yacon, ela ficou muito conhecida como a batata do diabético, pois contém bastante fibra e FOS (fruto-oligossacarídeo) na sua composição, que agem de forma parecida no organismo diminuindo assim a glicemia, a batata Yacon também contém quantidade significativa de água, o que é fundamental para a ação da fibra. Diferente dos tubérculos de modo geral, a batata Yacon tem menor concentração de carboidratos e mais fibras. Por isso pode ser consumida por portadores de Diabetes. Já referente a “saber tudo sobre nutrição para Diabetes Tipo 1” fica complicado, pois isso exigiria anos de dedicação e estudo, mas aconselho o senhor a passar em uma consulta nutricional, o que o ajudará controlar melhor a sua glicemia e a entender o necessário para ter qualidade de vida. Muito obrigada!
Nutr. Hanna F. Martiniano, Nutricionista Coordenadora do Depto. Nutrição Anad

—————————————————————————————————————————————-

PERGUNTA:

Gostaria de perder peso, pois estou com aproximadamente 100 kgs. Pergunto: Os medicamentos da TOPTHERM ou da NUTRIFARMA ajudam a combater o peso?                                                             Obrigado.  Joel L. Getuliano ,Rio de Janeiro

RESPOSTA:

Olá Sr. Joel,  O ideal para perda de peso com saúde e definitiva é a “Reeducação Alimentar” o que o senhor pode conseguir em consulta nutricional. Já em relação a medicamentos para perda de peso, o único profissional da saúde apto para prescrever seria o médico, aconselho não tomar nenhum medicamento sem prescrição e orientação médica.Muito obrigada!                                                 Nutr. Hanna F. Martiniano ,Nutricionista Coordenadora do Depto. Nutrição Anad

—————————————————————————————————————————————

PERGUNTA:

Não sou diabética, tenho 54 anos. Meu ginecologista após exames receitou Isoflavona e cálcio. Comprei seu produto Soymilke tomei uma vez de manhã e me senti bem. Não tomei café, apenas almocei um grelhado. O produto possui cálcio e vitaminas, pois estou com início da Osteopenite e hormônio baixo, tem ômega também. Aguardo sua orientação se posso tomar este produto tomei dois dias só.
Márcia Mendes Serra , São Paulo

RESPOSTA:

Sra. Márcia, O produto em questão é certificado pela ANAD por não ter adição de açúcar na sua composição e como benefício também é acrescido de cálcio. Porém em seu caso específico o ideal seria passar em uma consulta nutricional para melhor orientação da sua dieta, com base nos exames laboratoriais e seu perfil antropométrico.  Muito obrigada!
Nutr. Hanna F. Martiniano, Nutricionista Coordenadora do Depto. Nutrição ANAD

—————————————————————————————————————————————-

PERGUNTA:

Tenho muitas dúvidas:

1- Qual adoçante usar?
2- Pode consumir cerveja sem álcool?
3- Qual adoçante usar para fazer bolos?
4- Por que produtos sem açúcar são tão caros? (Ex: Uma lata de leite condensado normal se acha até R$ 2,75 e sem açúcar é de R$ 15,08)
5- Antes de descobrir ser diabética quase não me importava em comer doces, agora eu acordo e durmo pensando em comer doces, aliás eu estou sempre com muita fome.                                                 6- Adoço café e sucos com adoçante em pó, e está escrito próprio para mesa, é o mesmo que posso fazer bolos e doces? Levar ao fogo ou forno?                                                                                                   Obrigada! Jaqueline Borges Cardoso ,Santa Catarina

RESPOSTA:

Olá Jaqueline, Responderei suas perguntas na sequência:

1- Qual adoçante usar? O que melhor se adaptar ao seu paladar, porém se apresentar hipertensão arterial não é indicado usar adoçantes a base de ciclamato e sacarina de sódio e em casos mais raros também é contra-indicado o Aspartame para portadores de Fenilcetonúria.

2- Pode consumir cerveja sem álcool? A cerveja é uma bebida feita a base de cerais fermentados, ou seja, ela contém carboidratos na sua composição. Porém até o momento não há estudos que relatam prejuízos a saúde da cerveja sem álcool. No entanto algumas empresas foram processadas por rótulos enganosos, e por informação errada já que o produto continha álcool, por isso fique alerta.

3) Qual adoçante usar para fazer bolos? Para fazer bolos e outas prepara- ções culinárias o mais indicado é o adoçante culinário, existem várias marcas no mercado. A ANAD tem seu Selo de Qualidade e Confiança nos seguintes produtos: Tal e Qual forno e fogão, Lowçucar Culinária e Multiado- çantes e Stevita forno e fogão.

4- Por que produtos sem açúcar são tão caros? (Ex: Uma lata de leite condensado normal se acha até R$2,75 e sem açúcar é de R$15,08). Infelizmente não posso responder com propriedade, porém posso ajudá-la dizendo que aqui na ANAD vendemos leite condensado em lata e em pó por menos de R$15,08. Venha conhecer o nosso bazar, será um prazer recebê-la!

5- Atividades físicas, se fizer somente caminhada já ajuda? Se fizer caminhada continua TODOS OS DIAS POR PELO MENOS 30 MINUTOS terá benefícios, mas o ideal seria pedir orientações de um profissional de Educação física para obter melhores resultados.

6) Antes de descobrir ser diabética quase não me importava em comer doces, agora eu acordo e durmo pensando em comer doces, alias eu to sempre com muita fome? Esses sintomas dependem de alguns fatores: há quanto tempo descobriu ter Diabetes, fatores psicológicos e a alimentação que pode não estar adequada. Por isso, o ideal seria passar com uma equipe de profissionais especializados em Diabetes, tanto médico endocrinologista, quanto psicologa e nutricionista para melhor entendimento da Diabetes. Aqui na ANAD dispomos de uma equipe que poderá auxiliá -la em tudo isso.

7) Adoço café e sucos com adoçante em pó, e esta escrito pró- prio para mesa, é o mesmo que posso fazer bolos e doces? Levar ao fogo ou forno? Geralmente não, adoçantes de mesa não aguentam altas temperaturas e podem deixar sua receita com sabor residual amargo, como já dito na 3ª pergunta existem adoçantes próprios para receitas. Espero ter sanado suas dúvidas e convido a conhecer a ANAD, que fica localizada na Rua Eça de Queiroz, 198 – Vila Mariana – São Paulo. Estamos à disposição.

Muito obrigada!

Nutr. Hanna F. Martiniano, Nutricionista Coordenadora do Depto. Nutrição ANAD

—————————————————————————————————————————————–

PERGUNTA:

Gostaria de saber sobre biscoitos e marcas que podem ser consumidos por diabéticos. Obrigado!

Dayanne Fieni, Espirito Santo

RESPOSTA:

Olá Dayanne,

Portadores de Diabetes devem SEMPRE optar por produtos que sejam SEM ADIÇÃO DE AÇÚCARES, por isso torna-se imprescindível a leitura do ró- tulo no momento da compra, porém se houver dificuldade temos os produtos certificados por nós, com o Selo de Qualidade e Confiança da ANAD. Segue o link no qual você encontrará todos os produtos com o Selo: http://www.Anad.org.br/institucional/sobre_produtosrecomendados.asp?m=2 Atenciosamente,

Nutr. Hanna F. Martiniano, Coordenadora do Depto. Nutrição ANAD

—————————————————————————————————————————————–

PERGUNTA:

Descobri ontem o açúcar de côco orgânico 250g – Monama, que diz–se de baixo índice glicêmico e é fonte de vitamina B1, B2, B3 e B6. Açúcar de côco é produzido sem agro-tóxicos e sem aditivos químicos. Não contém glúten. Gostaria de notícias a respeito desse produto, se é confiável e se é de fácil comercialização em São Paulo.

Maria Angela S. dos Santos,São Paulo

RESPOSTA:

Sra. Maria Angela,

Ainda são poucos os estudos científicos sobre o açúcar do côco, porém o que sabemos de fato, é que este contém sacarose e frutose, por isso não é indicado para pessoas com Diabetes.

Atenciosamente,

Nutr. Hanna F. Martiniano ,Coordenadora do Depto. Nutrição ANAD

—————————————————————————————————————————————-

PERGUNTA:

A minha irmã tem Diabetes e eu gostaria de saber se pode usar o adoçante Sucralose Zero Cal. Muito obrigada! Maria Galdino

RESPOSTA:

Olá Maria,

obrigada por entrar em contato conosco! A sucralose pode ser usada sim por portadores de Diabetes, é inclusive um dos adoçantes mais indicados! Obrigada!

Nutr. Mirella Egli ,Depto. Nutrição da Anad

—————————————————————————————————————————————-

PERGUNTA:

Olá… Sou nutricionista clínica e esportiva e gostaria de realizar uma nova especialização em Diabetes… Vocês poderiam me indicar alguma faculdade? Sou do interior do Estado de São Paulo. Obrigada!

Keli Daiane Bortholazzi , São Paulo

RESPOSTA:

Olá Keli,

A ANAD e a ANBED, em parceria com a UNIP oferecem o Curso de Pós Graduação a distância para formação de Educadores em Diabetes. Por favor entre no site e para maiores informações entre em contato com a Kelly: kelly.tutoria@unip.br www.unip.br/ead 0800-010-9000

Atenciosamente,

Equipe Anad

—————————————————————————————————————————————–

PERGUNTA:

Qual o melhor programa para smartphone com Android, para contagem de carboidratos para quem está utilizando a bomba de insulina?

Atenciosamente,

Fábio Zaccaria, São Paulo

RESPOSTA:

A Medtronic disponibiliza para os usuários de bomba de insulina ou não usuários, um aplicativo na Apple Store, versão em Português, chamado “Contando Carboidrato com o Lenny” onde se encontra um “Guia de Alimentos do Lenny”, “Aprenda com os Jogos de Carboidratos” e informações importantes como “Por que contar Carbos?” e “Quem é Lenny?”.

Atenciosamente,

Nutr. Érica Lopes Educadora em Diabetes

—————————————————————————————————————————————–

PERGUNTA:

Como a ANAD indica o consumo de carboidrato tendo como base o índice glicêmico?

Ex: abaixo de 75, ou abaixo de 60. Agradeço a atenção.

Reinaldo Ferreira ,São Paulo

RESPOSTA:

Olá Sr. Reinaldo,

A ANAD tem como consenso as diretrizes da SBD e ADA. Sendo assim orientamos aos nossos associados o consumo de carboidratos integrais aos invés dos refinados, e que escolham apenas um carboidrato por refeição. Quanto ao conceito de índice glicêmico, utilizamos em consultas individuais conforme o perfil do paciente, e sim orientamos de maneira geral, alimentos com baixo índice glicêmico, ou seja, aqueles que possuam valor >55.

Permaneço à disposição;

Atenciosamente,

Hanna F. Martiniano, Nutricionista Coordenadora do Depto. Nutrição ANAD

—————————————————————————————————————————————-

PERGUNTA:

Gostaria de receitas de pães integrais para pessoas com Diabetes e cirrose, pois é muito difícil encontrar produtos específicos para essas pessoas.

Desde já meus sinceros agradecimentos.

Norma Lucia Souza, São Paulo

RESPOSTA:

Olá sra. Norma, tudo bem?

Temos bastante receitas de pães no nosso site, é só acessar este link: http://www.anad.org.br/receitas/lanchesepaes.asp

Atenciosamente,

Hanna F. Martiniano, Nutricionista Coordenadora do Depto. Nutrição ANAD

—————————————————————————————————————————————-

PERGUNTA:

Sou diabética e gostaria de saber se posso consumir batata doce, claro respeitando a contagem do carboidrato e de substituição. Gostaria de saber sobre o índice glicêmico e sobre a porção. Obrigada.

Gislayne G. Moreira ,Minas Gerais

RESPOSTA:

Olá Gislayne,

Primeiramente, se você já faz a terapia de “contagem de carboidratos”, provavelmente deve ter uma nutricionista, sendo assim, o ideal seria que ela a oriente sobre o consumo dos alimentos. De maneira geral, a batata doce não é excluída da alimentação do portador de Diabetes, mas deve ser consumida esporadicamente e em pequenas porções, lembrando que será o carboidrato da refeição e por isso não deve ser consumida junto com outro carboidrato. Quanto ao índice glicêmico da batata doce é de 77, o que é considerado moderado, segundo a FAO/OMS. Carbohydrates in Human Nutrition, 1998. Referente a porção de batata doce, quem deve estabelecer isso é a sua nutricionista, de forma individualizada.

Atenciosamente,

Hanna F. Martiniano ,Nutricionista Coordenadora do Depto. Nutrição ANAD

————————————————————————————————————————————–

PERGUNTA:

Gostaria de fazer uma denúncia grave, muito grave e gostaria de receber resposta. Tenho Diabetes e tenho restrição a açúcares. Eu só comia o pão da marca Nutrella, que em sua embalagem trazia “SEM ADIÇÃO DE AÇÚCAR”, e o consumo era normal. No mês passado mudou de embalagem onde diz 0,7 de açúcar e abaixo (**), Fiquei desconfiado e liguei para o 08007024626, onde fui bem mal atendido e a mesma me disse que eu teria que perguntar ao meu médico se eu poderia comê-lo ou não. Me disseram ainda que o pão Nutrella, 7 grãos não teria açú- car. Comprei e levei a uma nutricionista que me disse que sim tem açúcar. Minha denúncia é a seguinte: Como uma empresa, divulga na internet que todos pães não tem açúcar, propaganda enganosa e perigosa, pois em sua embalagem não contém o selo de segurança, exigido por lei. Gostaria que me esclareçam.

Obrigado!

Mauricio Lima ,Goiás

RESPOSTA:

Sr. Mauricio, boa tarde!

Referente à sua denúncia, entramos em contato com a empresa pelo número informado pelo senhor e realmente a atendente não sabia informar sobre a tabela nutricional dos pães, porém fomos transferida para um atendente mais especializado, o que explicou sobre o equívoco, pois no site deles não há anúncio dizendo que TODOS os pães são “SEM ADIÇÃO DE AÇÚCAR” e alguns pães contém açúcar natural do ingrediente utilizado, mas não foi ADICIONADO AÇÚCAR neste pão, caso este que não contraria o rótulo.Quanto ao SELO DE QUALIDADE E CONFIANÇA DA ANAD, não é obrigatório por lei a presença deste em todos os produtos diet, ele é colocado em produtos de empresas parceiras da ANAD, pois acrescentam maior confiança ao consumidor.

Sr. Mauricio, quando falamos com o pessoal da Nutrella (Bimbo) eles ficaram de entrar em contato com o senhor para uma retratação, espero que tenham feito. Agradeemos a confiança na ANAD e a preocupação em geral com o público diabético.

Atenciosamente,

Hanna F. Martiniano ,Nutricionista Coordenadora do Depto. Nutrição ANAD

—————————————————————————————————————————————-

PERGUNTA:

Gostaria de saber se o açúcar vendido pela União, o FIT pode ser consumido pelo diabético.

Obrigada.

Selmar Oliveira, Goiás

RESPOSTA:

Olá Sr. Selmar,

O Açúcar União Fit não é recomendado para portadores de Diabetes, pois este produto é a união do açúcar comum (sacarose) com um adoçante dieté- tico (sucralose), o que apenas traz redução nas calorias, mas não é um adoçante dietético.

Atenciosamente,

Hanna F. Martiniano Nutricionista Coordenadora do Depto. Nutrição ANAD

—————————————————————————————————————————————-

PERGUNTA:

A ANAD tem alguma confirmação confiável se o uso do goji berry por parte de diabetico realmente ajuda a emagrecer ?

Ricardo da Costa e Silva , Ceará

RESPOSTA:

Olá Sr. Ricardo,

A ANAD não tem seu SELO de QUALIDADE e CONFIANÇA em nenhum produto Goji Berry, porém como nutricionista esclareço para o senhor que não há fórmulas milagrosas de emagrecimento assim como impõe a mídia, que a cada mês lança um novo produto. Não há segredo para manter a boa forma, a única maneira é se alimentar bem, praticar atividade física regularmente e consultar o mé- dico periódicamente. Em relação ao Goji Berry é uma planta tipica do noroeste da China e regiões do Himalaia, que produz uma frutinha vermelha, que pode ser consumida na sua forma fresca ou seca, e segundo estudos são elas as responsáveis pelo efeito benéfico, porém não há nenhuma evidência científica que relata esse poder emagrecedor do Goji Berry. Espero ter esclarecido suas duvidas;

Permaneço a disposição,

Atenciosamente,

Nutri. Hanna F. Martiniano, Coordenadora do Depto. Nutrição ANAD

 

—————————————————————————————————————————————–

PERGUNTA:

Gostaria de saber mais a respeito dos cursos e treinamentos na área de nutri- ção para os profissionais. Sou nutricionista e gosto muito deste assunto. Como faço para me inscrever e saber as datas?

Desde já agradeço.

Bruna ,São Paulo

RESPOSTA:

Olá Bruna,

Na ANAD oferecemos aulas gratuitas de culinária diet aberta ao publico, grupos de educa- ção em Diabetes para associados e palestras sobre Diabetes aos sábados, também gratuita e aberta ao público. Já para profissionais da saúde existe o curso de Pós Gradua- ção Lato Sensu para Formação de Educadores em Diabetes oferecido pela ANBED (Associação Nacional Brasileira de Educadores em Diabetes) em parceria com a UNIP, para este acompanhe as datas no site da UNIP e da ANAD.Fique atenta também para o 19º Congresso Brasileiro Multidisciplinar em Diabetes em julho. Espero ter esclarecido suas dúvidas;

Permaneço à disposição;

Atenciosamente,

Nutri. Hanna F. Martiniano Coordenadora do Depto. Nutrição ANAD

—————————————————————————————————————————————

PERGUNTA:

Olá. Por gentileza vocês podem me informar se diabético pode consumir bebidas tipo Levisse Bonafonte, que contem açúcar invertido. grata

Eloisa, São Paulo

RESPOSTA:

Olá Sr. Eloisa,

Primeiramente vamos esclarecer o que é açúcar invertido, é um produto feito pela indústria, derivado da própria sacarose, de forma bem simplificada é a hidrólise da sacarose que se quebra em glicose e frutose e torna-se líquida, e esse “xarope líquido” é chamado de açúcar invertido, é utilizado para evitar a cristalização do açúcar nos produtos. Com isso, podemos notar que o açúcar invertido também é restrito para portadores de Diabetes, portanto o uso de produtos que o contenham em sua composição não é recomendado.

Permaneço à disposição;

Atenciosamente,

Nutri. Hanna F. Martiniano Coordenadora do Depto. Nutrição ANAD

—————————————————————————————————————————————-

PERGUNTA:

Gostaria de saber como fazer para marcar uma consulta com uma nutricionista para meu filho portador de Diabetes. Grata,

Katia Katia Ciene Gomes, São Paulo

RESPOSTA:

Olá Sra. Kátia,

Aqui na ANAD temos 3 nutricionistas, cada uma com dia e horário diferente, a senhora pode escolher qual melhor horário para a marcação de consulta, para isto ligue no telefone: 5572-6559 e escolha a opção marcação de consultas, você irá falar com a Sônia e ela irá auxiliá-la no que for necessário para marcação de consulta. Obrigada

Atenciosamente,

Nutri. Hanna F. Martiniano Coordenadora do Depto. Nutrição ANAD

—————————————————————————————————————————————-

PERGUNTA:

Tenho Diabetes mas, não uso insulina. Gostaria de saber se posso tomar chá de gengibre e também fazer uso do Multishake da Herbalife que contém frutose. Agradeço a atenção e aguardo retorno.

Atenciosamente,

Marilsa de Castro Gengo,São Paulo

RESPOSTA:

Sra Marilsa,

O chá de gengibre não tem contraindicações para portadores de Diabetes, desde que não seja adoçado com açúcar, já a frutose tem seu uso restrito, por isso deve-se ter uma atenção maior se optar pelo consumo de produtos adoçados com esse tipo de açúcar, o ideal seria consumir apenas produtos sem adição de açúcares. Espero ter esclarecido suas dúvidas,

Permaneço à disposição;

Atenciosamente,

Nutri. Hanna F. Martiniano Coordenadora do Depto. Nutrição ANAD

—————————————————————————————————————————————

PERGUNTA:

Gostaria de saber qual o leite ideal para quem tem Diabetes.

Obrigada

Glicelia Sousa ,Minas Gerais

RESPOSTA:

Olá Glicelia,

Na verdade não existe leite ideal para o portador de Diabetes, cada indivíduo possui uma necessidade diferente do outro, ou seja, para algumas pessoas que apresentam intolerância a lactose é indicado na maioria dos casos o leite de soja, para outras pessoas o mais adequado é o leite de cabra, para outras o leite de vaca desnatado, para outras o integral. Isso varia das necessidades de cada indivíduo, por isso o ideal seria consultar-se com um nutricionista para que este faça a avaliação necessária.Muito obrigada;

Permaneço à disposição;

Atenciosamente,

Nutri. Hanna F. Martiniano Coordenadora do Depto. Nutrição ANAD

—————————————————————————————————————————————

PERGUNTA:

Olá! Por favor, gostaria de saber se a ANAD dispõe do cardápio aprovado pelas nutricionistas em PDF ou impresso. Se não tem, seria uma boa ideia, não…?

Aguardo a resposta.

Muito obrigada!

Sônia Regiona Angeoli ,São Paulo

RESPOSTA:

Olá Sônia,

Aqui na ANAD disponibilizamos Orientações Nutricionais Gerais para Portadores de Diabetes, porém cardápio não disponibilizamos dessa forma, pois as nutricionistas prescrevem “planos alimentares individuais” conforme as necessidades específicas de cada indivíduo. Sendo assim, não é uma boa idéia disponibilizar “cardápios”, afinal pode generalizar e até causar prejuízos para a saúde dos pacientes a entrega de materiais indevidos, tendo em vista que somos uma instituição séria e devemos ser exemplo para a população. Obrigada.

Permaneço a disposição;

Atenciosamente,

Nutri. Hanna F. Martiniano Coordenadora do Depto. Nutrição ANAD

—————————————————————————————————————————————-

PERGUNTA:

Gostaria de saber se podemos comer gelatina (diet) todos os dias e qual quantidade.Sou diabética tipo 2.

Lina Campos de Andrade ,Minas Gerais

RESPOSTA:

Olá sra. Lina,

A porção de gelatina diet mais usual é de 120g, o ideal seria se você variasse seu cardápio, em vez de comer gelatina todos os dias, por exemplo, consuma gelatina 2 a 3 dias por semana, e intercale com o consumo de frutas, pois assim terá um aporte nutricional melhor do que só consumir gelatina todos os dias.

Permaneço à disposição;

Atenciosamente,

Nutri. Hanna F. Martiniano Coordenadora do Depto. Nutrição ANAD

—————————————————————————————————————————————–

PERGUNTA:

Olá, boa noite! Sou diabética e hipertensa, insulinodependente! Agora minha filha de 42 anos anos está hipertensa também! Resolvemos mudar de vez a nossa alimentação. Por favor vocês sabem indicar alguma instituição que ofereça um curso de culinária saudável ou, culinária para diabéticos e hipertensos?

Obrigada.

Anna Bizzarro ,São Paulo

RESPOSTA:

Anna, Aqui na ANAD oferecemos cursos de culinária Diet 4 vezes ao mês gratuitamente, acontece às terças-feiras. Qualquer dúvida sobre datas fique a vontade para ligar.

Atenciosamente,

Nutri. Hanna F. Martiniano Coordenadora do Depto. Nutrição ANAD

—————————————————————————————————————————————-

PERGUNTA:

Bom dia,me interessei muito pelo site e gostaria de saber sobre sobremesas.Sou diabética e ainda estou um pouco insegura quanto a alimenta- ção.Qual o melhor horário para se consumir um chocolate, um pudim, um doce? Poderá ser após as principais refeições ou no intervalo delas?

Obrigada.

Gislayne Graziela Moreira ,Minas Gerais

RESPOSTA:

Olá Gislayne,

Fico feliz por ter gostado do site, em relação às receitas de sobremesa acesse esse link: http://www.anad.org.br/receitas/docesesobremesas.asp.

Quanto ao melhor horário para comer doces, depende muito. Isso varia de indiví- duo para indivíduo. Lembrando que o consumo excessivo de doces, mesmo que sem açúcar, pode levar a obesidade e causar prejuízos para o portador de Diabetes. Mas, de modo geral, orientamos o consumo de doces em refeições intermediárias. Contudo, o ideal seria consultar-se com um nutricionista para orientações individualizadas.

Atenciosamente,

Nutri. Hanna F. Martiniano Coordenadora do Depto. Nutrição ANAD

—————————————————————————————————————————————

PERGUNTA:

Bom dia!

Gostaria de tirar uma dúvida, compro regularmente doce diet Dalakasa que não tem o selo ANAD, posso confiar neste produto? Fiz uma comparação de doces diet com selo de vocês e vi que no caso o analisado ‘’doce de leite com ameixa’’ são iguais as informações nutricionais, tem caso de que o índice de açúcar no doce de vocês são pouco maior, DOCES DIET SEM SELO ANAD, são confiáveis?

Desde já agradeço pela atenção e ajuda, fico no aguardo de um retorno.

Marcos Faria ,São Paulo

RESPOSTA:

Olá Sr. Marcos,

Primeiramente, venho lembrar que se o senhor for portador de Diabetes deve olhar no rótulo do produto se além do termo “DIET” está escrito “ZERO ADIÇÃO DE AÇÚCAR” ou “SEM ADIÇÃO DE AÇÚCAR”, pois essa é a garantia de que o produto não possui açúcar na sua composição. Em relação ao SELO DE QUALIDADE E CONFIANÇA DA ANAD, é feita uma parceria entre a ANAD e a empresa, e para este SELO ser aprovado o produto passa por rigorosa avaliação física, química e nutricional, por isso estes produtos são mais indicados por profissionais da saúde, pois é uma garantia a mais de que o produto realmente não tem açúcar adicionado.

Espero ter esclarecido sua dúvida, permaneço à disposição!

Atenciosamente,

Hanna F. Martiniano, Nutricionista da ANAD

————————————————————————————————————————————–

PERGUNTA:

Boa Tarde Prezados(as)

Pois bem, sou diabética desde março de 2001, na época tinha 9 anos e meio hoje estou com 21 anos e 11 meses. Sempre tive dificuldades de controlar meu problema pois sempre acreditei que fosse emocional. Sou usuária da insulina Lantus e Humalog, mas a questão é que meu namorado fez uma pesquisa referente ao adoçante que eu utilizo o Aspartame e eu quero a opinião de vocês sobre o produto.

Priscila P. Chaves ,São Paulo

RESPOSTA:

Olá Priscilla,

O aspartame realmente é um edulcorante bem polêmico, sempre há especulações em torno dele, porém como toda informação que colhemos devemos avaliar e investigar a fonte de tal informação, afinal qualquer um pode postar qualquer coisa na internet hoje em dia, por isso devemos priorizar informações científicas, com autoria e publicadas em fontes de confiança. Pois da mesma forma que há estudos que criticam o uso do aspartame há outros que comprovam sua segurança (se ingerido nas recomendações adequadas), lembrando que são todos estudos feitos com animais e não há evidências em humanos. Retirei este trecho de um artigo para te mostrar as contradições:“Vários estudos têm sido feito com animais de laboratório para verificar a toxidade do aspartame. Recentemente um mega experimento utilizando 25.000 ratos comprovou que o aspartame é um multi-potencial agente carcinogênico com a dose diária de 20 mg/Kg peso diário, isto é, bem abaixo da dose diária aceitável. Contrapondo estes resultados outros trabalhos não mostraram qualquer efeito adverso do aspartame com relação a vários tipos de doenças e condições, tanto em experimentos animais quanto humanos. Quanto ao uso do aspartame na gravidez somente um nú- mero limitado de estudos foi publicado nos últimos anos. Lennon e colaboradores administraram via intragástrica aproximadamente 30mg/Kg de peso/diário de aspartame em ratas fêmeas por sete dias e hamsters fêmeas por cinco dias após acasalamento não afetando a fertilidade pós-coito, medida pelo número de implantações”. MARIELZA R, MARTINS I, AZOUBEL R. Efeitos do Aspartame no Rim Fetal de Ratos – Estudo Cariométrico. J. Bras Nefrol, v28 – nº3. 2006. Sugiro que leia também esse texto publicado no site do INCA (Instituto Nacional do Câncer). http://www.inca.gov.br/conteudo_view.asp?ID=24E a ingestão diária considerada segura pela ANVISA: http://www.inmetro.gov.br/consumidor/produtos/adocantes.pdf E para finalizar, em relação aos sintomas descritos no texto que me enviou, são sintomas causados por diversos outros problemas, até mesmo pelo Diabetes Mellitus, por essa razão é possível que você se identifique com alguns. Espero ter esclarecido suas dú- vidas,

Permaneço à disposição;

Atenciosamente,

Hanna F. Martiniano ,Nutricionista da ANAD

—————————————————————————————————————————————

PERGUNTA:

Gostaria de saber por que o óleo de cártamo é contra indicado para diabéticos.

Jussara Uiamin ,Minas Gerais

RESPOSTA:

Olá Jussara,

Em relação ao óleo de cártamo, não há evidências científicas para ser contraindicado a portadores de Diabetes, é bastante usado como fitoterápico por conter em sua composição ômegas 6 e 9, gorduras estas conhecidas por seus efeitos benéficos à saúde. Espero ter esclarecido sua dúvida e continuo à disposição.

Obrigada.

Atenciosamente,

Hanna F. Martiniano, Nutricionista da ANAD

—————————————————————————————————————————————-

 

PERGUNTA:

Bom dia, Sei que vocês desenvolveram um produto junto à linha Lowçucar, o Gli Instan, para ser usado em casos de hipoglicemia. Gostaria de fazer uma sugestão para a embalagem do Gli Instan. Tenho um namorado diabético e quando ele tem hipoglicemia severa durante a noite, tem dificuldades para abrir a embalagem. Por conta das contrações musculares que acontecem nestes casos, os movimentos dele ficam prejudicados. Procuro ajudá-lo mas acredito que seria importante ele conseguir fazer isso sozinho, pois nem sempre estou com ele e acredito que todos os diabéticos podem passar por essa situação também. Por isso, gostaria de sugerir que acrescentassem uma tampinha à embalagem, como aquelas das pastas de dente, de modo que seja só levantar a tampa e apertar a glicose dentro da boca.Acredito que dessa maneira seria mais fácil eles conseguirem fazer isso sozinhos.

Agradeço desde já.

Lorena Gomes de Almeida ,São Paulo

RESPOSTA:

Boa tarde. Primeiramente gostaríamos de agradecer o contato feito através da ANAD, onde você menciona o uso do nosso produto Gli Instan por parte do seu namorado. O Gli Instan é um produto, como você sabe, formuladocom Glicose de rápida absor- ção justamente para ser utilizado por pacientes diabéticos em estado de hipoglicemia. Sua sugestão com relação a embalagem do nosso produto é muito bem vinda e chega justamente no momento em que estamos estudando outras formas de aprimorar ainda mais o nosso Gli Instan. Para esse aprimoramento, estamos em parceria com a UEM (Universidade Estadual de Maringá). Esteja certa de que tudo o que nossa empresa faz, o faz sempre visando proporcionar prazer na alimentação e mais qualidade de vida aos nossos consumidores. Esses são os nossos principais objetivos. Por fim, gostaríamos de solicitar os seus dados cadastrais (nome, endereço completo, e-mail e telefone) para que possamos mantê-la informada sobre nossa empresa. Também gostaríamos de presenteá-la com um kit com nossos produtos, afinal de contas, você está colaborando para que possamos atender cada vez melhor os nossos consumidores. Mais uma vez agradecemos o seu contato e pelo seu interesse.

Abraços,

Renato Rodolfo Klaumann Jr., Gerente de Marketing Lowçucar

RETORNO:

Boa tarde,

Renato. Muito obrigada pela atenção. Fico emocionada em ver a dedicação com que vocês cuidam do assunto. Com certeza isso deixa um pouco mais tranquilos todos aqueles que convivem, direta ou indiretamente, com esta doença tão complicada que é o Diabetes.

Lorena Gomes de Almeida, São Paulo

—————————————————————————————————————————————-

PERGUNTA:

Por favor, me orientem sobre alimentos que ajudam a recuperar massa muscular perdida no emagrecimento repentino. Sou diabética e hipertensa. Como atualmente estou desempregada a situação aqui em casa está meio precária e tenho emagrecido muito então estou ficando quase pele e osso, tenho medo de cair e me fraturar, principalmente o quadril e pernas onde estou mais magra é que caminho muito e aqui é uma cidade montanhosa. Tenho 56 anos, tento me manter com a glicemia baixa, mas não tenho feito exames, meu Diabetes é do Tipo 2. Me ajudem por favor. Necessito de informações sobre os alimentos e tipo de exercício mais adequado para meu problema,

Desde já agradeço.

Jesuína M. E. Oliveira, Minas Gerais

RESPOSTA:

Olá Sra. Jesuína,

Pelo o que está me relatando, a senhora deve procurar o mais urgente possível um mé- dico endocrinologista, para que este possa diagnostificar o “por quê” desse emagrecimento repentino e magreza extrema. Procure na sua cidade uma instituição filantrópica, na qual tenha uma equipe multiprofissional (médico, nutricionista, psicólogo, enfermeiro, educador físico, etc.) para ajudá-la e, com o custo reduzido devido a atual situação da senhora, ou se não for muito longe e inviavel venha visitar a ANAD, pois aqui oferecemos esse nível de atendimento para os nossos associados. Posso orientá-la a consumir certos alimentos, porém não resolverá seu problema, a senhora deve ter um acompanhamento mais próximo de um endocrinologista. Quanto aos exercícios físicos a senhora está me contando que anda muito, isso também deve ser avaliado e, de preferência, por um educador físico. Prefira consumir alimentos ricos em proteína (alimentos de origem animal), por exemplo: carne, ovos, leite. Nesses alimentos encontramos proteína que é melhor absorvida pelo nosso organismo, porém há também os alimentos de origem vegetal: soja, quinoa, amaranto, feijão, grão de bico, lentilha, entre outros. Estou apenas informando alguns alimentos fonte de prote- ínas, no entanto não deixe de procurar um médico e nutricionista para que a sua dieta possa ser eficaz para o que está buscando. Permaneço a disposição para eventuais dúvidas.

Atenciosamente,

Hanna F. Martiniano ,Nutricionista da ANAD

—————————————————————————————————————————————-

PERGUNTA:

Gostaria de saber se existe um adoçante, forno e fogão, sem maltodextrina (que é um potente carboidrato), já que a alimentação do diabético, a ingestão de carboidratos, tem que ser controlada.

Obrigada.

Cláudia Cherubim , São Paulo

RESPOSTA:

Olá Claudia,

Infelizmente desconheço algum adoçante culinário que não contenha a maltodextrina. Porém a maltodextrina contida no adoçante culinário está limitada a uma quantidade segura para o consumo do diabético. A maltodextrina também é um carboidrato de lenta absorção, e por isso não provoca aumento da glicemia (na quantidade contida nos adoçantes). Para ter mais garantia sobre o produto que irá consumir, temos os adoçantes com SELO de QUALIDADE e CONFIANÇA da ANAD que são encontrados em mercados e drogarias.

Permaneço a disposição,

Atenciosamente,

Hanna F. Martiniano Nutricionista da ANAD

—————————————————————————————————————————————–

PERGUNTA:

Sou diabética e gostaria de saber se existe alguma tabela em relação a quantidade de carboidrato com a taxa de glicose? para que eu possa ter mais controle sobre o Diabetes. Exemplo: minha glicose hoje deu 342, estando ela alta dessa forma eu tendo uma balança eu poderia pesar a quantidade de carboidrato que eu possa ingerir por dia.

Maria Gondin, Pernambuco

RESPOSTA:

D. Maria,

O ideal para senhora seria passar com o médico endocrinologista e um nutricionista devido o valor da glicemia relatado, para assim ter orientação e acompanhamento específicos. Em relação a tabela, existe uma de “Índice Glicêmico” (IG) de alguns alimentos.O Índice Glicêmico (IG) representa a qualidade do carboidrato ingerido e sua velocidade de absorção pelo nosso organismo, ou seja, alguns alimentos possuem IG mais alto do que outros, o que faz aumentar a nossa glicose no sangue e consequentemente a nossa glicemia. Por isso em casos de portadores de DM não é recomendada a ingestão desses alimentos de alto IG. Segue uma tabela para consulta com os principais alimentos e seus IG’s.

IG – Alto : Pão branco , Cenoura , Mandioca ,  Nabo  , Abóbora ,  Melancia ,Tâmara, Mel , Batata frita,  Purê de batata Pizza ,Doces em geral.

IG – Médio : Arroz branco, Farinha milho ,Biscoitos , Abacaxi ,Mamão, Uva Passa ,Suco de lar, Melão ,Uva passa Batata assada, Batata cozida.

IG – Baixo :Arroz integral, Macarrão, Pão integral ,Farelo de aveia, Ervilha ,Feijão, Soja ,Banana prata ,Ameixa ,Kiwi Maçã, Tomate, Leite ,Iogurte.

Qualquer dúvida, estou à disposição.

Atenciosamente,

Hanna F. Martiniano, Nutricionista da ANAD

—————————————————————————————————————————————

 

PERGUNTA:

Na revista Anad Informa nº 95, na página 10, consta uma matéria sobre o assunto “Escolhas na Compra de Alimentos”, que, pelo conteúdo, se refere somente a supermercado, esquecendo de dar orientações no caso de feiras livres.

Será por falta de experiência?

Sei que não é assunto desse departamento, mas estou precisando comprar meias, pró- prias para Neuropatia Diabética.

A quem devo me dirigir na Anad?

Antecipo meus agradecimentos.

Jair da Silva Maria, São Paulo

RESPOSTA:

Olá Sr. Jair,

Em relação ao texto “Maneiras fáceis de fazer escolhas inteligentes na compra de alimentos” na ANAD INFORMA nº95, ele cita dicas de fazer escolhas saudáveis em qualquer comércio alimentício, seja ele mercado, feira-livre, quitanda, sacolão e etc…, pois pode perceber que as orientações se encaixam para quaisquer dessas opções.

Referente às meias para Neuropatia Diabética vendemos aqui no Bazar da ANAD, aproveite para nos visitar! Obrigada,

Atenciosamente,

Hanna F. Martiniano ,Nutricionista da ANAD

—————————————————————————————————————————————-

PERGUNTA:

Gostaria de saber se os senhores têm conhecimento de um suplemento vitamínico de nome VITALIDADE 50+ que serve para diabéticos, pois na internet o laboratório cita esta entidade como colaboradora, gostaria de uma resposta pois estou para comprar este produto, que segundo informações é muito bom.

Obrigado,

Jaqueline Bispo da Silva ,São Paulo

RESPOSTA:

Jaqueline,

O suplemento Vitalidade 50+ NÃO possui o SELO DE QUALIDADE E CONFIANÇA DA ANAD.

Entretanto trata-se de um suplemento mineral à base de cálcio, magnésio e ferro, extraído de algas marinhas, ou seja, aumenta a biodisponibilidade desses minerais no organismo. Porém, é bom lembrar que para fazer uso de qualquer suplemento é indicado conversar com um profissional da saúde, para dessa forma saber se seu uso realmente é necessário e recomendado para o indivíduo em sua particularidade.

Atenciosamente,

Hanna F. Martiniano, Nutricionista da ANAD

—————————————————————————————————————————————-

PERGUNTA:

Descobri há pouco tempo que tem alguma cartilha sobre o assunto, receitas ou algo assim para me interar.

Raquel de Paiva , São Paulo

RESPOSTA:

Raquel,

Existem algumas cartilhas sobre Diabetes na internet e em bancas de jornais, também há livrinhos de receitas destinados à diabéticos. Porém devemos sempre nos ater à origem da informação, se é confiável ou não. Aqui na ANAD elaboramos uma revista bimestral para o público diabético, que além de conter informações confiáveis, também tem receitas, curiosidades e muito mais. Seria uma ótima oportunidade de você conhecer a instituição pessoalmente, se associar e já adquirir uma revista, já que ela é gratuita para os associados.

Atenciosamente,

Hanna F. Martiniano ,Nutricionista da ANAD

—————————————————————————————————————————————-

PERGUNTA:

Gostaria de saber qual a posição de vocês quanto ao AGAVE? Diabéticos podem usá-lo? Quais as marcas que vocês recomendam que produzem extrato de AGAVE?

Muito obrigada,

Suene Moreira , Piauí

RESPOSTA:

Olá Suene,

O Agave é um adoçante de origem natural, indicado na substituição do açúcar para perda de peso. Porém para DIABÉTICOS não é recomendado seu uso, pois contém teor acima do permitido de açúcares naturais da planta, como a frutose e a sacarose, além de ter mais calorias que os adoçantes usados mais frequentemente.

Estou à disposição.

Atenciosamente,

Nutr. Hanna F. Martiniano, Coordenadora Depto. Nutrição ANAD

—————————————————————————————————————————————-

 

PERGUNTA:

Quais edulcorantes são tidos por vocês como naturais?

Pergunto isso, porque ao ler um artigo vi que os Edulcorantes naturais são: esteviosídeo – sorbitol – manitol, – sucralose.

Contudo, ao ver as informações de alguns produtos quem tem o selo de vocês, vi que os Glicosídeos de Steviol e Anti-umectante Dióxido de Silício estão listados como edulcorantes naturais. Todos esses são naturais?

Suene Moreira, Piauí

RESPOSTA:

Olá Suene,

A diferença entre o adoçante natural e o artificial está basicamente, na forma de obtenção. Enquanto os adoçantes naturais são provenientes de plantas, os artificiais são produzidos quimicamente, dentro do laboratório. Ambos passam por análises criteriosas então no geral pode-se afirmar que os dois tipos são igualmente seguros para consumo. Porém sempre há contradições, por exemplo, o aspartame tem seu uso restrito para portadores de fenilcetonúria, assim como a sacarina e o ciclamato sódico para hipertensos. Mas esses são casos específicos, de modo geral os adoçantes não possuem substâncias agressivas à saúde, se consumido de maneira adequada. Permaneço a disposição.

Atenciosamente,

Nutr. Hanna F. Martiniano ,Coordenadora Depto. Nutrição ANAD

—————————————————————————————————————————————-

PERGUNTA:

Sou diabética e gostaria de saber se existe alguma tabela em relação a quantidade de carboidrato com a taxa de glicose? para que eu possa ter mais controle sobre o Diabetes. ex: minha glicose hoje deu 342, estando ela alta dessa forma eu tendo uma balança eu poderia pesar a quantidade de carboidrato que eu possa ingerir por dia.

Obrigada.

Maria Gondin , Pernambuco

RESPOSTA:

Boa tarde D. Maria,

O ideal para senhora seria passar com o médico endocrinologista e um nutricionista devido o valor da glicemia relatado, para assim ter orientação e acompanhamento específicos. Em rela-ção a tabela, existe uma de “Índice Glicêmico” (IG) de alguns alimentos.O Índice Glicêmico (IG) representa a qualidade do carboidrato ingerido e sua velocidade de absorção pelo nosso organismo, ou seja, alguns alimentos possuem IG mais alto do que outros, o que faz aumentar a nossa glicose no sangue e consequentemente a nossa glicemia. Por isso em casos de portadores de DM não é recomendada a ingestão desses alimentos de alto IG. Segue uma tabela para consulta com os principais alimentos e seus IG’s.

IG- Alto: Pão branco, Cenoura ,Mandioca ,Nabo, Abóbora ,Melancia, Tâmara ,Mel, Batata frita, Purê de batata ,Pizza Doces em geral.

IG-Medio :Arroz branco ,Farinha milho, Biscoitos, Abacaxi ,Mamão ,Uva Passa, Suco de lar ,Melão , Batata assada Batata cozida.

IG- Baixo : Arroz integral ,Macarrão, Pão integral, Farelo de aveia ,Ervilha, Feijão ,Soja ,Banana prata ,Ameixa, Kiwi Maçã, Tomate, Leite, Iogurte.

Qualquer dúvida, estou à disposição.

Atenciosamente,

Nutr. Hanna F. Martiniano ,Coordenadora Depto. Nutrição ANAD

—————————————————————————————————————————————-

PERGUNTA:

Gostaria de saber se os adoçantes feitos com Stevia são prejudiciais? Já li um pouco sobre o assunto, só que são opiniões que divergem. Uns dizem que tem contra-indicação mesmo sendo a Stevia um adoçante natural, outros dizem que o seu uso não tem contra-indicações. Queria saber se as marcas que produzem o adoçante a base de Stevia que tem o selo de vocês como no caso da Jasmine podem causar câncer. Queria saber se tem algum adoçante de Stevia sem edulcorantes. E se o uso da própria erva para adoçar sucos, bolos, leites é benéfico. Por favor, sanem essas dúvidas, pois não sei o que fazer mais. A Stevia tem alguma contra-indicação?

Obrigada.

Suene Moreira ,Teresina

RESPOSTA:

Olá Suene,

Até o momento não há comprovação de que o adoçante obtido da planta stevia seja prejudicial à saúde humana. Realmente é um tema polêmico, porém os estudos que dizem que stevia causa câncer foram testados apenas em ratos. No Stevine da Jasmine não são adicionado edulcorantes artificiais. Fazer uso da própria erva nas preparações do dia- a – dia é interessante, porém dependendo da preparação pode ficar um sabor residual de menta, originário da própria planta.

Qualquer dúvida permaneço à disposição.

Atenciosamente,

Nutr. Hanna F. Martiniano ,Coordenadora Depto. Nutrição ANAD

—————————————————————————————————————————————-

PERGUNTA:

Gostaria de orientações específicas quanto a contagem de carbohidratos para destinação aos pacientes;

Agradeço;

Leni Rocha , São Paulo

RESPOSTA:

Boa tarde Leni,

A contagem de carboidratos é uma terapia bem complexa, e deve ser passada com muita cautela ao paciente portado de Diabetes. É um método que leva em conta o total de carboidratos consumidos por refeição. Dentre os métodos de contagem de CHO existem 2 que são mais utilizados: Método de substituição ou lista de equivalentes e o método de contagem em gramas de carboidratos. Há bastante material científico sobre o assunto para consultar, eu recomendo que leia o o “Manual de contagem de carboidratos” da Novo Nordisk, é bem didático e completo.

Atenciosamente,

Nutr. Hanna F. Martiniano ,Coordenadora Depto. Nutrição ANAD

—————————————————————————————————————————————-

PERGUNTA:

Sou nutricionista e trabalho na área clínica, tendo em vista a necessidade de aprimorar meus conhecimentos estou precisando de material cientifico voltado para o assunto: dieta enteral com fibras no paciente diabetico, desde ja agradeço.

Atenciosamente.

Lívia Magãlhaes Arruda, Minas Gerais

RESPOSTA:

Boa tarde Lívia,

Eu entendo sua necessidade, porém e infelizmente não há muito material científico que especifique esse assunto, principalmente em português, mas há artigos ótimos na lingua inglesa.

Anotei alguns para você, e espero que ajude:

Anonymous. position of The American Dietetic Association: Health implications of dietary fiber. J Am Diet Assoc 1997;97:1157-59. Stark A, Madar Z: Dietary fiber. In Functional foods. Goldberg I (Ed). Chapman and Hall, New York, 1994, p183-201. Roberfroid MB, Delzenne NM: Dietary fructans. Annu Rev Nutr 1998,18:117-43. Würsch P, Pi-Sunyer FX: The role of viscous soluble fiber in the metabolic control of diabetes. Diabetes Care 1997;20:1774-80. Olree K, Vitello J, Sullivan J, et al. Enteral formulations. In The ASPEN Nutrition Support Practice Manual. ASPEN, Silver Spring (MD), 1998, pp 4-1 to 4-9.Consensus statement (Consensus Roundtable on Nutrition Support of Tube-Fed Patients with Diabetes). Clin Nutr 1998;17 (Suppl 2):63-65.

Qualquer coisa, continuo à disposição.

Atenciosamente,

Nutr. Hanna F. Martiniano, Coordenadora Depto. Nutrição ANAD

—————————————————————————————————————————————-

PERGUNTA:

Por favor, gostaria de saber qual o tipo de adoçante indicado para gestante pré -diabética.

Grata, pela atenção.

Miriam F. Reis, São Paulo

RESPOSTA:

Bom dia Miriam,

Primeiramente o ideal seria conversar com o médico obstetra, ginecologista e nutricionista para tratar do caso individualmente. Porém em um contexto geral os adoçantes que são aprovados pela ADA (American Dietetic Association) como seguros para consumo durante a gravidez, são: acesulfame-K, sua recomendação diária máxima na gestação é de 15mg/kg peso/dia, sucralose (5mg/ kg peso/ dia) e neotame (2 mg/ kg peso/ dia) O Aspartame (40 mg/ kg peso/ dia) e sacarina (5mg/ kg peso/ dia) também são liberados, porém os estudos com esses dois são menos conclusivos.

Atenciosamente,

Nutr. Hanna F. Martiniano, Coordenadora Depto. Nutrição ANAD

—————————————————————————————————————————————–

PERGUNTA:

Peço a gentileza, se for possível, uma boa fonte de pesquisa, ou se vocês puderem me enviar a tabela de Índice Glicêmico e Carga Glicêmica e qual é a diferença ou relação entre os dois índices. Em qual deve basear a alimentação. É pra minha mãe. Ela tem 66 pra 67 anos. A dificuldade de controlar a doença está grande. Já passou por vários endócrinos e nutricionistas.

Agradeço desde já.

Atenciosamente,

Daniel Janssen de Jesus , Paraná

RESPOSTA:

Sr. Daniel, bom dia!

Primeiramente vamos estabelecer conceitos sobre IG e CG. O Índice Glicêmico (IG) determina a velocidade na qual o açúcar do alimento entrará na corrente sanguínea e causará impacto na glicemia do indiví- duo, ou seja, relaciona-se com a qualidade do carboidrato ingerido. Já a Carga Glicêmica (CG) relaciona-se com a quantidade de carboidrato contida no alimento. Por isso Daniel, o ideal seria conciliar os dois conceitos na busca de uma alimentação adequada para a patologia da sua mãe. Segue uma tabela de IG com os alimentos mais utilizados no nosso dia a dia e a referência de dois artigos sobre esse assunto, muito interessantes.

IG- Alto: Pão branco, Cenoura ,Mandioca ,Nabo, Abóbora ,Melancia, Tâmara ,Mel, Batata frita, Purê de batata ,Pizza Doces em geral.

IG-Medio :Arroz branco ,Farinha milho, Biscoitos, Abacaxi ,Mamão ,Uva Passa, Suco de lar ,Melão , Batata assada Batata cozida.

IG- Baixo : Arroz integral ,Macarrão, Pão integral, Farelo de aveia ,Ervilha, Feijão ,Soja ,Banana prata ,Ameixa, Kiwi Maçã, Tomate, Leite, Iogurte.

Referências:

SILVA, F. et al. Papel do índice glicêmico e da carga glicêmica na prevenção e no controle metabólico de pacientes com diabetes melito tipo 2. Arq Bras Endocrinol Metab., v.53, n. 5, 2009. SILVA, Flávia Moraes. Índice glicêmico da dieta em pacientes com Diabetes Melito tipo 2: papel na prevenção e no manejo dietoterápico da doença e associação com a presença de Síndrome Metabólica. 2010. 76f. Monografia (Pós-Graduação em Ciências Mé- dicas)- Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Rio Grande do Sul, 2010.

Atenciosamente,

Nutr. Hanna F. Martiniano, Coordenadora Depto. Nutrição ANAD

————————————————————————————————————————————–

PERGUNTA:

Sou portador do DM2 e o meu médico receito – me um medicamento para ser tomado em jejum, e tomando – o fui parar no hospital porque baixou para 42. Geralmente fica entre 140 a 180 e me indicaram chá de casca de maracujá para diminuir o açúcar no sangue… Gostaria de saber de vocês,se esta indicação pode ser levada em consideração,e se o limão com água sem açúcar ajuda a diminuir o açúcar no sangue.

Obrigado!

Ivo da Silveira , Santa Catarina

RESPOSTA:

Sr. Ivo,

primeiramente acho importante ressaltar que a orientação médica deve ser seguida e não substituída por ditos populares. Se a medicação está causando hipoglicemia, procure novamente seu médico para certificar-se que está tomando a medicação corretamente, e o médico fará as orientações necessárias. Em relação a farinha de maracujá, estudos demonstram os benefícios da casca de maracujá devido ao alto teor de fibras contidas nela, estas reduzem a absorção do açúcar no organismo, além de também colaborar na redução do triglicérides. Já considerando o limão com água, não há evidencias sobre seus benefícios para o diabético. Lembrando que uma alimentação equilibrada e atividade física proporcionam melhora na qualidade de vida, sendo o melhor tratamento para saúde.

Atenciosamente,

Nutr. Hanna F. Martiniano ,Coordenadora Depto. Nutrição ANAD

—————————————————————————————————————————————

PERGUNTA:

Sou diabética, quais as frutas que não posso comer, sou dependente de insulina.

Treicy Angelica Liduario , Minas Gerais

RESPOSTA:

Sra Treicy, bom dia!

Não podemos ser radicais ao ponto de proibir definitivamente certos alimentos, o que fazemos é orientar na frequência e no consumo adequado dos mesmos, além de alertar para o consumo de certos alimentos que não trazem benefí- cios para saúde, o que não é o caso das frutas. Todas as frutas contém vitaminas e minerais, porém algumas possuem teores mais elevados de açúcares comparadas à outras, como por exemplo a melancia, manga, mamão e abacaxi são frutas que devem ser consumidas com moderação, na proporção de aproximadamente 100g por fatia/dia. Já a banana prata, maçã gala, morango, pêssego e a pêra são frutas que são consumidas inteiras e com menor preocupação. Lembrando sempre que o ideal seria buscar orientação mais detalhada de profissionais da saúde como médicos e nutricionistas e fazer uma consulta individualiza.

Atenciosamente,

Nutr. Hanna F. Martiniano Coordenadora Depto. Nutrição ANAD

—————————————————————————————————————————————-

PERGUNTA:

Boa noite! Gostaria de deixar registrado uma grande insatisfação que não só eu, mas vários diabéticos, que moram em Salvador (BA) passam diariamente. Começando pela Kibon… Não achamos sorvetes “zero açúcar” em lugares que não sejam em Shoppings e Supermercados em bairros nobres… Gostaria muito que a ANAD procurasse estas empresas para saber o por que de não termos pelo menos um estoque pequeno… um picolé que seja… Não encontramos… Acredito que esta queixa não seja somente aqui em Salvador… Hoje saí à procura e voltei bastante chateada, pois rodei as redondezas de onde moro e não achei nenhum sorvete zero, em nenhum freezer da Kibon, que dirá uma sorveteria comum… É frustrante isso… Só porque somos diabéticos, temos de ir apenas em shopping e em grandes sorveterias para achar um sorvetes zero?

Fica a minha insatisfação e a dica… Até…

Juliana Improta

RESPOSTA:

Estou encaminhando a reclamação do consumidor para o nosso SAC, pois eles são os responsáveis pelas respostas na empresa. Desta forma, podem orientar onde encontrar os sorvetes e também entram em contato com nossos vendedores para que as áreas onde os sorvetes estejam em falta, sejam visitadas.

SAC – Unilever do Brasil – Kibon 0800-7079933 2ª a 6ª – 8h às 20h.

Atenciosamente,

Gisele Pavin Nutrition & Health Care Coordinator Unilever Brazil

—————————————————————————————————————————————-

PERGUNTA:

Boa Tarde! O motivo do meu contato é que em 2004 descobri que tenho Hipoglicemia Reativa… só que desde então, para mim está sendo muito difícil manter uma dieta… por isso, pesquisei na internet e vi sua matéria sobre farinha de maracujá… além dessa existem outras como farinha de feijão branco, de banana verde… e outras que são indicadas para retardar absorção de glicose e gordura. Gostaria de saber se essas farinhas são indicadas para o meu caso… gostaria muito de passar em consulta, mas infelizmente estou impossibilitada.

Grata pela atenção,

Cintia S. Botti

RESPOSTA:

A Hipoglicemia reativa descreve episódios recorrentes de hipoglicemia sintomática, que ocorrem de duas a quatro horas após a ingestão de uma refeição rica em carboidratos ou de glicose. Sintomas estes que provavelmente sejam consequência de uma liberação excessiva de insulina, estimulada pela refeição rica em carboidratos, mas que perdura passado o período da digestão e da disponibilidade de glicose derivada da ingestão. Sendo assim, aconselha-se que para aliviar a hipoglicemia reativa o paciente faça pequenas refeições e lanches a cada 3 horas (evitando o jejum prolongado); ingerir com modera- ção alimentos ricos em amido como arroz branco, batatas, milho e pipoca dando preferência aos que possuem fibras solúveis como por exemplo as farinhas produzidas a partir das cascas dos alimentos (como a do maracujá e da banana verde) e as farinhas produzidas através dos próprios alimentos (como o feijão branco e a berinjela).

Aline V. Barbosa Nutricionista

—————————————————————————————————————————————-

PERGUNTA:

Queria saber quais sucos devo tomar? Sou diabética e tenho pressão alta.

Marciene Sabina Alves

RESPOSTA:

Boa tarde Sra. Marciene,

Pacientes Diabéticos e Hipertensos devem consumir preferencialmente suco de frutas natural sem adição de açúcar. Lembrando que o suco deve ser feito com apenas uma porção de 100g da fruta (ex.: 1 maça média) completando com água o restante do copo.

É importante ressaltar que quando a porção de fruta já foi consumida em forma de suco, não devemos fazer a ingestão de outra porção de frutas na mesma refeição evitando assim uma sobrecarga de frutose e uma possível hiperglicemia.

Para maiores informações entre em contato com uma de nossas nutricionistas.

Atenciosamente,

Nutr. Aline Valente Barbosa

—————————————————————————————————————————————–

PERGUNTA:

Oi Anad,

Vocês poderiam me explicar a diferença entre terapia enteral e parenteral.

Meus pais são idosos, estão acamados e no hospital me informaram que um vai ter o primeiro tipo e o outro o segundo. Como funciona isto, para que serve?

Por favor, aguardo um breve retorno porque não sei como agir em vista do problema.

Adonias da Cruz , Bahia

RESPOSTA:

Prezado Sr. Adonias,

A nutrição enteral é uma alimentação completa, na forma líquida, preferencialmente industrializada, que é administrada ao paciente por meio de sonda ou ostomias. As sondas são introduzidas pela narina e finalizam no estômago ou no intestino. As ostomias são sondas colocadas diretamente no estômago ou intestino. Esta alimentação está indicada para pacientes que não podem ou não conseguem alimentar-se adequadamente somente por via oral, mas não impedem que a alimentação oral seja ofertada se não existe contra-indicação para isto. Quando industrializadas e ofertadas na quantidade adequada fornecem todos os nutrientes necessários para o paciente. A nutrição parenteral é uma alimentação completa que é administrada por via venosa, e não usa o trato digestivo como ocorre com a nutrição enteral. Ela é administrada por meio de cateteres que são introduzidos em veias centrais ou periféricas e está indicada para aqueles pacientes que não podem utilizar o trato digestivo para alimentação, ou não conseguem utilizá-lo em quantidade adequada. As formulações são completas e os nutrientes encontram-se em pequenas partículas permitindo que sejam introduzidos pela veia. A quantidade a ser ofertada dependerá das necessidades nutricionais dos pacientes.

A nutrição parenteral é indicada somente quando a via digestiva (nutrição enteral) não puder ser utilizada ou quando a necessidade nutricional do paciente e sua doença exigirem as duas vias de nutrição.

Nutricionista Drª Viviane Chaer Borges

————————————————————————————————————————————-

PERGUNTA:

Peço que me informe quais as diferenças entre os adoçantes artificiais. Quando vou comprar fico em dúvida sobre o que escolher. Gostaria de saber qual a matéria prima de cada um, qual é natural, qual é artificial, algo assim como uma classificação, mas nunca consegui encontrar essa explicação. Imagino que vocês com certeza terão e poderão me ajudar.

Muito agradecida

Izildinha da Conceição , São Paulo

RESPOSTA:

Prezada Srª. Izildinha,

conheça as características principais dos edulcorantes.

Sacarina –

Primeira substância adoçante sintética a ser descoberta (1878), tem poder ado- çante 500 vezes maior do que a sacarose. Em altas concentra- ções deixa sabor residual amargo, e não é metabolizado pelo organismo. É de fácil solubilidade e estável em altas temperaturas.

Em 1986 foi comprovada sua segurança para a saúde através de diversos trabalhos técnicos-científicos. IDA correspondente a 5 mg/kg de peso corpóreo.

Ciclamato –

Descoberto em 1939, só entrou no mercado a partir da década de 50. Como a sacarina, é outro edulcorante artificial largamente usado no setor alimentício, sendo aplicado em adoçantes de mesa, bebidas dietéticas, geléias, sorvetes, gelatinas etc. Já foi liberado nos EUA da suspeita de ser cancerígeno. Com o menor poder adoçante, é 40 vezes mais doce que a sacarose, não caló- rico e possui sabor agradável e semelhante ao açúcar refinado (apresentando um leve gosto residual). Não é metabolizado pelo organismo, nem perde a doçura quando submetido a altas/baixas temperaturas e meios ácidos. IDA correspondente a 11 mg/kg de peso corpóreo.

Aspartame –

Edulcorante artificial descoberto em 1965. Possui sabor agradável e semelhante ao açúcar branco, só que com potencial adoçante 200 vezes maior, permitindo o uso de pequenas quantidades. Seu valor energético corresponde a 4 calorias/grama. Muito usado pela indústria alimentícia, principalmente nos refrigerantes diet. Sensível ao calor, perde o seu poder de adoçamento em altas temperaturas. A doçura também poderá diminuir quando muito tempo armazenado. É contra-indicado a portadores de fenilcetonúria, uma doença genética rara que provoca o acúmulo da fenilalanina no organismo, causando retardo mental. IDA correspondente a 40 mg/kg de peso corpóreo.

Acesulfame-k –

Criado em 1960, é o adoçante sintético de maior resistência ao armazenamento prolongado e a diferentes temperaturas. Adoça 200 vezes mais que a sacarose, seu gosto doce é percebido de imediato e em grandes doses deixa um leve sabor residual amargo. Não é calórico e nem metabolizado pelo organismo. Pode ser usado como adoçante de mesa e numa infinidade de produtos. Embora seja rapidamente absorvida, 99 % da substância é eliminada em 24 horas pela urina, de forma inalterada.Vários estudos demonstraram ausência de indí- cios cancerígenos ou mutações na célula. IDA correspondente a 15 mg/kg de peso corpóreo.

Stevia Rebaudiana –

Descoberta em 1905 e muito difundida no Japão, esta planta é originária da fronteira do Brasil com o Paraguai. Das suas folhas se extrai o steviosídeo, edulcorante natural de sabor doce retardado com poder adoçante 300 vezes maior do que a sacarose. Tem boa estabilidade em altas ou baixas temperaturas. Pode ser consumida sem nenhuma contra-indicação por qualquer pessoa. Não produz cáries, nem é calórica, tóxica, fermentável ou metabolizada pelo organismo. IDA correspondente a 5,5 mg/kg de peso corpóreo.

Sucralose –

Descoberta em 1976, esta substância acaba de ser aprovada pela Administração de Drogas e Alimentos (FDA), dos EUA. Trata-se de um edulcorante sintético com poder adoçante 600 vezes maior do que a sacarose. Não é calórico e possui sabor agradável. Também não é metabolizada pelo organismo, sendo eliminada por completo em 24 horas pela urina. Estável a temperaturas altas e baixas e em longos períodos de armazenamento. Pode ser usada como adoçante de mesa, em formulações secas (como refrescos e sobremesas instantâneas), em aromatizantes, conservantes, temperos, molhos prontos, compotas, etc. Não produz cáries, além de reduzir a produção de ácidos, responsáveis pela sua formação. correspondente a 15 mg/kg de peso corpóreo.

Sorbitol –

Substância natural presente em algumas frutas, algas marinhas etc. Tem o poder edulcorante igual ao da sacarose e similar ao da glicose, não sendo aconselhável a pacientes obesos e diabéticos mal controlados. Calórico, fornece 4 calorias/grama e ao ser absorvido se transforma em frutose no organismo. A frutose é transformada em glicose no fígado, mas como o processo é lento, não altera significativamente a glicemia. Não provoca cáries, não é tóxico e apresenta boa estabilidade. Resiste, sem perder seu potencial adoçante, a processos de aquecimento, evaporação e cozimento. Dicas: doses acima de 20 a 30 gramas/dia produzem efeito diurético e acima de 30 a 70 grama/dia causam diarréia. Em algumas pessoas esses efeitos ocorrem mesmo em doses baixas, como 10 gramas/dia. O sorbitol (assim como o manitol e o xilitol) aumentam a perda de minerais pelo organismo, principalmente o cálcio, podendo também provocar a formação de cálculos. Até hoje a Organização Mundial de Saúde (OMS) não atribuiu um limite para a IDA do sorbitol, deixando a critério do bom senso do usuário. Manitol – Tem valor calórico equivalente ao da sacarose (4 calorias/grama), o poder edulcorante 70% superior e um sabor levemente adocicado e refrescante. Não produz fermentação no organismo, mas provoca um significativo efeito laxativo quando ingerido em doses elevadas. Quando absorvido pelo organismo estimula a secreção de insulina ao ser parcialmente convertido em glicose, porém não causa hiperglicemia. A OMS estabelece uma dose diária máxima de 50 a 150 mg / kg de peso corpóreo.

Xilitol –

Fornece 4 calorias/grama e sabor semelhante ao da sacarose, apresentando uma sensação refrescante na saliva, que aumenta quando associado ao aroma de menta. É considerado um dos melhores preventivos contra cáries. Precaução: doses acima de 30 g/dia podem provocar diarréia quando consumido pela primeira vez. A OMS não estabeleceu um limite para a IDA e o FDA (USA) indica o consumo na quantidade necessária para o adoçamento desejado.

Frutose –

É um edulcorante natural, de sabor agradável e extraído do açúcar das frutas. É importante o diabético estar bem compensado para usar produtos à base de frutose, já que a substância tem 4 calorias/grama. É uma vez e meia mais doce que a sacarose, com poder de adoçamento 173 vezes maior. Excesso de frutose pode causar aumento de triglicerídeos e pessoas com problemas no metabolismo de lipídios e gorduras devem evitar o consumo desse edulcorante. Estudos comprovam que o uso por tempo prolongado dificulta a absorção do cobre, mineral importante na síntese da hemoglobina (responsável pela pigmentação dos glóbulos vermelhos).

Lactose –

Açúcar extraído do leite muito usado como diluente nos adoçantes de mesa. Fornece 4 calorias/grama e precisa da presença de insulina para ser metabolizado no organismo. Seu potencial edulcorante é cerca de 15 % maior que a sacarose

Malto dextrina –

Açúcar extraído do milho, também muito usado como diluente nos adoçantes artificiais. Como a lactose, é insulino-dependente e tem 4 calorias/grama, sendo cerca de 50% mais doce que a sacarose.

Dextrose – Outro açúcar derivado do milho com ampla aplicação na indústria alimentícia. Sua doçura é cerca de 70% maior que a da sacarose. Possui 4 calorias/grama e também necessita insulina para sua metabolização.

Nutr. Cíntia Trindade

—————————————————————————————————————————————

2010:

PERGUNTA:

Anad,

Moro no lugar que não tem endocrinologista, nem nutricionista.

Como eu tenho Diabetes, sei que preciso me alimentar de forma correta, mas não tenho nenhuma informação, quantas vezes o dia preciso comer?

Quais são os alimentos que eu não devo comer?

Quanto de cada alimento posso comer?

Como montar um prato que atenda às minhas necessidades. Tenho 46 anos, 1,77m e peso 72 kg., me exercito em função do meu trabalho, sou carteiro e posso ter horários fixos para me alimentar.

Por favor me ajudem.

Obrigado.

Januário da Silva , Pará

RESPOSTA:

Prezado Sr. Januário, Tudo bem?

Primeiramente gostaríamos de agradecer pelo seu contato.

Respondendo às suas perguntas, seguem algumas dicas importantes que lhe ajudarão a controlar melhor o seu diabetes:

• Controlar o consumo de alimentos ricos em carboidratos como: arroz, macarrão, pão francês, batata, mandioca, inhame, massas em geral, etc;

• Fazer de 5 a 6 refeições diariamente, cuidado com os excessos;

• Não utilizar açúcar (mel, melaço, dextrose, sacarose e glicose), são açúcares simples e podem elevar a Glicemia;

• Não permanecer longos períodos em jejum (= HIPOGLICEMIA);

• Mastigar bem os alimentos;

• Não ingerir líquidos durante as refeições;

• Praticar atividade física regularmente, orientado (a) por profissional da área;

• Utilizar quantidade de sal, moderada por dia;

• Ler sempre o rótulo dos alimentos;

• Beber no mínimo 2 litros de água por dia.

Com relação aos alimentos que pode consumir:

PREFIRA

• Queijos magros como: ricota, queijo minas, queijo fresco ou cottage;

• Verduras cruas antes do almoço e jantar;

• Consuma de 3 a 5 porções de frutas diariamente e variadas, nunca 2 de uma só vez;

• Alimentos grelhados, assados, refogados e com pouco óleo;

• Azeite de oliva, óleo de canola, óleo de semente de girassol, óleo de milho, etc;

• Carnes magras, como peixe, carne magra e frango sem pele;

• Alimentos ricos em fibras como: cereais integrais, arroz integral, frutas com o bagaço e verduras, etc.

EVITE

• Bebidas alcoólicas e refrigerantes;

• Alimentos que contenham açúcar em sua composição;

• Banha vegetal ou animal nas preparações;

• Alimentos enlatados, em conserva e industrializados;

• Queijos gordos e amarelos como: mussarela, queijo prato, parmesão, etc;

• Carnes gordas como carne de porco e suínos de maneira geral.

A quantidade a ser consumida depende de vários fatores como peso atual, peso habitual, altura, sexo, idade, medidas específicas (circunferências abdominal, braço, quadril, cintura, pregas cutâneas), entre outros cálculos para chegarmos às calorias para cada indivíduo.

E para isso, é necessário a consulta com um nutricionista.

Por último, vale ressaltar que seu peso está adequado à sua altura e sua idade, pois seu Índice de Massa Corpórea (IMC) está 22,98 kg/m² e que em função de seu trabalho, possui uma ótima forma de exercitar- se (caminhadas diárias).

Esperamos ter esclarecido suas dúvidas e estaremos à disposição sempre.

Abraços.

Nutricionista e Educadora em Diabetes Érica Lopes Departamento de Nutrição da ANAD

—————————————————————————————————————————————-

PERGUNTA:

No que consiste a contagem de carboidrato?

RESPOSTA:

É uma terapia nutricional que consiste em saber a quantidade de carboidratos (açúcar simples ou complexo) presentes em uma refeição para que seja possível determinar a quantidade de insulina necessária para utilizar ou armazenar a glicose resultante desta ingesta. Seu principal objetivo é o de melhorar cada vez mais o controle da glicemia, valorizar dietas mais saudáveis, controladas em gordura, ricas em carboidratos complexos e fibras alimentares.

Para iniciar a contagem de carboidratos, pode-se utilizar como regra geral a seguinte relação de insulina para gramas de carboidratos: 1 UI de insulina rápida ou ultra-rápida para cada 15 a 25 g de carboidratos ingeridos

Para calcular a quantidade total de carboidrato da refeição, é importante consultar os rótulos dos produtos e às tabelas de composição dos alimentos ou porções de equivalência de gramas de carboidratos.

PERGUNTA:

Após a adaptação a contagem de carboidrato, é possível ao paciente ingerir produtos que contenham açúcar?

RESPOSTA:

Sim, após adaptação e ajustes da razão insulina x carboidrato, o paciente tem uma maior liberdade de escolha na alimentação, pois conhecendo a quantidade de carboidratos dos alimentos, pode-se calcular a quantidade de insulina.

Os carboidratos simples (açúcar) contidos nos doces, são muito calóricos, pobres em vitaminas, minerais e fibras e devem ser consumidos com moderação para evitar o ganho de peso.

PERGUNTA:

Com a contagem de carboidratos, pacientes diabéticos podem ingerir álcool em proporções moderadas?

RESPOSTA:

O consumo de álcool pode levar a um aumento do risco de hipoglicemia e por isso é importante consumir alimentos antes de ingerir bebidas alcoolicas. Como o álcool não aumenta a glicemia, não é necessário aplicar insulina para uma dose de cerveja, vinho, bebidas destiladas ou coquetéis (sem açúcar). No entanto, se for ingerido uma dosagem maior, é necessário individualizar a necessidade de insulina. É importante que seja realizado um teste antes e duas horas após ter ingerido bebidas alcoólicas para então discutir com o médico qual a melhor dosagem de insulina. lembrando que cada g de álcool contém 9 kcal e não possui nenhum nutriente, é considerado uma “caloria vazia”, por isso seu consumo deve ser evitado ou ser bem moderado.

PERGUNTA:

Há algum outro benefício relativo a contagem de carboidrato que a Sra. entenda importante ser veiculada?

RESPOSTA:

A contagem de carboidrato é uma opção muito interessante como Terapia Nutricional desde que o paciente seja bem acompanhado pela equipe multidisciplinar como endocrinologista, nutricionista e enfermeira.

Não há meios de iniciar a contagem sem essa equipe citada. A vantagem é que quem não utiliza insulina também pode se beneficiar da contagem, como aqueles pacientes com controle alimentar exclusivo e com medicamentos orais. Neste caso, ajudará o paciente a manter quantidades semelhantes de carboidratos nas principais refeições e lanches, permitindo um melhor ajuste da medicação e menor variação na glicemia, além de evitar a alta ingestão de carboidratos e conseqüente ganho de peso.

A alimentação saudável é possível de ser realizada com a contagem de carboidratos, porque acaba-se conhecendo um pouco mais os valores de cada alimento e assim selecionando-os para fazer parte de seu dia-a-dia.

Erica C. S. Lopes Nutricionista

————————————————————————————————————————————–

PERGUNTA:

Boa Tarde!

Sou consumidor do achocolatado GOLD (marca GOLD NUTRITION), mas tenho uma preocupação.

O GOLD achocolatado é constituído, em grande parte, por maltodextrina, que é um carboitrato complexo, porém de alto índice glicêmico, podendo causar picos de insulina. Esse produto pode ser consumido com segurança por diabéticos ou por pessoas que adotam dieta com baixo índice glicêmico? O referido produto, leva em sua embalagem, selo de aprovação da ANAD.

Aguardo retorno.

Obrigado por sua atenção.

Rafael.

RESPOSTA:

Bom Dia Rafael,

A maltodextrina realmente é um carboitrato complexo e é encontrado no Achocolatado Gold, entretanto, como todas as embalagens de produtos dietéticos seguem a orientação :

“Consumir preferencialmente sob orientação de nutricionista ou médico”, a quantidade que o paciente pode consumir será determinada pelo especialista de forma com que não interfira no monitoramento da glicemia do paciente.

Atenciosamente,

Aline Valente Barbosa Nutricionista

—————————————————————————————————————————————-

PERGUNTA:

Prezados senhores,

primeiramente gostaria de agradecer por ter pessoas como vocês que se preocupam com pessoas como nós diabéticos. Gostaria de saber se os produtos com SUCRALOSE podem ser consumidos sem culpa mas com moderação pelos diabéticos.

Obrigada pela atenção.

Gisela

RESPOSTA:

Boa tarde, O adoçante a base de sucralose pode ser consumido sim pelo paciente diabético, e deixo minha dica… é um dos adoçantes mais saborosos que já consumi: deixa o cafezinho idêntico ao adoçado com açúcar tradicional (sacarose)!!

Não devemos apenas esquecer do ponto mais importante que você ressaltou que é o de consumi-los com moderação!!!

Atenciosamente,

Aline Valente Barbosa ,Nutricionista

————————————————————————————————————————————–

PERGUNTA:

Sou diabética tipo 2, gostaria de saber se avelã, nozes, castanha do pará, amêndoas e frutas secas, abaixam o nível de glicose e podem ser consumidas por diabéticos.

Informo que também sou cardíaca e sofro de pressão alta mas está controlada com medicamentos.

Maria Esther M. Wanderley

RESPOSTA:

Bom dia Maria Esther,

Na verdade essas oleaginosas são fonte de ômega 3, uma “gordura” saudável ao organismo humano pelo fato de aumentar os níveis de colesterol “bom” (LDL) no sangue, porém estes não diminuem os níveis de açúcar sanguíneo. As oleaginosas devem ser consumidas com moderação, onde as quantidades devem ser preescritas pelo seu nutricionista que conheça seu quadro clínico, assim este poderá indicar as porções adequadas para o tratamento.

Atenciosamente,

Aline Valente Barbosa, Nutricionista

—————————————————————————————————————————————

PERGUNTA:

Gostaria de saber se portador de diabetes do tipo 2 pode comer melancia. O meu marido é portador de diabetes do tipo 2 ele come todo os dias uma fatia após o almoço.

Maria de Fátima D. Serrafort

RESPOSTA:

Bom dia Maria de Fátima,

O portador de Diabetes deve consumir por dia no máximo 5 porções de fruta (lembre-se que 1 porção não é sempre uma fruta inteira), porém para sabermos quais as frutas são as mais indicadas, devemos entender primeiro o que é índice glicêmico e carga glicêmica. Índice glicêmico é a velocidade de se transformar em glicose e carga glicêmica é o quanto desta glicose é absorvida pela corrente sanguínea. A melancia é uma fruta que tem o índice glicêmico alto porém a carga glicêmica dela é baixa, sendo assim , seu consumo é permitido porém em quantidades e porções fracionadas que serão determinadas pelo nutricionista que estará ciente do quadro clínico do paciente.

Atenciosamente,

Aline Valente Barbosa, Nutricionista

—————————————————————————————————————————————-

2009:

PERGUNTA:

Boa tarde,

Meu nome é Bela. Meu marido tem diabetes e gosta muito de doce. Na nossa casa não usamos mais açúcar.

Gostaria de saber se o consumo em excesso do adoçante causa câncer.

Pode causar outro problema de saúde?

Obrigada Bela

RESPOSTA:

Bom dia Bela,

Os adoçantes artificiais, ado- çam com poucas calorias ou nenhuma e são eficazes para quem precisa fazer dieta isenta de açúcares, em especial os diabéticos, porém a Organiza- ção Mundial da Saúde determinou, que para cada tipo de adoçante existe uma medida máxima que pode ser consumida de forma segura por uma pessoa, ou seja, a ingestão di- ária aceitável (IDA). Doses acima do que é indicado podem produzir efeito diurético e também diarréia. Em algumas pessoas, esses efeitos ocorrem mesmo em doses baixas. Sendo assim, estes deverão ser consumidos sob orientação de um nutricionista.

Recomendação máxima diária (OMS).

Para obter o valor diário (máximo) recomendado basta multiplicar o valor abaixo pelo seu peso:

Edulcorante => Limite (mg/Kg)

Acesulfatame-K: 15

Aspartame: 40

Ciclamato: 11

Frutose: não existe limite

Sacarina: 5

Stévia: 5,5

Xylitol, Manitol e Sorbitol: 15

Atenciosamente,

Aline Valente Barbosa Nutricionista

—————————————————————————————————————————————

PERGUNTA:

Boa tarde!

Gostaria de saber se alimentos com maltitol são recomendados para diabéticos.

Grata,

Tatiane Alcântara

RESPOSTA:

Bom dia Tatiane,

O maltitol é conhecido como polióis, também chamados de alcoóis de açúcar, contêm calorias e carboidratos e geralmente são usados como substitutos dos adoçantes, especialmente em doces. Os alcoóis de açúcar são os líquidos produzidos comercialmente e processados a partir da sacarose, glicose e amidos (polissacarídeos). Também ocorrem naturalmente em plantas, como frutas e sementes. Nestes incluem o sorbitol, manitol, maltitol e xilitol. Como um grupo, os alcoóis de açúcar não são completamente absorvidos nem usados pelo organismo humano, contribuindo assim com menos calorias e carboidratos que a mesma quantidade de outros adoçantes nutritivos, como a sacarose. Mas em virtude de não serem totalmente absorvidos, podem causar efeitos colaterais desagradáveis, como diarréia, inchaço e gases, quando consumidos em excesso, sendo assim, não há contra indicações quanto ao uso do maltitol pelo paciente diabético dentro dos limites estabelecidos.

Atenciosamente,

Aline Valente Barbosa Nutricionista

—————————————————————————————————————————————

PERGUNTA:

ANAD,

Gostaria de saber se o diabético pode consumir produtos light com descrição “sem açúcar”, e que tenha em sua composição maltodextrina.

Obs.: Na embalagem está discriminado que o produto pode ser consumido por diabéticos.

Daniela Martins Lacerda

RESPOSTA:

A maltodextrina é um adoçante natural extraído do milho. Sendo assim, o diabético pode consumí- lo, porém seu consumo deve ser moderado, pois também pode elevar a glicemia (da mesma forma que a frutose).

Aline Valente Barbosa, Nutricionista

————————————————————————————————————————————–

PERGUNTA:

Gostaria de saber se existe alguma proibição em relações ao adoçante “Zero-Cal®”.

Posso consumi-lo? Existe alguma quantidade máxima que eu possa consumir? Não sou diabético, mas eu fiz uma curva glicêmica há pouco tempo em que a doutora me disse que eu tinha propensão a tê-la e solicitou que eu evitasse o açúcar.

Ricardo Takeda Dias, Sao Paulo

RESPOSTA:

Bom dia Ricardo,

O consumo de adoçantes dietéticos deve ser feito de modo com que haja um rodízio entre os diversos tipos que possuimos hoje em dia no mercado, para que não promova uma possível saturação destes componentes em nosso organismo.

Sendo assim, segue abaixo a recomendação máxima diária (OMS) de cada tipo:

Para obter o valor diário (máximo) recomendado, basta multiplicar o valor abaixo pelo seu peso:

Edulcorante => Limite (mg/Kg)

Acesulfatame-K: 15

Aspartame: 40

Ciclamato: 11

Frutose: não existe limite

Sacarina: 5

Stévia: 5,5

Xylitol, Manitol e Sorbitol: 15

Atenciosamente,

Aline Valente Barbosa, Nutricionista

————————————————————————————————————————————-

PERGUNTA:

Olá, tudo bem?

Minha mãe é diabética e a gente gostaria de saber a quantidade exata que ela poderá consumir de lactose?

Obrigada

Millena

RESPOSTA:

Oi, Millena,

Para pacientes diabéticos, o consumo recomendado para o grupo de leite e seus derivados é de 3 porções ao dia baseandose em uma dieta balanceada e equilibrada. Sendo assim, orientase que o paciente consulte um nutricionista para melhores recomendações.

Aline Valente Barbosa, Nutricionista

————————————————————————————————————————————–

PERGUNTA:

Olá,

Sou nutricionista e trabalho com lanches escolares em escola particular.

Quero informações sobre diabetes em crianças. Existem alguns casos aqui na escola e quero proporcionar a eles um lanche mais saudável.

Obrigada,

Cláudia

RESPOSTA:

Bom dia, Claudia,

A dieta adequada para crianças e adolescentes com diabetes é baseada na redução total de açúcares (de adição), gorduras saturadas, espaçamento das refeições e restrição moderada de calorias. A dieta infantil deve se manter o mais próximo possível de uma dieta normal, não sendo necessário abolir completamente a ingestão de carboidratos simples.

Segue algumas dicas para alimentação desses pacientes:

• Procure fazer diariamente uma alimentação equilibrada, variada e caloricamente adequada ao seu estilo de vida. Mudanças no estilo de vida ou na medicação exigem adaptações na sua alimentação;

• Os intervalos entre refeições não devem exceder 2h30 á 3hs.

• Evite os alimentos de elevada densidade calórica e baixo conteúdo nutricional.

• Consuma fruta, legumes e hortaliças em quantidades adequadas a sua necessidade energética diária.

• Procure ingerir alimentos ricos em carboidratos complexos e fibras ao longo do dia, ex. leguminosas (feijão, grão), pão de mistura ou integral (em vez do tradicional pão branco), massas e arroz (prefira as versões integrais).

• Atente na quantidade (que deve ser reduzida) e qualidade da gordura consumida. Dê preferência ao azeite, gorduras polinsaturadas, e evite gordura saturada (principalmente de origem animal) e gorduras trans;

• Prefira leite e seus derivados magros;

• Consuma carne e peixe com moderação. Prefira carnes magras e retire a gordura visível destes alimentos antes de consumi-los;

• A água deve ser a sua bebida por excelência, se eventualmente consumir sumos ou refrigerantes, leia os rótulos, (que devem conter a expressão sem adição de açúcar).

Atenciosamente,

Aline Valente Barbosa Nutricionista

————————————————————————————————————————————-

 

 

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.