Jejum Intermitente pode Ajudar a Combater o Diabetes Tipo 2

Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

As mudanças no estilo de vida são fundamentais no controle do Diabetes Tipo 2. Os cientistas acreditam que o jejum intermitente poderia desempenhar um papel essencial.

Jejum intermitente

Ultimamente, o jejum intermitente se tornou incrivelmente popular.

Diabetes Tipo 2 é o tipo mais comum. A condição afeta a capacidade do organismo de produzir insulina, que regula os níveis de açúcar no sangue.

O Diabetes é muito difundido tanto no Canadá como nos Estados Unidos e, nos EUA, e é uma das principais causas de morte.

A Associação Americana de Diabetes relata que o custo total estimado do tratamento de Diabetes é atualmente  superior a US$ 200 bilhões por ano.

Mudanças no estilo de vida são cruciais para o manejo da doença, e os hábitos alimentares desempenham um papel fundamental. Os médicos normalmente recomendam que as pessoas com Diabetes sigam dietas específicas.

Os efeitos de uma dieta específica podem diferir de pessoa para pessoa, mas, em geral, aqueles com Diabetes devem evitar alimentos processados, adoçantes artificiais e carboidratos refinados.

O jejum intermitente pode ser uma maneira de gerenciar o Diabetes através da dieta.

O Que é Jejum Intermitente?

O jejum intermitente é um tipo de dieta em que as pessoas circulam entre períodos de comer e jejum. Não especifica os alimentos permitidos durante a janela de alimentação.

O tipo mais comum de jejum é o método 16:8, que envolve jejum de 16 horas e redução da janela alimentar em apenas 8 horas. Por exemplo, uma pessoa pode jantar aproximadamente às 19 h, pular o café da manhã no dia seguinte e almoçar por volta das 11 h.

Outras formas envolvem jejum de 2 dias por semana, jejum de 24 horas uma ou duas vezes por semana e jejum a cada dois dias.

Os pesquisadores usaram o jejum intermitente como um método para reduzir os sintomas do Diabetes Tipo 2 em um novo estudo observacional realizado no Canadá e publicado na revista BMJ Case Reports.

O estudo incluiu três homens, com idades entre 40 e 67 anos, que tomavam ambas as drogas e doses diárias de insulina para controlar a doença. Todos eles tinham pressão alta e colesterol alto.

“O uso de um regime de jejum terapêutico para o tratamento de [Diabetes Tipo 2] é praticamente inédito”, escrevem os autores do estudo.

Efeitos do Jejum Intermitente sobre Diabetes

Antes do estudo, os homens participaram de seminários de nutrição, que lhes deram informações sobre o desenvolvimento da doença, seus efeitos sobre o corpo e como usar a dieta para controlar o Diabetes.

Então, os cientistas pediram a dois deles que jejuassem por 24 horas a cada dois dias, enquanto o terceiro jejuava por 3 dias por semana. Durante os dias de jejum, os homens podiam beber bebidas de baixa caloria, como água, chá ou café. Além disso, eles poderiam comer uma refeição de baixa caloria à noite.

O julgamento durou 10 meses no total, e os três homens seguiram seu cronograma sem encontrar quaisquer dificuldades. Após o período de jejum, a equipe mediu seu peso e glicose no sangue.

Os resultados revelaram uma melhoria significativa: Todos os três perderam peso, a glicose no sangue foi menor, e eles foram capazes de parar de usar insulina após um mês desde o início do julgamento. Em um caso, a pessoa parou depois de apenas 5 dias.

Dois dos homens também interromperam todas as drogas diabéticas, enquanto o terceiro participante parou 3 de 4 drogas.

Os autores concluíram que o jejum intermitente pode ajudar as pessoas com Diabetes, mas o estudo foi limitado a três participantes. Mais pesquisas são necessárias para confirmar esses achados, mas são encorajadores.

“Esta série de casos mostrou que os regimes de jejum de 24 horas podem reverter significativamente ou eliminar a necessidade de medicação diabética”, concluem os autores.

 Fonte: Medical News Today, de 13/10/2018 por 
Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.
Compartilhar: