O Consumo de Suco de Cranberry Reduz Marcadores de Risco Cardiometabólico, Incluindo Pressão Arterial, Circulação de Proteína C reativa, e as Concentrações de Triglicerídeos e Glicose em Adultos

Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

 Autores:

Janet A Novotny, David J Baer, Christina Khoo, Sarah K Gebauer and Craig S Charron;

Fonte:

American Society for Nutrition.

Histórico:

Risco cardiometabólico é o risco de doença cardiovascular (DCV), Diabetes ou acidente vascular cerebral, que são as principais causas de mortalidade e morbidade em todo o mundo. Objetivo: O objetivo do presente estudo foi determinar o potencial de suco de cranberry de baixa caloria (SCBC) na redução do risco cardiometabólico.

Métodos:

Um estudo de braços paralelos, duplo-cego e controlado por placebo, foi realizado com dietas controladas. Trinta mulheres e 26 homens (características médias na linha de base: 50 anos; peso, 79 kg; índice de massa corporal 28 kg/m2 ) receberam intervenção de 8 semanas com SCBC ou bebida placebo de mesmo sabor/cor/calorias. Duas vezes por dia, voluntários consumiram 240 mL de SCBC ou bebida placebo, contendo 173 ou 62 mg de compostos fenólicos e 6.5 ou 7.5g de açúcares totais por porção de 240 mL, respectivamente.

Resultados:

Níveis séricos de triglicerídeos em jejum (TGs) foram menores após o consumo de SCBC e demonstraram uma interação tratamento × valores na linha de base tais que os participantes com maior concentração de TG basal foram mais propensos à apresentarem um maior efeito do tratamento (1,15±0,04 mmol/L versus 1,25± 0,04 mmol/L, respectivamente; P=0,027). Os níveis séricos de proteína C reativa (PCR) foi menor para os indivíduos SCBC do que para os indivíduos que consumiram a bebida placebo [ln transformou os valores de 0,522±0,115 ln(mg/L) versus 0,997±0,120 ln(mg/L), P=0,0054, respectivamente, e equivalente a 1,69 mg/L versus 2,71 mg/L retransformado]. O SCBC reduziu a pressão arterial diastólica (PAD) em comparação com a bebida placebo (69,2±0,8 mm Hg para SCBC vs 71,6±0,8 mm Hg para placebo; p=0,048). A glicemia de jejum foi menor (P=0,03) no grupo SCBC (5,32±0,03 mmol/L) que no grupo placebo (5,42±0,03 mmol/L), e a SCBC teve um efeito bené- fico sobre o modelo de avaliação da homeostase da resistência à insulina para os participantes com altos valores na linha de base (p=0,035).

Conclusão:

O SCBC pode melhorar vários fatores de risco de DCV em adultos, incluindo TGs, PCR, glicose, resistência à insulina e PA diastólica. n

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.