Tira Dúvida

Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

PERGUNTA:

Na nossa família um tio foi diagnosticado com Diabetes.

Faz meio ano e a doença dele está evoluindo mal. Um amigo meu da Novo Nordisk me indicou a ANAD para me informar em que forma poderíamos ajudar a ele.

Vocês têm informações para entender melhor os desafios de pacientes com Diabetes e como familiares podem ajudar? Tem alguém com quem poderia falar pessoalmente? Se for, se marca um horário ou como vocês trabalham?

Muito obrigada pela ajuda!

Bettina Zimmerman

RESPOSTA:

Olá Sra. Bettina,

Caso ele more em São Paulo poderá se associar à ANAD e aqui encontrará todos os profissionais de saúde especializados em Diabetes. Tanto endócrinos, como outros médicos especializados nas complicações do Diabetes, como também enfermeiros, nutricionistas, psicólogas, profissionais de atividade física, podólogas, educação continuada em Diabetes e produtos para diabéticos em nosso bazar.

Acesse o site da ANAD: www.anad.org.br para melhor conhecer. O endereço é Rua Eça de Queiroz, 198 – Vila Mariana. O telefone é (11) 5908-6777.

Atenciosamente

Equipe Anad

———————————————————————————————————————————————————————————————–

PERGUNTA:

Prezados,

meu pai, Antonio Costa Aguiar, mora em Rondonópolis no Mato Grosso, enfrentando um sério problema de saúde, por conta do Diabetes. Ele é diabético tipo 2 e é daqueles que não se cuida muito… sou filha e me preocupo muito com ele, peço encarecidamente que me ajudem.

Preciso de uma dieta ou uma lista de alimentos que ele pode consumir e que não pode também.

Peço essa ajuda a todos vocês!

Desde já agradeço a todos, pela atenção dispensada!

Lilian K. C. Aguiar

RESPOSTA:

Prezada Lilian,

Não existe uma dieta que sirva para todos e sim conselhos do que comer e o que evitar. O que ele precisa é de uma dieta específica, levando em conta, idade, peso, altura, condição física, medicamentos, patologias associadas, se é sedentário ou não e preferências pessoais.

Procure um nutricionista, que juntamente com o endocrinologista poderão indicar essa dieta. Para começar ele não deve comer nada que contenha açúcar, substituir tudo por alimentos diet. Também não consumir farinha branca em pães, bolos e biscoitos. Comer o que contenha farinha integral. Não consumir 2 carboidratos ao mesmo tempo como arroz e batata. Não comer gorduras animais. Comer frutas, não tomar sucos ou refrigerantes. Comer cereais integrais. No entanto tudo isso tem que ser indicado em porções com relação ao consumo diário, daí a necessidade do nutricionista, sob a supervisão do endocrinologista.

Atenciosamente,

Profª. Educ. em Diabetes Lilian Fanny de Castilho

Presidente da ANBED

————————————————————————————————————————————————————————————————

PERGUNTA:

Sou diabético e tenho dificuldade em saber o que pode e o que não pode comer e beber.

RESPOSTA:

Ivanildo,

Se você tem Diabetes, obrigatoriamente, você deve controlá-lo já que é uma doença crônica. Se você não der atenção a ele e deixar sem cuidados e tratamento, poderá vir a ter seríssimas consequências.

A primeira coisa a fazer é consultar um médico endocrinologista que lhe indicará a conduta correta a ser adotada para o controle. Assim como a medicação que você deve tomar. Também avaliará se você tem alguma complicação decorrente do não controle e lhe falará sobre uma mudança no seu estilo de vida, com uma alimentação saudável e exercício. Caso você more em São paulo procure se associar à ANAD, Rua Eça de Queiroz, 198 – Vila Mariana, tel.: 11 5908-6777. Aqui encontrará não só o médico endocrinologista, mas nutricionista, podologia, dentista e toda a orientação necessária para controlar a doença.

Boa sorte,

Profª. Educ. em Diabetes Lilian Fanny de Castilho

Presidente da ANBED

————————————————————————————————————————————————————————————————–

PERGUNTA:

Ainda assim agradeço pela orientação!

Vou levá-lo a um nutricionista sim, já está até marcado. Seria bom também levar a um endocrinologista?

Lilian K. C. Aguiar

RESPOSTA:

O principal para quem tem Diabetes é ser tratado por um endocrinologista que é o especialista em Diabetes e prescreverá o tratamento correto para controle da glicemia e prevenção das sérias complicações provenientes de descontrole. Inclusive, a alimentação deverá ser prescrita baseada na medicação em uso.

Atenciosamente,

Profª. Educ. em Diabetes Lilian Fanny de Castilho

Presidente da ANBED

————————————————————————————————————————————————————————————————

 

PERGUNTA:

Sou portador de Diabetes Tipo 1 e, consequentemente, faço aplicações diárias de insulina. Também sou aluno de doutorado e irei ficar 1 ano nos Estados Unidos para realizar parte dos meus estudos lá. Gostaria de saber como proceder com minhas insulinas, tanto no transporte nos aeroportos, como para conseguir adquirí-las nos Estados Unidos. Existe um limite de unidades (frascos/refis) para eu transportar? Sei que é aconselhável levar uma quantidade para todo o período, mas como são 12 meses, não tenho essa quantidade em mãos (faço uso das insulinas Lantus e Humalog, que são obtidas junto ao Estado por meio de ordem judicial). Também há a questão dos suprimentos (seringas e agulhas).

Posso transportá-las normalmente?

Desde já agradeço a atenção dispensada.

Daniel Lucas Z. Caetano,  São Paulo

RESPOSTA:

Olá Daniel,

1. Primeiramente você deve ter as receitas de todo material que levar e uma declaração de seu médico indicando sua condição e a necessidade da medicação. Ambos em português e inglês.

2. Leve todo o seu material em bolsa de mão, para poder apresentar quando solicitado e também para que não haja risco de perda, extravio ou dano, tendo em vista que você não pode ficar sem ele.

3. Você deve levar o máximo de material possível, no entanto deve estar atento à validade de cada produto.

4. Informe-se na Embaixada ou Consulado americanos se lá você tem algum direito por sua condição de estudante e pelo período longo.

5. Leve as Insulinas em uso, sob refrigeração.

6. Você deve ter um seguro viagem (há seguros de 1 ano), o que lhe permitirá ir a médicos e hospitais em caso de necessidade. Compre-o aqui no Brasil.

7. Nos Estados Unidos você não poderá comprar Insulina e/ ou outros medicamentos com receita de médicos brasileiros sendo assim, recomendo que você, ao chegar lá, procure um endocrinologista, que possa lhe fornecer as receitas e também atendê-lo em caso de necessidade.

8. Converse com o pessoal do seguro que você comprar sobre estas e outras possibilidades.

9. Verifique também se é melhor comprar um seguro saúde americano (comprar lá). Boa viagem.

Espero que dê tudo certo.

Dê notícias.

Atenciosamente,

Profa. Lilian Fanny de Castilho, Educadora em Diabetes ,

Presidente da ANBED

———————————————————————————————————————————————————————————————————

PERGUNTA:

Sobre insulina de alto custo para criança preciso saber o procedimento para entrar com ação para obter o medicamento injetável.

1- A endocrinologista da minha afilhada recomendou entrar com ação judicial para obter esse medicamento, até passou dois tipos de insulina cujo custo é alto.

Quais os procedimentos a tomar para iniciar o processo.

Obrigado!

Alexandre dos Reis Najos, São Paulo

RESPOSTA:

Prezado Alexandre,

A primeira providência é a receita do médico endocrinologista que a atende. Sem isso não é possível entrar com ação judicial. Com isso em mãos deverá consultar um advogado que lhe informará documentos e procedimentos.

Atenciosamente,

Equipe Anad

————————————————————————————————————————————————————————————————————————–

PERGUNTA:

Tenho 25 anos e descobri recentemente que tenho DM1.

Tinha um plano de saúde que era custeado pela empresa onde eu trabalhava… porém fui demitida, e com isso perdi meu plano de saúde, que foi cancelado.

Gostaria de saber se teria direito a ainda ter o plano por determinado tempo por ter Diabetes, pois preciso de acompanhamento, ou se teria que recorrer aos SUS…

Grazielle Caldas ,Ceará

RESPOSTA:

Ola Grazielle,

A extensão do prazo de cobertura dos planos de saúde após a demissão são variáveis por empresas e seguradoras. Comunente perde-se o vinculo independente da doença.

Para quem é de São Paulo podemos oferecer a assistência aqui na ANAD ou outra alternativa é o SUS.

Atenciosamente,

Equipe Anad

——————————————————————

PERGUNTA:

Eu preciso de uma informação e gostaria de saber se podem me ajudar. Estarei viajando para os EUA com minha tia que é diabética e me disseram que ela precisa de uma receita ou declaração em inglês para poder passar na imigração.

Vocês saberiam me dizer se é isto mesmo.

Como faço para conseguir uma receita em inglês, você fazem?

No aguardo,

Marileide Paula Morais, São Paulo

RESPOSTA:

Prezada Marileide,

Você deve procurar o médico que a atende. É ele quem deve fazer a declaração.

Leve medicamento não só para o tempo de permanência, mas sim em dobro para o caso de alguma eventualidade, pois lá, não conseguirá comprar sem receita e nem com receita de médico brasileiro. Junto à medicação leve a receita do médico brasileiro para o caso das autoridades americanas pedirem comprovação. Sugerimos que compre um seguro saúde pelo período da viagem.

Atenciosamente,

Equipe Anad

——————————————————————

PERGUNTA:

Sou diabético e no final do ano irei aos USA visitar meu pai. Estou tendo dificuldades em achar informações sobre que tipo de documentação tenho que levar para não ter problemas em transportar seringas e insulina no avião.

Na versão antiga do passaporte brasileiro existia uma página própria para esses caos, era entitulada:

Condições Especiais de Saúde Só que no novo modelo do passaporte brasileiro essa página não existe mais. Fui a Policia Federal me informar e eles não souberam me dizer e falaram para procurar e falar com a ANVISA, sem sucesso também, ninguém soube me responder.

Que documentação tenho que ter, basta uma declaração em Inglês e Português da minha médica?

Poderiam me ajudar?

Sem mais agradeço a atenção.

Daniel Drummond, São Paulo

RESPOSTA:

Prezado Daniel,

1. Declaração em inglês de seu médico;

2. Receita de toda a medicação que for levar;

3. Leve medicamento em dobro da quantidade de dias, para o caso de uma eventualidade;

4. Leve na bagagem de mão para não correr o risco de extraviar ou perder;

5. Contrate um seguro saúde de viagem;

6. De preferência use canetas aplicadoras e não seringas (fale com seu médico para substituir);

Atenciosamente,

Equipe Anad

——————————————————————

PERGUNTA:

Quais sucos quem tem Diabetes deve evitar?

Não podemos comer também vegetais que são extraídos de debaixo da terra como batata, cenoura, beterraba?

Posso praticar exercícios como musculação ou andar de bicicleta, por aproximadamente uma hora! Qual o melhor horário para fazer aferição do Diabetes?

Observação: Fiz um exame de sangue há uns meses atrás deu 145 mg/dL… Ontem 2:30 após o café estava em 103mg/dL… O que me deixou menos preocupado…

Por favor, aguardo uma orientação porque… Tanta gente fala isso ou aquilo… Mas são leigos também…

Grato pela atenção,

Marco Antonio, São Paulo

RESPOSTA:

Prezado Marco Antonio,

1. Você deve ter o acompanhamento de um médico endocrinologista;

2. O teste de glicemia tem que ser feito diariamente;

3. Um nutricionista deve prescrever sua dieta;

4. Um profissional de educação física deve orientar suas atividades; Como você pode ver não está se cuidando adequadamente e portanto será necessário seguir estes 4 pontos e terá todas as respostas e muito mais, ou seja educação em Diabetes.

Atenciosamente,

Equipe Anad

——————————————————————

PERGUNTA:

Sou diabético e estou com os pés muito inchados e com “pele de sapo” nas pernas.

O que devo fazer para melhorar?

Comecei a tomar “Aldactone – 50 mg”/1 comprimido por dia, por determinação médica. Até agora os resultados são pequenos!

Desde já agradeço vossa orientação.

Roberto Cardoso de Sousa, São Paulo

RESPOSTA:

Olá Roberto,

Você deve voltar a seu médico, pois a resposta ao tratamento não foi a esperada, devendo-se avaliar outras possibilidades do seu edema: vascular, cardíaco, que só o médico poderá diagnosticar.

Atenciosamente,

Equipe Anad

——————————————————————

PERGUNTA:

Meu pai está medindo o Diabetes no Hospital e está dando picos entre 536 e 516 depois de comer e em jejum sempre entre 393 e 398, mesmo fazendo o controle.

No dia anterior, sendo por duas vezes feitas aplicações de insulina, estive com ele no hospital e já por volta das 12 e já com fome, meu pai depois de todos os procedimentos médicos acusava uma taxa glicêmica de 370 ml, e mesmo assim foi liberado para ir pra casa onde se alimentaria.

O meu pai tem 84 anos, gostaria de ajuda para me esclarecer se os procedimentos tomados pelo Hospital estão corretos ou preciso fazer algo diferente antes que o pior aconteça.

Obrigado desde já!

Celso Lino , São Paulo

RESPOSTA:

Prezado Celso,

1. Seu pai está sendo atendido por um endocrinologista?

Se não, é necessário que o faça.

2. Seu pai está usando Insulina?

Qual? Se não estiver, obrigatoriamente tem que usar. Se está, o médico deve fazer uma adequação de doses ou da própria Insulina.

3. Ele deve ter um glicosímetro e tiras em casa, para medir antes das refeições e assim poder definir a dosagem da medicação.

Atenciosamente,

Equipe Anad

RETORNO:

Não, não está. Como os picos têm sido medidos no posto de saúde mais próximo e o posto de saúde nos encaminha para o hospital onde ele passa pelo clínico que vendo os valores, receita 10 ml de insulina, e não baixa e depois de uma hora da primeira dose aplicam mais uma dose de 10 ml. O que tem ocorrido é que depois de 2 horas depois da segunda aplicação ainda dentro do hospital ele é liberado depois de ter passado o dia todo no hospital e já com fogem já que é noite tem níveis próximos de 380, sempre entre 370, 340 somos liberados, pois os médicos dizem que ele já tomou muita insulina e que não podem fazer mais nada.

Celso Lino , São Paulo

RESPOSTA:

Prezado Celso,

Por favor, informe nome do Hospital e médico que atendeu seu pai.

Atenciosamente,

Equipe Anad

——————————————————————-

PERGUNTA:

Sei que pedalar também contribui para a saúde do diabético, mas qto tempo devo praticar estes exercícios?

Quais sucos são mais prejudiciais?

Observação (o que mais gosto é o de laranja). E alimentos como batata beterraba mandioca e outro da terra como consumi-los?

Grato pela atenção?

Marco Antonio, São Paulo

RESPOSTA:

Prezado Marco Antonio,

Você deve procurar orientação individualizada com um professor de educação física para que ele possa definir que tipo de exercício, frequência e intensidade é adequado para seu caso.

Também um nutricionista para lhe receitar uma dieta específica à sua idade, peso, altura, medicações, comorbidades e preferências pessoais.

Suco de laranja não deve ser consumido por diabéticos, NUNCA!

Atenciosamente,

Equipe Anad

——————————————————————–

PERGUNTA:

Gostaria de saber se essa Associação respeitada e idônea, disponibiliza mapa para aplicação de insulina?

Sou responsável técnica de uma unidade de Saúde do Município de Diadema e estamos promovendo grupos de insulino dependentes na unidade, temos uma média de 177 e em um destes encontros nos foi solicitado mapa para aplicação de insulina.

Por este motivo venho, saber se poderia disponibilizar esse material para nossos usuários e até mesmo comparecer em um dos nossos grupos para assim podermos nos atualizar e receber algumas dicas para podermos oferecer uma assistência de excelência aos nossos clientes.

Certa de sua atenção, aguardo retorno.

Vanessa Vargas , São Paulo

RESPOSTA:

Prezada Vanessa,

Você quer dizer o cartão para os locais de aplicação de insulina?

O nome correto é Régua para Aplicação de Insulina, é para o rodízio das aplicações.

Eles existem sim. A Aspen Pharma 0800-0262395 produz, e também a BD 0800-0555654.

Nós não temos, em quantidade para fornecer, mais você pode ligar e pedir.

Não é possível enviar profissionais para fora da ANAD, mas você pode vir passar o dia aqui e conhecer tudo.

Para os profissionais de saúde com Nível Universitário temos um Congresso em julho que poderá ser muito útil.

Consulte o site: http://www.anad.org.br/congresso

Atenciosamente,

Equipe Anad

——————————————————————–

PERGUNTA:

Sou portador de Diabetes Tipo 2 há 18 anos. Uso Galvusmet 50/1000, Aglucose 50 e Amaril 4mg. Estou no momento tendo dificuldades de escolher um cardápio mais compatível com a doença.

Gostaria de receber sugestões sobre a minha alimentação diária.

José Carlos T. Pinto ,Bahia

RESPOSTA:

A dieta tem que ser personalizada levando-se em conta idade, peso, altura, medicação, gostos pessoais, atividade física, portanto, você deve conversar com seu Endocrinologista, pedindo que lhe indique uma Nutricionista.

Atenciosamente,

Equipe Anad

——————————————————————–

PERGUNTA:

Meu último exame de Hemoglobina Glicada deu um resultado de 5.6; É considerado pré-Diabetes?

Tenho mantido uma dieta basicamente sem açúcar e com exercícios fí- sicos de 2ª a 6ª feiras.

Atenciosamente,

Gilka Vânia Lima Maciel, São Paulo

RESPOSTA:

Prezada Gilka,

Não, pré-Diabetes é de 5.7% a 6.4% da hemoglobina glicada A1C, se seu hemograma for normal.

Atenciosamente,

Equipe Anad

—————————————————————PERGUNTA:

Tenho um filho de 11 anos diabético e estou com dificuldade na alimentação e ele não quer tomar a insulina. Preciso de uma caneta para aplicação da insulina NPH como eu compro esse produto?

Obrigado.

Claudio Roberto , São Paulo

RESPOSTA:

Prezado Claudio,

Se você mora em São Paulo venha à Anad onde além de comprar a caneta, receberá todas as informações para sua utilização. Se for em outro estado ligue para o Laboratório Farmacêutico que produz a caneta e se informe.

Atenciosamente,

Equipe Anad

——————————————————————–

PERGUNTA:

Gostaria de saber onde encontro aparelho glicosimetro com voz para cegos…

Minha filha está cega e precisa um aparelho que possa medir sozinha a glicemia, pois às vezes não tem ninguém com ela…

Moramos em Curitiba, se possível nos informar onde encontrar.

Amely Maria Canone, Paraná

RESPOSTA:

Prezada Amely,

No Brasil infelizmente ainda não temos. Na Argentina já tem, mas desconhecemos marca ou nome do produto.

Atenciosamente,

Equipe Anad

——————————————————————–

PERGUNTA:

Há alguns anos estou com a glicose em aproximadamente 250mg/dL.

Me ensinaram à fazer uso de um produto que é suco de caju, estes que se vende em supermercado, tomar uma colher em jejum após 20 minutos tomar café.

Como a minha glicose era de 250, pensei o seguinte, vou tomar três colheres. Após 10 dias, para minha surpresa fiz novo exame e quase não pude acreditar, o resultado foi 125, exatamente 50% do que estava. Isto com apenas uma garrafinha, aconselho fazerem esta experiência aí.

Felicidades a todos!

Delson Carlos de Oliveira ,Minas Gerais

RESPOSTA:

Prezado Delson,

Com certeza não foi o suco que abaixou sua glicemia e sim os remédios, a dieta, algum exercício que tenha feito ou alguma mudança no estilo de vida ou naquele momento por alguma razão a glicemia diminui.

Não existem estudos científicos para comprovar qualquer benefício desse suco. O senhor pode até tomá-lo, mas o importante é seguir a risca a medicação e instruções do seu médico.

É importante que saiba que um exame aleatório após 10 dias não representa absolutamente nada em termos de comprova- ção, já que a glicemia flutua a cada minuto.

O senhor deve fazer o teste de glicemia, ao menos 3 vezes ao dia para ter controle e principalmente o exame de hemoglobina glicada, a cada 3 meses, pois só esse exame é que lhe mostrará a real condição da glicemia a cada dia.

Não coloque em risco a sua saúde com sucos e outros modismos.

Atenciosamente,

Equipe Anad

——————————————————————

PERGUNTA:

Olá gostaria de saber como faço para tratar de um pé diabético.

Meu pai ficou internado uma semana aguardando cirurgia quando consegui já era tarde demais, era caso de amputar por falta de atendimento médico. Ele tem 70 anos, tem febre, pois a infec- ção esta aumentando.

Queria pelo menos saber qual remédio é indicado para infecção no pé.

Desde já agradeço.

Simone Marcal ,Goiás

RESPOSTA:

Cara Simone,

Lamentamos o seu relato. Porém os casos de amputação são estados isquêmicos que evoluem lentamente. A medicação para combater a infecção são antibióticos específicos, que deverão ser prescritos por médicos, de preferência vascular que são os especialistas neste caso.

Atenciosamente,

Equipe Anad

——————————————————————-

PERGUNTA:

Tenho um filho de 11 anos diabéticos estou com dificuldade na alimentação e ele não quer tomar a insulina.

Preciso de uma caneta para aplicação da insulina nph como eu compro esse produto?

Obrigado.

Claudio Roberto Beco

RESPOSTA:

Se você mora em São Paulo venha à Anad onde além de comprar a caneta, receberá todos as informações para sua utilização. Se for em outro estado ligue para o Labor Farin que produz a caneta e se informe.

Atenciosamente,

Equipe Anad

——————————————————————–

PERGUNTA:

Preciso comprar um medidor de glicose. Vocês poderiam me indicar o melhor, que seja confiável?

Tenho lido vários textos e fiquei mais confuso.

Grato!

Carlos A. Cardoso, São Paulo

RESPOSTA:

Prezado Carlos,

Sugerimos que venha até a ANAD onde encontrará todos os modelos disponíveis das 4 marcas confiáveis que são ABBOTT, Johnson e Johnson, Bayer e Roche.

Aqui também encontrará os melhores preços e orientação de uso, e então poderá escolher o que melhor lhe convier.

Atenciosamente,

Equipe ANAD

——————————————————————-

PERGUNTA:

Sou portadora de Diabetes, eu gostaria que vocês me enviassem algum informativo a respeito. Para que e possa ter um bom controle deste problema.

Andressa Vidal de Barrosa , Rio de Janeiro

RESPOSTA:

Prezada Andressa,

Para ter um bom controle você tem que ter acompanhamento de um endocrinologista.

Para conhecer sobre Diabetes você deve acessar sites sobre o assunto como por exemplo, o nosso site que é www.anad.org.br

Atenciosamente,

Equipe ANAD

——————————————————————-

PERGUNTA:

A glicemia pós-prandial e a glicada estão em níveis normais, mas em jejum está alterada (em torno de 104 a 130mg/dL), mesmo usando Glifage 500 (01 cápsula após jantar).

Neste caso o Diabetes deve ser tratado em geral?

Não se diversifica pelo quadro apresentado?

É específico para certas alterações, bem como o medicamento?

Ana Paula Camillo , São Paulo

RESPOSTA:

Ana Paula,

Você está sendo atendida por um endocrinologista?

Se não, deve procurar um, pois somente após exames clínicos e laboratoriais ele poderá decidir se a medicação usada está sendo adequada ao seu caso.

Atenciosamente,

Equipe ANAD

——————————————————————-

PERGUNTA:

Por favor, fornecer-me a lista de alimentos que possa ou não possa ingerir. O meu nível de glicemia é de 120 a 140mg/dL.

Obrigado!

Seiki Hayakawa

RESPOSTA:

Prezado Seiki,

Você deve marcar consulta com um nutricionista para que lhe seja fornecida uma dieta apropriada especificamente a você, levando-se em conta:

– idade;

– peso;

– altura;

– medicação;

– condição física;

– preferências pessoais, etc.

Atenciosamente,

Equipe ANAD

——————————————————————-

PERGUNTA:

Olá, me chamo André tenho DM1 há mais de 25 anos. Hoje tenho 30, estou com dificuldades financeiras e gostaria de saber se possível onde posso pegar tiras reagentes para medir a glicemia.

Obrigado!

André Alberto, São Paulo

RESPOSTA:

Prezado André,

Pela lei federal você tem direito aos insumos. Vá ao posto de saúde mais próximo de sua residência levando seus documentos, comprovante de residência, encaminhamento e receita médica com a solicitação de qual medicação e a dose que você precisa.

Atenciosamente,

Equipe ANAD

——————————————————————-

PERGUNTA:

Olá, sou DM2 e gostaria de saber se existe alguma forma de encontrar o medicamento Trayenta 5 mg mais barato. Pois minha médica diz que existem outros parecidos, mas que fazem mal para o organismo. Este medicamento está saindo muito caro para mim. Podem me ajudar ou indicar alguém que possa me ajudar, talvez algum laboratório onde consiga um similar alguma coisa assim. Obrigado!

André R. dos Santos , São Paulo

RESPOSTA:

Prezado André,

A única forma possível é você entrar com um processo no fórum. Consulte um advogado especialista no assunto (se quiser poderemos indicar), e se não tiver recursos procure no fórum um advogado gratuito.

Atenciosamente,

Equipe ANAD

——————————————————————–

PERGUNTA:

Tenho um filho de 8 anos que tem Diabetes há 4 anos e sonha ser jogador de futebol. Todos dizem que ele tem potencial para ser, mas fico com dúvidas pelo fato dele ter Diabetes. Me tirem essa dúvida espero respostas.

Agradeço!

Marizete N. Pereira ,Ceará

RESPOSTA:

Prezada Marizete,

Atualmente existem muitos atletas portadores de Diabetes. É perfeitamente possível que ele atinja esse objetivo, bastando no entanto que ele mantenha o Diabetes controlado desde já e que não desenvolva nenhuma complicação do Diabetes que venha a impedí-lo de realizar seu sonho.

Escolha um bom endocrinologista que o acompanhe constantemente e mantenha vigilância e controle restrito de medicações, dosagens, dieta e atividade física.

Tenha sempre um diário para registro das glicemias e use as Insulinas mais modernas.

Atenciosamente,

Equipe ANAD

——————————————————————–

PERGUNTA:

Olá descobri que estou com Diabetes há 3 meses. Eu tenho 30 anos moro em Francisco Morato, SP consegui fazer os exames, mas não consigo marcar consulta com o endocrinologista, há 3 semanas eu passei mal e tive que passar na Santa Casa da minha cidade. O Diabetes tava em 540 mg/dL. O médico passou Metformina e esse é o único remédio que estou tomando para controlar o Diabetes.

Gostaria que vocês me orientassem para eu poder começar a fazer o tratamento em algum lugar que fosse gratuito, pois não tenho condições de pagar um tratamento particular.

Desde já agradeço a atenção.

Cintia Ap. M. Carvalho , São Paulo

RESPOSTA:

Prezada Cintia,

Você deve procurar o posto de saúde mais próximo de sua casa e se inscrever. Eles têm que providenciar o tratamento e a medicação, gratuitamente, inclusive a Insulina, pois com 540 mg/dL de glicemia você deveria ter sido medicada com Insulina.

Atenciosamente,

Equipe ANAD

——————————————————————–

PERGUNTA:

Gostaria de saber se existe algum aparelho “CONFIÁVEL” para monitorar a glicose e que não precisa de agulha?

Obrigado!

Carlos Cerufalho ,Minas Gerais

RESPOSTA:

Prezado Carlos,

Todos os aparelhos das marcas: Abbott, Bayer, Johnson, Roche são absolutamente confiáveis.

Para qualquer teste você usa a lanceta para extrair uma gota de sangue.

Foi lançado na Europa glicosímetro que mede glicemia através de sensor subcutâneo não necessitando mais as punções digitais, mas ainda não está disponível no Brasil.

Atenciosamente,

Equipe ANAD

——————————————————————-

PERGUNTA:

Vocês estão sabendo quando irá normalizar a venda do Forxiga?

O laboratório lançou é um bom medicamento, mas agora está em falta.

Eloisa Magalhães, São Paulo

RESPOSTA:

Prezada Eloisa,

Mandamos seu questionamento para o Laboratório Farmacêutico que produz o medicamento.

Segue abaixo a resposta deles:

Inicialmente agradecemos o seu contato e informamos que os estoques iniciais do medicamento Forxiga foram consumidos rapidamente devido a grande procura do produto.

No entanto, para que não haja interrupção do tratamento dos pacientes, estamos disponibilizando nas deliveries abaixo, que fazem entrega para todo o país:

• Drogaria Soares: (11) 5574- 6955

• Entrega Certa: (11) 3014- 8099

Sugerimos que entre em contato conosco, através do nosso telefone 0800 014 5578, opção 1, de segunda a quinta-feira das 08h às 17 horas e às sextas-feiras, das 08h às 13 horas, para que possamos ser mais efetivos em atendê-la.

Contamos com sua compreensão e colocamo-nos à disposição para quaisquer esclarecimentos, que se façam necessários.

Atenciosamente,

SAC – Serviço de Atendimento ao Cliente Respostas para uma vida melhor!

——————————————————————–

PERGUNTA:

Estou com a glicemia fora da normalidade, estou sendo acompanhado por clinico geral e também endocrinologista, porém ambos tem divergências quando ao meu tratamento, onde a medicação é aceita por um e não pelo outro.

Já estou com consulta marcada com outro endocrinologista, mas por intermédio do meu pai, que também é associado da Anad, orientou a entrar em contato com vocês, para que possamos nos associar e ter melhores informações e acompanhamento. Tenho 48 anos, casado, com 105 kilos, trabalho a noite, serviço leve.

Então fico no aguardo de uma posição quanto aos procedimentos.

Sem mais, agradeço a oportunidade.

Valdemir Pedroso ,São Paulo

RESPOSTA:

Valdemir,

O médico especialista para o Diabetes é o endocrinologista e é ele quem deve prescrever o seu tratamento, e não o clínico geral. Também é antiético que o clínico queira mudar ou contrariar a indicação do especialista. Como você mora em São Paulo sugiro que se associe à Anad e se quiser se consultar um endocrinologista temos aqui.

Atenciosamente,

Equipe ANAD

——————————————————————-

PERGUNTA:

Como faço para saber se posso usar a insulina Degludec, lançada recentemente no Brasil.

Qual é o valor, é distribuída pelo SUS?

Aguardo ansiosamente.

Valber Roberto ,Minas Gerais

RESPOSTA:

Prezado Valber,

Você deve se consultar com um endocrinologista que é o especialista em Diabetes. Após avaliação e exames ele lhe indicará o melhor tratamento.

Atenciosamente,

Equipe ANAD

——————————————————————-

PERGUNTA:

Sou diabético há mais de 10 anos, faço uso de insulina NPH e Regular. Infelizmente neste tempo tive algumas complicações como infecções decorrentes como erisipela, abcessos, chegando a internar por diversas vezes, estou sofrendo muito. Encontrei uma pessoa que também tem DM e me indicou que procurasse vocês e assim conseguirei ajuda, pois estou sofrendo muito.

Meu Diabetes está descompensado, mesmo com o uso das insulinas. Peço ajuda!

Salomão de Oliveira Santos , São Paulo

RESPOSTA:

Sr. Salomão,

Você pode se associar à ANAD e se consultar com nossos médicos. Traga seus documentos pessoais, comprovante de residência e exame de hemoglobina glicada.

Atenciosamente,

Equipe ANAD

——————————————————————–

PERGUNTA:

Meu Diabetes está 353 mg/dL no primeiro exame deu 240 depois 341 e agora 353.

Vou marcar cardiologista rápido, sinto sintomas estranhos, me ajudem, pode ser emocional.

Elaine Leite ,São Paulo

RESPOSTA:

Elaine,

Quem trata Diabetes é o endocrinologista e não o Cardiologista. Os testes para o Diabetes devem ser diários e não mensais.

Atenciosamente,

Equipe ANAD

——————————————————————–

PERGUNTA:

Por favor, preciso de uma orientação.

A minha mãe foi hoje ao clínico geral para ver o resultado de exames de rotina e o médico disse a ela que os exames acusaram Diabetes (acima de 200) e receitou medica- ção sem pedir novo exame para confirmar. Ela está com medo de tomar a medicação sem um exame confirmando o diagnóstico, uma vez que ela não apresenta qualquer sintoma. Ela tem 67 anos e está acima do peso.

Desde já muito grata pela resposta.

Alexandra Oliveira , São Paulo

RESPOSTA:

Prezada Alexandra,

Sugerimos que traga sua mãe à ANAD e passe com nossos endocrinologistas.

Por enquanto vá a um laboratório e peça para fazer exame de hemoglobina glicada.

Venha com esse resultado para se associar e marcar consulta. Atenciosamente,

Equipe ANAD

——————————————————————–

PERGUNTA:

Minha mãe é diabética e aplica diariamente insulina.

O médico recomendou o uso de sapatos para diabético e é algo difícil de encontrar.

A AACD têm sapatos com palmilhas especiais para diabéticos, entretanto não ficou claro que o sapato é totalmente recomendado para tal tipo de paciente.

Gostaria de maiores informações sobre como deve ser esse sapato, pois tenho uma pessoa que confeccionar calçados e vai fazer por encomenda.

Aguardo por sua resposta e agradeço a sua atenção.

Wesley Nagatomy , São Paulo

RESPOSTA:

Prezado Wesley,

Traga sua mãe à ANAD (Rua Eça de Queiroz, 198 – Vila Mariana) para fazer uma avaliação dos pés, totalmente gratuita.

A partir do resultado ela poderá comprar palmilhas específicas para os pés dela, que serão confeccionadas de acordo com as necessidades que ela apresentar.

Atenciosamente,

Equipe ANAD

——————————————————————-

PERGUNTA:

Gostaria de uma informação.

Meu sobrinho tem 11 anos e é diabético, vi um sorvete da Kibon com o selo de vocês, posso comprar sem ficar com medo de subir a glicose dele.

Desde já obrigada,

Danielle , Espírito Santo

RESPOSTA:

Prezada Danielle,

Sim, há sorvetes Kibon e Nestlé com selo Anad.

No entanto ele não poderá servir-se à vontade, tem que entrar como substitui- ção a outro alimento e constar na dieta específica que ele deve ter.

Atenciosamente,

Equipe ANAD

——————————————————————

PERGUNTA:

Prezados,

O que os senhores acham da bomba de insulina?

Cícero Zetty , Rio de Janeiro

RESPOSTA:

Prezado Cícero,

É um método de insulinoterapia aprovado como sendo o melhor e o que mais se aproxima da secreção natural do pâncreas.

É para Diabetes Tipo 1.

Conheça melhor e faça um mês grátis de experiência.

MEDTRONIC – 0800 888 3003

Atenciosamente,

Equipe ANAD

——————————————————————-

PERGUNTA:

Há 2 anos foi diagnosticado o DM1.

Então eu fui à pesquisa, inconformada com o diagnóstico não há cura. Busco informações em tudo, desde o empírico ao científico. Notei que há muitas pesquisas cuja eficiência é comprovada, mas nunca vai aos humanos, não evoluem. Isto me deixa intrigada como funciona se o HIV com menos tempo já encontraram vacina e outras coisas mais, e o Diabetes nada, tem que morrer, em consequência da enfermidade. Tenho vontade de contribuir com as minhas buscas. Tenho formação da área da saúde, e talvez poder ser útil para acabar com esta terrível doença. O importante é não se conformar e sim ir em busca de uma saída, com carinho.

Eleda Dechen , Rio Grande do Sul

RESPOSTA:

Eleda,

Você tem razão, o importante é perseverar, mas você precisa saber que quem tem Diabetes não tem uma sentença de morte. Ao contrário, com controle correto pode ter uma vida mais saudável do que quem não tem Diabetes.

É necessário que tome as medicações rigorosamente dentro do prescrito, mude para hábitos saudáveis com uma dieta balanceada e sadia, faça exercícios físicos regularmente, não fume, não beba e controle sua glicemia. Ou seja a pessoa vai dar mais atenção a si mesma, se cuidar mais e dar atenção às suas necessidades.

Atenciosamente,

Equipe ANAD

——————————————————————

PERGUNTA:

A ansiedade é um sintoma causador da Diabetes?

Amarillys M. Oliveira , São Paulo

RESPOSTA:

Amarillys,

Sintoma não é causa. Ansiedade não é sintoma de Diabetes, nem provoca Diabetes.

Atenciosamente,

Equipe ANAD

——————————————————————-

PERGUNTA:

Bom dia, sou diabética há mais ou menos 2 anos, tomo Metformina de 500mg três vezes ao dia e faço academia também três vezes por semana (sendo 30 minutos de esteira e 30 minutos de musculação) e mesmo tomando cuidado as vezes como algo que não devo.

Meu Diabetes hoje está em 300.

Queria saber se posso substituir o açúcar por adoçante dietético em pó nas receitas, se dá certo ou tem outra medida e como faço leite condensado sem açúcar?

Jaqueline Borges Cardoso Lucio , Santa Catarina

RESPOSTA:

Jaqueline,

Você tem Diabetes e por tanto não pode ingerir açúcar.

Você deve obrigatoriamente usar adoçante culinário específico para forno e fogão nas suas receitas.

Já existe o leite condensado diet da Lowçúcar.

Atenciosamente,

Equipe ANAD

——————————————————————–

PERGUNTA:

Olá gostaria da ajuda de vocês, meu esposo descobriu que está com Diabetes, porque começou a sentir todos os sintomas: boca seca, visão embaçada, cansaço e outros. Fez exames e a glicemia estava em 450 mg/dL e o colesterol 265 total. Começou a tomar os remédios 1 comprimido de Amaryl pela manhã em jejum, 1 comprimido Glifage a noite após as refeições. Nos últimos exames a glicemia baixou para 319 mg/dL e o colesterol ficou normal, só que ele está emagrecendo muito e já perdeu 14 kg por causa da dietas por conta própria e isto está deixando ele muito desmotivado.

Vocês teriam como nos ajudar em uma dieta e me responder se a insulina seria mais ideal?

Obrigado.

Tais Honória Neres , Bahia

RESPOSTA:

Prezada Tais,

Ele deve ser atendido por um endocrinologista que é o especialista em Diabetes.

Esse médico é quem indicará a melhor medicação para o Diabetes e outras doenças associadas. A partir da medicação a dieta adequada deverá ser orientada.

Atenciosamente,

Equipe ANAD

——————————————————————-

PERGUNTA:

Boa noite, moro em Petrópolis/RJ, sou diabética há mais de 18 anos. Tenho 49 anos. Faço uso de medicações que estão muito caras para meu orçamento mensal, quero saber se tem alguma forma de obter meus medicamentos de forma mais em conta. E aproveito para saber aonde posso procurar um grupo de apoio aqui na minha cidade.

Muito obrigada,

Isabela Arantes Guedon Simões, Rio de Janeiro

RESPOSTA:

Prezada Isabela,

Procure o posto de saúde mais próximo de sua residência, munida das receitas médicas, comprovante de residência e demais documentos e lá eles informarão quais medicamentos poderá conseguir.

Procure também a Farmácia Popular.

Procure a:

Associação dos Diabéticos de Barra Mansa – ADIBAM, R. Fortaleza, 393 – Apto. 101 – Bairro Getúlio Vargas – Barra Mansa/RJ, 21 2106-3469.

Atenciosamente,

Equipe ANAD

——————————————————————–

PERGUNTA:

Meu pai tem Diabetes tipo 2 e está perdendo muito peso. No momento ele está pesando menos de 60 quilos.

Gostaria de saber se existe alguma vitamina que ele possa tomar para ajudar a não perder peso. Infelizmente não temos condições de pagar um médico particular e na rede pública só tem horário no mês de agosto, precisamos de orientações para cuidar da saúde dele. Desde já agradeço.

Renata dos Santos Costa , São Paulo

RESPOSTA:

Prezada Renata,

Só o médico pode definir o tratamento após avaliação e exames. Sugiro que associe seu pai à ANAD e marque consulta com nossos médicos.

Atenciosamente,

Equipe ANAD

——————————————————————-]

PERGUNTA:

Boa noite!

Minha mãe é diabética e tem se queixado de sua pele dizendo estar enrugada ou ressecada, existe algum tipo específico de hidratante para diabéticos?

Atenciosamente,

Elisabeth,  São Paulo

RESPOSTA:

Prezada Elisabeth,

Sim, há muitos.

Peça que ela venha à Anad, Rua Eça de Queiroz, 198 – Vila Mariana, São Paulo / SP. Telefone: (11) 5572-6559 e conheça todas as possibilidades.

Atenciosamente,

Equipe ANAD

——————————————————————-

PERGUNTA:

Sou Diabético Tipo 1 e até a presente data ainda não encontrei uma só medicação que seja pra o Diabético do Tipo 1, gostaria de saber se existe pois sofro muito acho até que não vou viver muito tempo de tanto que sofro.

Grato por contar com ajuda da ANAD.

Paulo do Nascimento Sousa, Amazonas

RESPOSTA:

Prezado Paulo,

Se você é DM1 forçosamente está tomando Insulina, que é a medicação específica para esse tipo de Diabetes. O DM1 sem insulina não vive, uma vez que seu pâncreas não produz. Com as doses corretas, uma dieta apropriada ao seu caso e atividades físicas, você pode levar uma vida normal, e não há motivo para sofrer.

O importante é que você seja acompanhado por um médico endocrinologista e um nutricionista e ainda um profissional de atividade física.

Atenciosamente,

Equipe Anad

——————————————————————-

PERGUNTA:

Gostaria de saber quais alimentos devo dar ao meu esposo?

Ele é diabético, toma insulina 4 vezes por dia, já fez três pontes de safena, perdeu 95% da visão, mas graças a Deus com tratamento já conseguiu recuperar 50%, mentos de graça pelo governo.

Grato, desde já agradeço.

Márcio Luis , São Paulo

RESPOSTA:

Prezado Márcio,

Você deve se inscrever num posto de saúde próximo a sua residência, levando todos seus documentos pessoais, atestado de residência e a receita médica atual onde constem os medicamentos receitados. Lá você se inscreve e se informa como proceder.

Atenciosamente,

Equipe ANAD

——————————————————————-

PERGUNTA:

Tenho tomando vários remédios para Diabetes como: Glimepirida, Diabineze), no entanto gostaria de saber a opinião da ANAD sobre quais remédios são mais eficazes para o controle dela.

Isaac Pinto de Oliveira , Minas Gerais

RESPOSTA:

Isaac,

Cada paciente é um caso especial, assim a melhor medicação para um poderá não ser a melhor para outro.

A medicação depende de muitos fatores que são analisados pelo médico endocrinologista, na hora de prescrever e decidir qual medicação é a indicada para aquele paciente, naquele momento.

Atenciosamente,

Equipe ANAD

——————————————————————-

PERGUNTA:

Sou diabético há muito tempo não consigo controlar. Tomo medicamento e insulina mas não baixa de 240 mg/dL. Tenho muitas dores no corpo e minhas pernas doem 24 horas por dia.

O que faço para aliviar essas dores?

Cícero S. F. Leonel , São Paulo

RESPOSTA:

Sr. Cícero,

O senhor precisa ser atendido por um médico endocrinologista para acertar sua medicação e as doses da sua Insulina. Controlando a glicemia provavelmente as dores nas pernas melhorarão, e em caso contrá- rio, o seu médico o encaminhará a um vascular para tratar especificamente do problema nas pernas.

Atenciosamente,

Equipe Anad

——————————————————————

PERGUNTA:

Gostaria de saber qual o creme melhor para usar nos pés e no corpo.

Josefa de Lourdes , São Paulo

RESPOSTA:

Sra. Josefa,

Venha até a ANAD e conheça todas as linhas de cremes com “Selo de Qualidade e Confiança Anad” e então poderá escolher.

Todos são muitos bons.

Atenciosamente,

Equipe Anad

PERGUNTA:

Boa Tarde,

Meu nome é Terezinha tenho um filho de 15 anos que ficou diabético há dois anos, e estamos passando por momentos muitos difíceis em nossas vidas, ele é insulino dependente e não aceita o tratamento, gostaria de saber se vocês podem me ajudar neste momento de aceitação?

Tenho mais dois bebês pequenos e ele está muito carente, isto é normal?

Atenciosamente,

Terezinha de Fátima S. Evaristo , São Paulo

RESPOSTA:

Prezada Terezinha,

Sugerimos que você o traga até a Anad para conversar com a psicóloga. Ele realmente vai precisar de acompanhamento psicológico para poder enfrentar e aceitar.

Nosso endereço é Rua Eça de Queiroz, 198 – Vila Mariana – próximo à Estação do Metrô Paraíso, nosso telefone: (11) 5572-6559.

Atenciosamente,

Equipe ANAD

——————————————————————–

PERGUNTA:

Prezados Senhores:

Está sendo divulgado no site um Congresso que será realizado em julho/14 apenas para profissionais da área de saúde.

Esta associação poderia também realizar cursos e palestras para diabéticos, sem ser profissional da área de saúde. Uso bomba de insulina e não encontro divulgação de palestras, cursos para este tipo de tratamento.

Apresento a minha sugestão para esta associação realizar Congresso para bomba de insulina, o melhor seria em um final de semana porque muita gente trabalha durante a semana e não pode faltar no trabalho, para os diabéticos conhecerem melhor este tratamento, poder conversar com outras pessoas para trocarem ideias e experiências.

Atenciosamente,

Rosana E. M. Ungefehr ,São Paulo

RESPOSTA:

Prezada Rosana,

Temos palestras para pacientes todos os sábados na sede da Associação, à Rua Eça de Queiroz, 198 – Vila Mariana.

Os interessados podem se associar à Anad, e para eles há grupos de educação em Diabetes, diariamente em nossa sede.

Atenciosamente,

Equipe ANAD

——————————————————————–

PERGUNTA:

Sou diabético, gostaria de saber se o chocolate da BRASIL CACAU CHOCOLATE, recebe o selo da ANAD.

Comprei essa semana um chocolate DIET na referida loja, sendo que existia um cartaz informando que o chocolate era DIET com recomendação da ANAD, entretanto não existia na embalagem referida recomendação.

Obrigado!

Valmor Arede Cordova, Amazonas

RESPOSTA:

Sr. Valmor,

Contactei o grupo CRM, produtor do chocolate e envio ao senhor o que ele nos informou. “Todos os produtos que temos na linha regular possuem a certificação da ANAD, com exceção do produto de Páscoa (Bombons recheados de creme diet) que não conseguimos providenciar a Homologação a tempo. Nesse caso específico o cliente deve ter comprado o nosso chocolate ao leite (que possui certificação) o que acontece é que algumas lojas ainda possuem a embalagem antiga (sem a impressão do logo).”

Atenciosamente,

Profa. Lilian Fanny de Castilho ,Superintendente

——————————————————————-

PERGUNTA:

Bom dia, meço minha glicemia todas as sextas feiras que sempre varia entre 180 à 220mg/dL, e tomo os remédios todos os dias então queria saber se isso é pra me deixar muito preocupada.

Helena Comoti Hermosilla , São Paulo

RESPOSTA:

Sra. Helena

Sim,é para ficar alerta. Veja, você não informa se tem Diabetes, nem que remédios toma, nem a que horas faz os testes. Se você já é diabética, você deveria medir sua glicemia diariamente e fazer um diário que te ajudasse a controlá-la. Ainda, se for esse o caso, os remé- dios, não estão produzindo o efeito esperado, e isso pode ser por vários motivos, tais como sedentarismo, alimentação errada, doses erradas de medicação, ou porque você não tem ido regularmente ao médico para lhe fazer a readequação dessa medicação.

Sugiro que você se associe à Anad e aqui poderá encontrar toda a orientação de que você necessita para manter seus níveis de glicemia sob controle.

Atenciosamente,

Profa. Lilian Fanny de Castilho Educadora em Diabetes

——————————————————————–

PERGUNTA:

Eu tenho DT2 e tomo Metformina no almoço e no jantar e tomo Azukon 30mg só no jantar.

Gostaria de saber se posso substituir o Azukon 30mg por Diabinese de 250mg.

Aguardo resposta, obrigado.

Jose Antonio da Silva ,São Paulo

RESPOSTA:

José,

Só quem pode trocar medicação é o médico que o acompanha.

Por sua conta você não deve tomar essa decisão jamais. O Diabinese é um produto que normalmente não vem sendo recomendado, uma vez que há produtos mais eficazes atualmente.

Atenciosamente,

Equipe Anad

——————————————————————–

PERGUNTA:

Bom dia!

Eu sou médica de família e comunidade, trabalho em saúde pública há 23 anos e trato diabéticos durante toda a minha carreira profissional.

Gostaria de saber se há programado para 2014 algum Curso de Educação em Diabetes – EAD, voltado para profissionais de saúde. Aguardo retorno.

Atenciosamente,

Luciane Jung Dias ,Rio Grande do Sul

RESPOSTA:

Prezada Luciane,

O início das aulas foi no primeiro semestre de 2014, em março. Acesse: http://www.unipinterativa.edu.br/ O Curso de Pós Graduação Lato Sensu para Formação de Educadores em Diabetes é realizado através de parceria entre a ANBED (Associação Nacional Brasileira de Educadores em Diabetes) e UNIP (Universidade Paulista).

Para mais informações, entre em contato com a ANAD/ ANBED pelo telefone (11) 5572- 6559, ou pelo e-mail ambed@ ambed.org.br.

Atenciosamente,

Equipe Ambed

——————————————————————–

PERGUNTA:

Preciso que vocês me esclareçam uma dúvida ou como devo proceder:

Sou diabética desde os 9 anos, hoje tenho 37 anos sou DM1 insulino dependente, faço uso da insulina glargina e insulina ultra rápida e faço controle glicemico (04 vezes ao dia).

Uso Mediformina 850 mg/dL e uso também Thioctacid 600 HR para neuropatia sensitiva grave nos membros inferiores e superiores e tenho: tendinite e no ombro direito, artrose no joelho direito, burcite no quadril direito e túnel de carpo em ambas as mão. Já fiz cirurgia na mão esquerda, porém sem melhoras. Continua inchada, dolorida e, formigando e sem força.

Como proceder? O que fazer?

Estou afastada há 1 ano e cinco meses. Ganho esses remédios do governo, pois sou assalariada e a alimentação de um diabético custa muito caro.

Consigo aposentadoria antes do Diabetes agravar mais minha saúde?

Juliana Sales ,Minas Gerais

RESPOSTA:

Juliana,

Pelo que se nota, seus problemas ósseos não estão diretamente relacionados com o Diabetes que você não informa se está controlado ou não.

No entanto para um bom controle da glicemia é necessário que você seja acompanhado por um endocrinologista.

Quanto aos outros problemas você deve estar sendo atendida por um reumatologista e um ortopedista, além do fisioterapeuta. Pois bem, tanto o reumato quanto o ortopedista podem, se for o caso, atestar a necessidade de sua aposentadoria e com esse e outros documentos a senhora poderá entrar com o processo.

Lembramos que o Diabetes por si só não é caso para aposentadoria. Para isso é necessário que você tenha uma afecção incapacitante para o trabalho.

Atenciosamente,

Equipe Anad

——————————————————————–

PERGUNTA:

A família da minha mãe é diabética. Tenho 44 anos e de uns anos pra cá minha glicemia de jejum fica em torno de 95-97.

Fiz uma curva glicêmica ano passado e após 2 horas apresentei uma glicemia de 216.

Tenho dieta equilibrada, faço exercícios físicos, mas não tomo medicamentos.

Tenho indicação para passar com vocês e fazer um controle?

Se sim, gostaria de me associar.

Obrigada.

Mirian Lang ,São Paulo

RESPOSTA:

Mirian,

Com certeza você deve passar com um de nossos endocrinologistas. Traga seus exames anteriores, embora novos exames talvez sejam solicitados.

Traga em especial o exame de hemoglobina glicada – A1C.

Atenciosamente,

Equipe Anad

——————————————————————–

PERGUNTA:

Sou diabética e uso como medicamentos Glucovance 500/5 duas vezes ao dia, porém hoje comecei a tomar tambem januvia 100 mg uma vez ao dia.

Estou magra demais e não me sinto bem magra assim.

Posso engordar um pouco, o que faço? Estou muito nervosa com isso.

Obrigada, me ajudem.

Aparecida Costa,Minas Gerais

RESPOSTA:

Prezada Aparecida,

Você está sendo atendida por um endocrinologista?

Se não, recomendamos que procure um, que vai associar uma dieta específica ao seu caso, e aos seus medicamentos.

Atenciosamente,

Equipe Anad

——————————————————————-

PERGUNTA:

1. Gostaríamos de saber se têm dados que informem sobre a eficácia dos tratamentos alternativos ACUPUNTURA e HIPNOSE para combater o Diabetes, e se têm casos que foram ou vêm sendo tratados assim.

2. Informem se essa associação fornece medicamentos e fitas de medição de taxa de açúcar no sangue a crianças, e como isso pode ser obtido, ainda que com sua intervenção.

Gratos Empresários Associados do Brasil , Rio de Janeiro

RESPOSTA:

Não recomendamos nenhum tratamento alternativo, apenas o tratamento tradicional com endocrinologistas, que é o aprovado pelas Sociedades Mundiais de Endocrinologia e Diabetes.

Qualquer tratamento que não é comprovado e embasado por estudos mundiais e comprovação científica não pode ser aceito.

Quem fornece esses medicamentos e insumos são as Secretarias de Saúde.

Atenciosamente,

Equipe ANAD

——————————————————————–

PERGUNTA:

Meu filho tem 21 anos, tem DT1.

Ele foi reprovado no exame médico para aprendiz de marinheiro, porque a glicose deu 145 mg/dL.

Concurso para as forças Armadas, Polícia Federal, Polícia Rodoviária, pode reprovar as pessoas só porque tem Diabetes?

Obrigada

Luciane Santos , Rio de Janeiro

RESPOSTA:

Prezada Luciane,

Primeiramente é necessário consultar o edital do referido concurso. Caso não haja expressamente citada a impossibilidade de ser aprovado, caso a glicose esteja alta, ou por ele ter Diabetes a senhora deverá contratar um advogado para tentar reverter a situação.

No entanto se o edital for específico, não vai adiantar nem recorrer.

Atenciosamente,

Equipe ANAD

——————————————————————–

PERGUNTA:

Bom dia…

Descobri meu Diabetes há uns quatro anos, e não tenho controlado muito, mas tomo insulina de manhã no almoço e jantar.

De um ano pra cá tenho sentindo umas picadas em meu corpo, coisas que chegam a me acordar de noite, parece uma picada de abelha e parece também que tem um alicate me apertando na cabeça.

Passei por vários médicos e exames e nada foi constatado.

Gostaria de saber se tem como remediar ou curar estas picadas, pois estou ficando desesperado e inclusive esta semana pensei até em dar um fim em tudo isto.

Preciso de ajuda, se alguém puder me dar uma explicação ficarei muito agradecido.

Certo de uma resposta agradeço desde já.

Obrigado e fiquem com DEUS.

Reginaldo Rodrigues ,São Paulo

RESPOSTA:

Prezado Sr. Reginaldo,

Todo o problema é que o seu Diabetes não está controlado.

A primeira coisa a fazer é procurar um médico endocrinologista que analisará o seu caso, pedirá vários exames e naturalmente fará o exame clínico, para então verificar se sua medicação está adequada, o que parece não estar e parece também que faz muito tempo que o senhor não vai ao médico.

A partir disso, o senhor deve iniciar uma dieta específica para sua idade, peso, altura e condições físicas.

A dieta deve ser personalizada e orientada por um nutricionista.

O senhor também precisa fazer atividade física regularmente ao menos 30 minutos diários.

Deve também medir sua glicemia ao menos 2 vezes ao dia e registrar os resultados num diário.

Não deve beber, nem fumar. Não se desespere, e passe a dar mais atenção ao seu Diabetes, respeitando-o e tratando-o com todo cuidado.

Quando seu Diabetes estiver controlado, essas picadas melhorarão, ou se achar necessário, o endocrinologista o encaminhará a outro especialista para tratar especificamente desse caso.

Porém, este só terá êxito se seu Diabetes estiver controlado.

Atenciosamente,

Equipe ANAD

——————————————————————

PERGUNTA:

Boa tarde,

meu filho é insulinodependente, gostaria de saber se a água de quiabo tem realmente poder de equilibrar as taxas de glicemia como foi exibido na Rede Globo no programa do Luciano Huck. Ou é apenas mito.

Caso seja verdadeiro meu filho pode fazer uso?

Ele faz duas aplicações de insulina diária de NPH e Regular.

Obrigada.

Sandra Regina Brito , Bahia

RESPOSTA:

Prezada Sandra,

Um produto alternativo, sem comprovação científica não pode ser respeitado, nem levado a sério.

São crendices que podem por em risco a saúde e até a vida.

Não pare a medicação de seu filho em nenhuma hipótese.

Sugiro que visite o endocrinologista que acompanha o seu filho e diga a ele sobre essa água.

Caso ele autorize a tomar (desde que não abandone a medicação atual) a senhora poderá usar.

De nossa parte desautorizamos qualquer mídia que recomende tratamento não convencional.

Atenciosamente,

Equipe ANAD

——————————————————————-

PERGUNTA:

Fui há uma médica há um ano e ela constatou que tinha pressão alta.. ok!

Semana passada voltei pra fazer novos exames e ela assustada viu que minha taxa de glicose estava 560!!

Sim, e ela não tinha reparado no ano passado que ela estava 400…

Pois bem, comecei a tomar remédio hoje, me desculpa mas esqueci o nome dele, e gostaria de saber, o que EU POSSO COMER, SEM PROBLEMA, JA QUE TENHO PRESSÃO ALTA E AGORA DIABETES, pois o que eu não posso tem milhares de coisas…estou bem confuso e com medo de comer algo que me faça mais mal, já que ela vacilou há um ano atrás!!!

Obrigado.

João Francisco Soqueira, São Paulo

RESPOSTA:

Prezado João Francisco,

É necessário marcar uma consulta com nutricionista, para que baseada nas suas necessidades e dependendo de que medicação você toma, seu peso, altura, tipo de vida, e gostos pessoais, ela possa fazer uma dieta personalizada para que você possa ter uma vida saudável.

Atenciosamente,

Equipe ANAD

——————————————————————–

PERGUNTA:

Prezados boa tarde!

Tenho um parente próximo com DM1.

Ele alimenta-se bem, não dá intervalos grandes entre uma refeição e outra, mas ele está perdendo peso, em um mês ele perdeu 2kg. Existe algum suplemento que ele pode tomar para ganhar peso sem comprometer o aumento da glicose?

Ficarei grata se puder me ajudar, aguardarei contato.

Atenciosamente,

Eunice Camargos de Souza ,Minas Gerais

RESPOSTA:

Eunice,

A primeira coisa a fazer é visitar o endocrinologista para que ele faça um exame clínico e talvez peça exames laboratoriais.

Somente depois de descartados problemas médicos é que ele recomendará um nutricionista para elaborar uma dieta específica para seu parente.

E o mais importante, consultas sempre devem ser feitas pessoalmente, é impossível receitar pelo telefone ou e-mail, sem avaliar o paciente.

Atenciosamente,

Equipe ANAD

——————————————————————-

PERGUNTA:

Boa noite.

Meu pai é diabético (73 anos)e já teve complicações devido a doença como:

perda de dois dedos dos pés, insuficiência renal, circulatório e problemas cardíacos.

Atualmente ele está bem “estabilizado”, pois toma 9 medicamentos/dia.

Dentre os medicamentos ele tomou o Diabinese para controlar a glicemia. Nas ultimas idas ao endocrinologista do Hospital do Servidor do Estado de SP,foi receitado o Diamicron.

Porém com esse medicamento o Diabetes ficou acima de 250 (explodiu) por dois meses todos os dias. Foi então que ele voltou ao Diabinese e estabilizou em 140 por mais dois meses. Ao retornar ao médico o mesmo ficou bravo pela mudança e voltou a receitar o Diamicron mas em dose dupla (60 mg)e o Diabetes após 2 meses continua a explodir (acima de 200).

Gostaria de saber se o Diabinese é muito pior que o Diamicron?

Meu pai pode voltar a tomar Diabinese ou faz mal para os rins e coração dele?

Em suma o que é pior o Diabetes ficar alto ou o efeito colateral do Diabinese?

Obrigada desde já pela atenção.

Luana Maria Marelli , São Paulo

RESPOSTA:

Prezada Luana,

Diabinese é um medicamento, que os especialistas já não usam há mais de 10 anos pelas implicações de efeitos colaterais.

Na insuficiência renal, nenhum medicamento oral deveria ser prescrito e sim insulinoterapia.

Atenciosamente,

Equipe ANAD

——————————————————————-

PERGUNTA:

Me ajudem. Minha família esta desesperada. Meu pai esta com Diabetes descontrolado e vive desmaiando hora está muito baixa hora está muito alta.

Não sabemos mais o que fazer ele toma a mesma insulina há 30 anos existe algum outro medicamento que controle?

Nos ajudem!

Juziane Vidal , São Paulo

RESPOSTA:

Prezada Juziane,

A única maneira de controlar o Diabetes de seu pai é ele ser examinado por um médico endocrinologista, que pedirá exames laboratoriais para juntamente com o exame clínico possibilitar saber qual medicação será a correta para o caso dele.

Se ele toma a mesma medicação há tanto tempo é porque não é acompanhado por um endocrinologista e portanto está com a glicemia completamente descontrolada que provoca não só essas situações como também a possibilidade de muitas complicações decorrentes desse mau controle.

Se você quiser pode associá-lo à ANAD.

Atenciosamente,

Equipe ANAD

——————————————————————-

PERGUNTA:

Tenho Diabetes Mellitus há 4 anos e uso Metformina 500mg.

Faço acompanhamento na Faculdade Metodista de São Bernardo do Campo, com as nutricionistas.

A glicemia tem ficado entre 98/116. Ultimamente tenho sentido muito adormecimento e formigamento nos pés, quando deito.

Procurei no Google e achei neuropatia diabética, seria possível vocês me orientarem?

Nilcéa de Almeida, São Paulo

RESPOSTA:

Prezada Nilcéia,

Você deve ir a um médico endocrinologista para que ele à examine e peça exames laboratoriais.

Com estes resultados ele poderá orientá-la.

Atenciosamente,

Equipe ANAD

——————————————————————–

PERGUNTA:

Boa noite!

Gostaria de saber quantos graus tem o Diabetes e quais as reações que a pessoa sente para saber se está com essa doença.

Quais os riscos que podem acontecer com o doente?

Afonso Pereira dos Santos, São Paulo

RESPOSTA:

Prezado Afonso,

O Diabetes não é medido em graus e sim em mg/dL.

Os tipos de DM são:

• Tipo1;

• Tipo2;

• Diabetes Gestacional;

O Diabetes é praticamente sem sintomas, os sinais são parecidos com outros problemas e são basicamente:

• muita sede;

• muita fome;

• emagrecimento;

• urinar muito;

Os riscos do Diabetes não controlado são muitos, portanto você deve procurar com urgência um médico endocrinologista.

Sugerimos que se associe à Anad.

Atenciosamente,

Equipe ANAD

—————————————————————–

PERGUNTA:

Oi sou a Márcia e há alguns anos descobri que sou diabética.

Tomo remédio todos os dias um de manhã outro a noite gostaria que vocês me mandassem cardápio para conseguir me manter em forma e sem sentir dores nas pernas.

Gostei muito de saber que existe uma Associação de diabéticos para vocês nós informarem sobre essa doença portadores em todo o BRASIL, milhões obrigado por isso.

Márcia Regina Santos Simão , São Paulo

RESPOSTA:

Prezada Márcia,

Uma dieta personalizada só pode ser dada pessoalmente, através de consulta e avaliação de idade, peso, altura, tipo de medicamentos em uso, se faz ou não atividade física, doenças associadas, gostos pessoais, etc.

Não existe possibilidade de outra maneira.

Sugerimos que procure a Associação de Bauru onde poderá consultar um médico endocrinologista e uma nutricionista.

Atenciosamente,

Equipe ANAD

——————————————————————-

PERGUNTA:

Boa Noite, minha filha tem 20 anos.

Com dez ela adquiriu Diabetes Tipo 1.

Ela faz uso diário da insulina, NovoRapid e Levemir.

Queria informações, se há algum outro tipo de tratamento, que diariamente ela não tenha que tomar tantas picadas, grata.

Aide Ciochetti , São Paulo

RESPOSTA:

Prezada Aide,

Quem determina o tratamento é o médico endocrinologista que atende e examina o paciente, porém ele pode indicar o uso de Bomba de Insulina que substitui as injeções.

Caso ele não esteja familiarizado com este sistema podemos indicar um especialista para você.

Atenciosamente,

Equipe ANAD

——————————————————————

PERGUNTA:

Bom dia!

Venho recorrer a esta renomada instituição a fim de tentar obter ajuda e uma luz para minha vida.

Sou professor, tenho quase 42 anos e 25 anos de trabalho.

Sou portador de Diabetes tipo 2 há cerca de cinco anos e vinha tratando com dieta alimentar e a dose máxima de cloridrato de Metiformina. Além disso, sou hipertenso. Pois bem, em março deste ano (2013) tive uma infecção na perna esquerda que fora diagnosticada como Erisipela. Foram utilizados quatro antibióticos diferentes sem sucesso. O último deles, a penicilina melhorou a situação momentaneamente. Há cerca de dez dias a infecção voltou e agora se espalha por toda a perna, chegando a coxa.

Novamente estou sendo tratado com uma série de injeções de penicilina. Desde a primeira infecção, meu pâncreas parece ter parado de funcionar pois, além da dieta, preciso de seis doses de insulina diárias, sendo três doses de insulina R (3x 32) e mais três doses da humana (3×30). Tive lesões do sistema nervoso periférico nas mãos e nas pernas e pés. A circulação periférica também foi comprometida. As pernas incham, estão escurecendo e não há conclusões sobre o que causa a infecção.

Tenho duas filhas pequenas (nove e cinco anos0 e perdi completamente a disposição para tudo (trabalhar, brincar com minhas filhas, namorar com minha esposa, ler, ver televisão, etc..) Meu nível de stress e angústia está altíssimo.

Preciso de ajuda! Desculpem-me pelas lamúrias, porém, não sei mais a quem recorrer e não tenho mais dinheiro para gastar com médicos e medicamentos! As insulinas, seringas e Omeprazol pego na rede pública. Porém, ainda tomo Etna, Benicar para pressão, Sinvascor, AAS e Cortalidona (diurético) eComplexo B. Meu fígado e rins também começam a apresentar sinais de problemas…

Por favor…

Wagner Israel , São Paulo

RESPOSTA:

Sr. Wagner,

Infelizmente seu caso ao que parece apresenta diversas complicações, que deverão ser atendidas em ambiente hospitalar. Como você não tem recursos a opção é procurar o hospital das clínicas, ou a Santa Casa, no setor de emergência.

Procure fazer isso imediatamente, não espere mais.

Boa sorte.

Atenciosamente,

Equipe ANAD

——————————————————————–

PERGUNTA:

Preciso urgente de ajuda para aplicação de Insulina em minha mãe que tem 85 anos, é muito alérgica e, desde Janeiro/2013, quando começou a administrar a substância, tem piorado muito da coceira. O local onde eu aplico costuma ficar com calombos, vermelho e, em algumas horas, apresenta coceira intensa.

Maria Blanc Guedes dos Santos , Rio de Janeiro

RESPOSTA:

Maria ,

O problema é que você não pode aplicar sempre no mesmo lugar, você tem que fazer rodízio para aplicação da Insulina, no braço, na perna e na barriga.

Qualquer dúvida, ligue para nós.

Atenciosamente,

Equipe ANAD

——————————————————————–

PERGUNTA:

Meu nome é Silas Dias Bravo, e há pouco mais de quatro meses me casei, e desses quase cinco meses passei por dois momentos onde achei que ia perder o amor de minha vida, minha esposa Karen Cristiny de apenas 23 anos e que há quatro descobriu que é diabética, ela faz o uso da insulina 3 vezes ao dia, mas há 3 meses ela passou por uma descompensação do Diabetes e pegou uma infecção. Passou 10 dias internada, e agora completa, um mês de UTI.

Os médicos falaram que ela teve uma acidose do Diabetes, e ela novamente teve uma infecção. Em casa estavamos comendo somente arroz integral, suco natural, nada de frituras enfim uma dieta regulada,

PRECISO DE AJUDA.

Silas Dias Bravo , São Paulo

RESPOSTA:

Silas,

A ANAD é uma Associação onde temos acompanhamento médico e dos outros profissionais da equipe de Diabetes. Porém quando o paciente está internado não há o que possamos fazer. No entanto, é necessário que aí no hospital ela seja acompanhada por um médico endocrinologista.

Quando ela sair você poderá associá-la e ela passará a frequentar os cursos de educação e a ter um acompanhamento médico e multiprofissional para que nunca mais volte a ter uma cetoacidose.

Prof.ª Lilian Fanny de Castilho Educadora em Diabetes

———————————————————————————————————————————–

PERGUNTA:

Olá, Gostaria de informações para ser incluída no grupo de pacientes com Diabetes, a minha é Diabetes II, faço uso de Metiformina 850 pela manhã e 500mg á noite, faço uso de Enalapril 20mg e Hidrocortiazida 12,5 mg, pela manhã e AAS (1) no almoço.

Estou passando pela fase de menopausa, sinto muita agitação e calores, fiz reposição hormonal durante anos e meu ginecologista mandou parar por ter a idade de 60 anos.

Percebi que depois que parei de tomar reposição hormonal eu perdi mais ou menos uns 3 kilos e isto me preocupa.

Me sinto triste, não tenho animo sexual e sou muito ansiosa, gostaria de saber de vocês se nessa entidade existe alguma forma de eu me tratar com remédios específicos para uma melhora de vida, no aguardo agradeço.

Sueli Storolli Serrano ,São Paulo

RESPOSTA:

Você pode se associar e se consultar com nossos endocrinologistas. Se houver necessidade, depois da avaliação clínica e exames laboratoriais você poderá ser encaminhada para um ginecologista especializado em Diabetes, filiado à ANAD.

Equipe ANAD

————————————————————————————————————————————-

PERGUNTA:

Gostaria de saber quando meu Diabetes está em 471mg/dl o que fazer?

Simone Damasceno,  São Paulo

RESPOSTA:

Você deve consultar um endocrinologista que após exames clínicos e laboratoriais lhe indicará um tratamento que controlará a sua glicemia.

Equipe ANAD

————————————————————————————————————————————

PERGUNTA:

Boa noite, ao comprar um sapato da marca Opananken, encontrei a informação dessa Associação.

Gostaria de saber se existe tênis de caminhada especificamente para diabéticos e onde posso encontrá-los.

Agradeço qualquer informação nesse sentido.

Claudio Oliveira Santos ,São Paulo

RESPOSTA:

Cláudio

Consultamos a Opananken que informou não ter (ainda) produto específico, uma vez que a procura é pequena e eles não conseguem concorrer com as indústrias dos tênis, mas enviam fotos de calçados esportivos da linha, que você poderá adquirir.

Equipe ANAD

—————————————————————————————————————————————

PERGUNTA:

Olá, bom dia.

Sou diabética tipo 1 há mais de 4 anos, e estou com dificuldades para controlar, uso insulina Lantus e insulina rápida Glargina, porém na correria do dia, não estou conseguindo medir corretamente.

Ouvi falar de um medidor subcultaneo que avisa meia hora antes de baixar ou subir.

Sei que é algo importado, vocês têm alguma coisa sobre isso, algum site pra me indicar?

Aguardo retorno.

Atenciosamente,

Maria Rosane, Paraná

RESPOSTA:

Prezada Maria Rosane,

Faz parte do sistema de infusão contínua de insulina, também conhecido como bomba de infusão.

Segue o telefone do representante onde você poderá ter maiores informações: (11) 98538-6896 / 2182-9213 – Sr. Giovani – Meditronic.

Atenciosamente

Equipe Anad

—————————————————————————————————————————————–

PERGUNTA:

Moro atualmente em Itanhaém/SP, e nesta região não consegui localizar nenhuma nutricionista, a não ser em Praia Grande ou em Santos, mas fica difícil ir até lá.

Como sou diabética há uns 4 à 5 anos, agora terei que tomar insulina, porque estou me alimentando errado.

Preciso de uma orientação e uma dieta pra melhorar minha vida. Será que vocês poderiam me ajudar?

Ana Maria Suiter Cenini , São Paulo

RESPOSTA:

Sra. Ana Maria,

A dieta é personalizada e só pode ser elaborada pessoalmente, já que leva em conta idade, peso, altura, medicamentos, condições físicas, complicações, doenças associadas e preferências pessoais.

Caso a senhora queira vir a São Paulo temos nutricionistas especializadas aqui na Anad.

Atenciosamente,

Profa. Lilian Fanny de Castilho Presidente AMBED

—————————————————————————————————————————————

PERGUNTA:

Fiz exames da gota de sangue no dedo da mão, e deu como resultado 100, vinte dias depois fiz novamente o exame e deu 126.

Procurei um médico endocrinologista que pediu exame laboratorial – em jejum e após tomar um copo de água “açucarada”, depois de 2 horas fiz nova coleta de sangue – este exame laboratorial acusou em jejum 100 e com o copo de água “açucarada deu resultado de 190.

Diante desse resultado estou tomando Glifage 01 comprimido de manhã e outro a noite. Tenho que comprar um aparelho desses de medir o indice de glicose através de espetar uma agulha no dedo e colocar uma gota de sangue no aparelhinho. – minha dúvida – qual aparelho devo comprar, pois conversei com um diabético e ele me disse que esses aparelhos tem muito problema com as “fitas” que vira e mexe, deixa de funcionar corretamente, não fornecendo os resultado corretamente, ele mesmo já teve que comprar vários aparelhos e diversas veze as “fitas” que também ele diz ser um problema.

Agradeço pela atenção.

Muito Obrigado!

Geraldo Nardy , São Paulo

RESPOSTA:

Prezado Geraldo,

Os aparelhos para medir Glicemia praticamente NUNCA dão problemas, normalmente é o usuário que não sabe a maneira correta de manipulá-lo.

Você pode comprar seu aparelho em uma Associação de Diabetes, onde haja gente especializada para explicar como usar, o que geralmente não existe nas farmácias, daí resultarem tantos enganos no uso do aparelho.

Se você puder vir até a Anad, poderemos orientá-lo corretamente e você poderá escolher entre os diversos aparelhos que temos aqui.

O endereço da Anad é Rua Eça de Queiroz, 198 – Vl. Mariana – São Paulo / SP

Atenciosamente,

Profa. Lilian Fanny de Castilho Superintendente ANAD

————————————————————————————————————————————–

PERGUNTA:

Por que a glicose não é sempre igual, sobe em alguns dias e em outros não?

João Hipólito Crato , Ceará

RESPOSTA:

Prezado João,

É comum haver variação nos valores da glicemia mesmo que você ache que fez tudo igual em todos esses dias.

O certo é que a glicemia “flutua” permanentemente durante o dia e a cada dia e essa flutuação se deve ao tipo de alimento ingerido, condições de saúde, medicamentos e atividade física, além de emoções, sustos e estresse.

Se a pessoa tiver outras doenças, também poderá vir a ser um fator de flutuação da glicemia. Na pessoa que não tem Diabetes, a Insulina consegue se adaptar aos fatores citados e portanto consegue adequar essas variações para manter os valores normais.

Em quem tem Diabetes é diferente, justamente porque a Insulina não consegue ter a mesma ação igual a na pessoa sem Diabetes,daí a necessidade de tomar medicamentos para ajudar a compensar essa insuficiência de Insulina.

Atenciosamente,

Profa. Lilian Fanny de Castilho Presidente da Anbed

—————————————————————————————————————————————

PERGUNTA:

Me falaram que eu deveria ter educação em Diabetes.

O que é isso? E onde eu encontro?

Marina Fursmann ,São Paulo

RESPOSTA:

Cara Marina,

Educação continuada em Diabetes, é a melhor maneira que o portador de Diabetes pode encontrar para conhecer a sua doença.

A partir desse conhecimento ele tem a oportunidade de ser o “agente” do seu tratamento, interferindo nas intercorrências e oscilações comuns ao seu estado.

O paciente educado manterá a monitorização de sua glicemia constantemente, o que lhe permitirá adequar suas medicações.

Também saberá controlar sua alimentação, cumprindo uma dieta personalizada, escolhendo e trocando alimentos de forma a favorecer sua saúde como um todo e especialmente seu Diabetes.

Ele também praticará atividade física regularmente, ao menos 30 minutos ao dia, já que esta prática também o ajuda no controle da glicemia.

O paciente educado, revisa diariamente seus pés, seguindo todas as normas para o bom cuidado. Também realiza a cada 3 meses seu exame de Hemoglobina Glicada A1c, vai ao dentista e ao oftalmologista ao menos a cada 6 meses e visita seu Endocrinologista sempre que necessário ou quando tem consulta agendada, além de seguir as prescrições. Enfim ele sabe como se ajudar, ajudando seu controle para evitar as complicações futuras.

Você encontra tudo isso numa Associação de Diabéticos, como a ANAD.

Venha nos visitar!!!!

Profa. Lilian Fanny de Castilho Presidente da ANBED

———————————————————————————————————————————–

PERGUNTA:

Olá, boa tarde.

Farei uma cirurgia que precisa de jejum de 8 a 10 h e minha preocupação é ficar tanto tempo sem comer, uma vez que tenho Diabetes.

Há algum risco?

Qual a recomendação?

Grata,

Maria de O. Santos , São Paulo

RESPOSTA:

Prezada Maria,

Quando uma pessoa com Diabetes Mellitus faz uma cirurgia, ela deve ser acompanhada pelo Endocrinologista.

Aliás, você deveria estar sendo tratada por um endocrinologista e fazer essa pergunta a ele, que lhe orientaria a como proceder com os seus médicos e jejum pré operatórios.

Informamos que não há risco de pessoas com Diabetes ficarem em jejum para exames e ou cirurgia, desde que seus medicamentos sejam adequados pelo seu médico a essa situação.

Equipe Anad

—————————————————————————————————————————————

PERGUNTA:

Boa Tarde,

poderia me informar se tem a venda do aparelho para medição da Glicose CGMS.

Vanius Nasello, Rio Grande do Sul

RESPOSTA:

Prezado (a) Vanius I

nformamos que não há mais CGMS à venda, o aparelho será substituído pelo IPRO 2, porém aguarda registro da ANVISA.

Se você quiser colocar o CGMS a Anad faz este serviço. Informações 11 5572-6559.

Atenciosamente,

Equipe Anad

———————————————————————————————————————————–

PERGUNTA:

Bom dia!

Sou diabética tipo I desde os 11 anos e hoje tenho 33. Moro em SC, mas estou em SP ao menos uma vez por mês ou a cada dois meses; tenho interesse em me filiar sempre ouvi e li muito a respeito da ANAD e preciso me atualizar mais do que está disponível no mercado a respeito dessa doença.

A propósito; a ANAD tem parceria com odontólogos (implantes)?

Aguardo e agradeço desde já.

Alessandra, Santa Catarina

RESPOSTA:

Prezada Alessandra,

Sim temos aqui um de nossos dentistas que faz implante, o Dr. Alexandre Fraige.

Venha a R. Eça de Queiroz, 198 – Vila Mariana e se associe.

Traga os documentos e exame de glicemia, hemoglobina glicada e receitas médicas.

Atenciosamente,

Equipe ANAD

—————————————————————————————————————————————

PERGUNTA:

Tenho 50 anos, 1,68 m e 67 kg. Faço regime há muito tempo. Controlo os alimentos, faço exercícios físicos e tomo para queimar o açúcar por ordem de meu médico a Metformina (remédio para diabéticos).

Recentemente fiz o exame de rotina e acusou 112 mg. de glicose. Pode ser o remédio, que desencadeou algum sintoma, pois não tenho como fazer mais dieta.

E nunca tive alteração na glicose antes desse remédio, aguardo orientação se devo suspender este medicamento, pois nunca fui diabética.

Marli Ortiz, São Paulo

RESPOSTA:

Prezada Marli,

Na realidade é ao contrário do que você pensa. O remédio indicado não desencadeia a doença.Se o médico receitou a metformina é por que você já estava num processo de Diabetes e esse remédio, controla e abaixa os níveis de glicose no sangue.

Você deve ser acompanhada por um endocrinologista que verificará a adequação do seu tratamento.

Atenciosamente,

Equipe ANAD

—————————————————————————————————————————————-

PERGUNTA:

Por acaso vocês não teriam o modelo usado em viagens internacionais, declarando que a pessoa é portadora de Diabetes e o que ela estaria levando como medicamentos, por exemplo?

Sou usuária de bomba de insulina e ainda teria que declarar os insumos. Aguardo resposta e para tanto, agradeço antecipadamente.

Cristina Carvalho Camellas

RESPOSTA:

Prezada Cristina,

Não há modelo.

Você deve providenciar com o seu médico:

• Receita médica do que está tomando

• Sua carteira de diabético • Seguro saúde

• Declaração do médico para que justifique o transporte de medicamentos e insumos (agulhas, seringas, canetas, glicosímetros, etc.).

Junte tudo numa mesma pasta e coloque na mala de mão.

Nesta também deverão estar:

• Alimentos e glinstan (para o caso de hipoglicemia).

• Sua medicação (injetáveis e ou comprimidos).

• Canetas, seringas, agulhas (se usar).

• Tiras, glicosímetros, etc.

• Glucagon

Em outra mala coloque:

• Tudo que está relacionado acima (como estoque).

Fora do Brasil você não conseguirá comprar seus medicamentos sem receita de médico do país.

Não aceitam as nossas.

• Não esqueça também de levar “primeiros socorros” com medicação para enjôo, febre, dor, diarréia, etc.

Boa viajem,

Profa. Lilian Fanny de Castilho Pedagoga – Presidente ANBED

————————————————————————————————————————————–

PERGUNTA:

Prezados senhores, gostaria de saber qual é o limite máximo de glicemia para que se possa fazer cirurgias orais menores sem que haja problemas nas cicatrizações.

Esse limite é geral ou depende de caso a caso dos pacientes?

Sei que podem haver alterações que ocorrem no momento da medição e para aqueles pacientes que estão sendo monitorados. Eu trabalho em serviço público e não tenho um parâmetro do limite máximo para esse tipo de procedimento.

Grato pela atenção e informação,

Cordialmente,

Tadashi Yamada

RESPOSTA:

Dr. Tadashi,

em procedimentos cirúrgicos, a glicemia não tem um peso tão grande na tomada de decisão sobre realizar ou não o procedimento; O portador de diabetes pode estar em quadro hiperglicemico exatamente devido a uma infecção bucal e necessita do procedimento para retirá-lo do estado infeccioso / inflamatório.

Se sua pergunta é sobre níveis de glicemia *exclusivamente*, a literatura sobre o assunto é clara sobre a urgência em promover a remoção de focos infecciosos e inflamatórios nesses pacientes mas também adverte para complicações pós operatórias; em geral, pacientes com glicemias aferidas na hora do procedimento , que forem inferiores a 300 mg/dl ,desde que respeitados os preceitos de biossegurança e terapêutica medicamentosa adjuvante, apresentarão curso clínico normal quanto a quadros algicos e de cicatrização. Acima desses valores, as complicações pós operatórias tem um aumento significativo em ocorrência, valendo a pena realizar procedimentos imediatos para remoção de dor e encaminhamento ao endocrinologista para insulinização adicional temporária, a fim de trazê-lo a níveis glicêmicos aceitáveis.

Devo lembrar que a hiperglicemia é apenas um dos parâ- metros que devem ser aferidos antes de procedimentos cirúrgicos, *mas não o único*.

Portadores de DM apresentam em 50% ou mais dos casos, hipertensão arterial associada e são usuários de antiagregantes plaquetários; muitos são portadores de revascularização cardíaca; Por estas e outras complicações crônicas que eles podem apresentar, é interessante avaliar o paciente com exames laboratoriais como hemograma e coagulograma, além de aferição de P.A. e glicemia antes dos procedimentos cirúrgicos.

Cordialmente,

Dr. Alexandre Fraige Cirurgião Dentista

—————————————————————————————————————————————

PERGUNTA:

Boa noite!

Gostaria de deixar registrado uma grande insatisfação que não só eu, mas vários diabéticos, que moram em Salvador (BA) passam diariamente.

Começando pela Kibon… Não achamos sorvetes “zero açúcar” em lugares que não sejam em Shoppings e Supermercados em bairros nobres…

Gostaria muito que a ANAD procurasse estas empresas para saber o por que de não termos pelo menos um estoque pequeno… um picolé que seja… Não encontramos…

Acredito que esta queixa não seja somente aqui em Salvador… Hoje saí à procura e voltei bastante chateada, pois rodei as redondezas de onde moro e não achei nenhum sorvete zero, em nenhum freezer da Kibon, que dirá uma sorveteria comum… É frustrante isso… Só porque somos diabéticos, temos de ir apenas em shopping e em grandes sorveterias para achar um sorvetes zero? Fica a minha insatisfação e a dica…

Até…

Juliana Improta

RESPOSTA:

Estou encaminhando a reclamação do consumidor para o nosso SAC, pois eles são os responsáveis pelas respostas na empresa. Desta forma, podem orientar onde encontrar os sorvetes e também entram em contato com nossos vendedores para que as áreas onde os sorvetes estejam em falta, sejam visitadas. SAC – Unilever do Brasil – Kibon 0800-7079933 2ª a 6ª – 8h às 20h.

Atenciosamente,

Gisele Pavin Nutrition & Health Care Coordinator Unilever Brazil

————————————————————————————————————————————–

PERGUNTA:

Boa tarde meu nome é Fátima moro em Arapongas PR, tenho uma irmã que tem diabetes tipo 2 e faz uso de insulina, tem 50 anos e precisa trabalhar, é diarista.

Está com frequência com hipoglicemica chega a 30 a gliciemia… muito baixa… da última vez ela estava em um ponto de ônibus perdeu os sentidos e por pouco não aconteceu o pior…mas uma amiga viu e socorreu-a… peço pelo amor de Deus me ajudem a ajudar minha irmã..

Como posso conseguir algo para ajudá-la… uma identificação?

Porque se acontecer de novo na rua as pessoas possam saber o que ela tem… os médicos daqui não querem aposentá-la… então ela vai ter que continuar trabalhando… estou muito preocupada… muito obrigada!

Albina de Fátima Cozzo

RESPOSTA:

Boa tarde Albina,

Não há motivo para aposentá-la.

O que é preciso é um tratamento adequado com um endocrinologista e ela precisa aprender também a se cuidar.

1º) O médico deve rever a medicação que ela toma para saber se não está excessiva e readaptá-la. As hipoglicemias são decorrentes da inadequação dos esquemas de Insulina, do registro de doses, do tipo de Insulina e horários de aplicação.

2ª) Ela tem que se alimentar de 3 em 3h e comer certo. É necessária a orientação de um nutricionista para dizer quais alimentos e em que quantidade ela deve comer.

3º) Ela deve ter um GLICOSÍMETRO e monitorar a GLICEMIA, em jejum e uma hora após as principais refeições.

4º) Deve fazer um diário onde ela anotará o resultado das glicemias, a medicação e a alimentação.

5º) Ela deve ter sempre na bolsa, o “GLINSTANT”, ou uma bala (com açúcar) para ela ingerir quando começarem os sintomas de hipoglicemia.

6º) Entre no nosso site em “PÚBLICO EM GERAL” no canto esquerdo procure a opção “CARTEIRA DE IDENTIFICAÇÃO DO DIABÉTICO” – imprima e peça que ela use na carteira (coloque todas as informações que você achar necessário).

Atenciosamente.

Equipe ANAD

————————————————————————————————————————————–

PERGUNTA:

Bom dia, tenho diabetes tipo 1, faço uso de insulina glargina e novo rapid.

Pego meu material (seringa e fitas) no H.C. gostaria de saber como faço para conseguir a caneta de insulina.

Juliana Vieira

RESPOSTA:

Sra. Juliana,

ligar para SAC da Sanofi Aventis 0800 703 00 14 e da Novo Nordisk 0800 14 44 88.

Equipe Anad

————————————————————————————————————————————

PERGUNTA:

Boa Tarde!

Meu nome é Osmar e sou consumidor de sorvetes Kibon, existia um sorvete que se chamava Carte Door Zero.

Este produto tinha nele o informativo que poderia ser consumido pelos diabéticos, e ele sumiu do mercado, não fabricam mais, Com isso apareceu agora um novo com nome Balance, e este balance é registrado com o selo da Anad, e como a Anad é uma Associação Nacional assistencial dos Diabéticos, quero saber se este produto mesmo não levando a informação no seu rotulo Que é um produto Zero açúcar, pode ser consumido pelos diabéticos.

No aguardo de seu retorno.

Osmar Alves

RESPOSTA:

Prezado, Osmar

Encaminhamos sua mensagem para a Kibon,Aguardamos retorno.

Se quiser ligue para o SAC 0800 70 79 933. Site: www.kibon.com.br .

Porém o Balance não tem açúcar e pode realmente ser consumido por quem tem Diabetes.

Equipe Anad

————————————————————————————————————————————-

PERGUNTA:

Oi Anad,

Meu filho tem diabetes há 4 anos, o que desencadeou o Diabetes nele foi a catapora.

Agora, eu acho estranho que ele está com catapora pela terceira vez, é possível?

Gostaria de ter uma resposta o mais urgente possível e o devo fazer.

Obrigada.

Silvia Patricia Hergesel

RESPOSTA:

Prezada Srª. Silvia,

Supomos que seu filho já esteve em tratamento com um endocrinologista.

Sugiro que você consulte um médico infectologista e também um imunologista para avaliação dos processos imunológicos da resistência do organismo.

Equipe ANAD

————————————————————————————————————————————–

PERGUNTA:

Querida Anad,

Solicito informações sobre o aparelho de aplicação de insulina via blue tooth, apresentado na Rede TV no dia 27/12/2010.

Favor informar se existem representantes deste aparelho no Brasil ou caso contrário, favor informar contato no exterior.

Aguardo o seu retorno brevemente.

Grata ,

Miriam Mussi Pereira, Rio de Janeiro

RESPOSTA:

Prezada Srª. Miriam,

Este é um sistema de infusão contínua de Insulina que é comandada por um equipamento do tamanho de um celular e os comandos e informações são via blue tooth.

Informações com a Roche Diagnóstica – 0800 772 0126

Equipe Anad

————————————————————————————————————————————–

PERGUNTA:

Oi pessoal da Anad,

Por favor me informem quais são os cuidados básicos que devo ter com os pés, pois eu tenho Diabetes, e preciso aprender como cuidar deles e impedir que se machuquem.

Aí na Anad tem podológo(a)?

Obrigada,

Soraia Correa , São Paulon

RESPOSTA:

Olá Soraia,

na Anad temos podológa sim.

Seguem alguns cuidados básicos que você deve ter com os pés.

1. Lavar os pés todos os dias com sabão neutro e água morna. Cuidado com a temperatura da água. Enxágüe bem entre os dedos.

2. Use diariamente loção ou cremes hidratantes. Retire o excesso e não use entre os dedos.

3. Apare as unhas com lixas em linha reta. Não utilize alicates, nem nada cortante.

4. Não tente remover calos ou verrugas com curiosos ou pedicures sem treinamento. Somente com profissionais treinados e orientação médica.

5. Não coloque seus pés de molho, a pele pode ressecar ou rachar.

6. Use sempre calçados fechados em qualquer época do ano, use sapatos confortáveis para evitar bolhas e calos.

7. Verifique, sempre os sapatos antes de calça-los, use meias de algodão que ajudam a manter os pés secos. E não ande descalço mesmo dentro de casa.

8. Examine diariamente seus pés, caso não consiga, peça ajuda a alguém ou com auxilio de um espelho. Níveis altos de açúcar no sangue do diabético pode afetar nervos e a circulação das pernas.

Procure sempre uma equipe de saúde quando observar qualquer alteração.

Peça a seu médico que examine seus pés.

Sandra R. Oliveira C. dos Santos Podóloga da Anad

———————————————————————————————————————————–

PERGUNTA:

Srs. Dentistas da Anad,

Poderiam por favor me dizer o que é doença periodontal no diabético?

Meu médico disse que eu tenho isso, o que devo fazer?

Juan Ramos, São Paulo

RESPOSTA:

Caro Juan,

a doença periodontal é uma infecção causada por bactérias, que ocorrem nas estruturas de suporte dos dentes (osso, ligamento periodontal e gengiva). As placas bacterianas ou como é chamado hoje, o biofilme, é formado por uma camada de bactérias que cresce continuamente, fica mais espessa e gruda nos dentes.

As alterações mais freqüentes em termos de doença são: inflamações na gengiva (gengivite) e a perda de suporte ósseo dos dentes (periodontite). Se a placa não é removida na limpeza bucal, pode ocorrer a formação do tártaro, que contribui para as infecções. O quadro pode evoluir para perda dos dentes e outras doenças, como infecções respiratórias e até mesmo doenças do coração em casos mais graves.

A doença periodontal também atrapalha no controle metabólico do paciente portador de diabetes!

O tratamento para a doença periodontal é realizado pelo especialista periodontista e consiste em remoções do biofilme e combate à inflamação e infecção gengival.

“É importantíssimo deixar claro que a doença periodontal pode acometer tanto pacientes não portadores, quanto portadores de Diabetes ; o problema é quando o portador de diabetes apresenta um pobre controle de sua condição, a doença periodontal apresenta-se mais agressiva e destrutiva, daí vem a necessidade de controle da Diabetes.”

Dr. Alexandre Fraige Cirurgião Dentista

————————————————————————————————————————————-

PERGUNTA:

Olá, tenho Diabetes Tipo 2, posso colocar implantes na minha boca?

Dan Niersuan,Minas Gerais

RESPOSTA:

Olá Dan,

A resposta é sim, você pode, desde que tome algumas condutas como recorrer a um especialista credenciado em implantes (implantodontista) com experiência no tratamento de pacientes portadores de diabetes e que deixe claro sua condição de portador de Diabetes ao cirurgião.

Tenha em mente que o sucesso do implante é diretamente ligado ao controle da Diabetes, principalmente aos cuidados com níveis de hemoglobina glicada (manter sempre abaixo de 6,5) e cuidados com a higiene bucal.

Dr. Alexandre Fraige , Cirurgião Dentista

——————————————————————————————————————————–

 

PERGUNTA:

Boa tarde,

Tenho problema nos dentes e gengivas e o dentista nunca quer tratar porque a glicemia sempre está alta, mas o médico me disse que com esse problema na boca é difícil manter a glicemia controlada e tenho que tratar.

Assim fica difícil, o que devo fazer já que pelo que se vê uma coisa depende da outra?

Obrigado.

Mauro Antonio da Costa,São Paulo

RESPOSTA:

Mauro,

seu médico tem razão.

Realmente a doença periodontal é uma complicação comum nos pacientes portadores de diabetes, e que quando não tratada, resulta em uma descompensação glicêmica, além do risco de perda dental.

O ideal é que o senhor procure por um cirurgião dentista especializado no atendimento à pacientes portadores de diabetes, pois este vai saber conduzir o tratamento com segurança.

Temos dentistas na ANAD todos os dias da semana, caso o senhor se interesse, entre em contato pelo tel. 5572-6559.

Obrigada.

Dra. Patricia Cassino ,Cirurgiã Dentista

—————————————————————————————————————————————

PERGUNTA:

Gostaríamos de saber quantas vezes podemos aplicar a insulina com a mesma seringa.

Muito obrigado pela Atenção.

Casa do Diabético, São Paulo

RESPOSTA:

A recomendação é que a seringa seja utilizada uma única vez para evitar problemas como por exemplo, contaminação. A agulha perde a capacidade de corte com uma única aplicação e isto pode provocar dor.

Equipe ANAD.

————————————————————————————————————————————–

PERGUNTA:

eu gostaria de saber o que indica o resultado do exame cpk 318 U/L em paciente diabético?

Obrigado

Robertin Pereira ,São Paulo

RESPOSTA:

Prezado Robertim

Significa alteração de uma enzima Creatino fosfoquinase, que quando alterada para mais, indica lesão de células, por exemplo, musculares. Troque idéias com seu médico .

Equipe Anad

————————————————————————————————————————————-

 

PERGUNTA:

Bom dia.

Gostaria se possível saber qual o aparelho mais confiável para medir como está o Diabetes pois tenho um e não está confirmando o que está dando no laboratório, está variando acima de 50%.

Aguardo .

Obrigado ,

Claudinei Dicanalli

RESPOSTA:

Prezado Claudinei,

Seu aparelho deve estar descalibrado.

Há 4 Laboratórios com glicosímetros absolutamente confiáveis: Abbott, Bayer, Johnson & Johnson e Roche.

É importante que você saiba que os resultados da glicemia variam a cada segundo, então nunca os resultados de dois testes serão iguais. Mande calibrar seu aparelho. Se precisar traga-o na Anad, Rua Eça de Queiroz 198 – Paraiso SP Tel. 5572.6559

Equipe Anad

—————————————————————————————————————————————-

PERGUNTA:

Gostaria de saber: após vencimento das tiras por quanto tempo ainda posso usá-las.

Benedito Léo Galante

RESPOSTA:

Prezado Sr. Benedito,

Agradecemos seu e-mail.

Em resposta ao seu questionamento, informamos que, as tiras reagentes Accu-Chek vencidas devem ser descartadas, uma vez que podem ocorrer resultados fora do esperado ou inadequado.

A orientação é que a data de validade das tiras de teste seja sempre respeitada e observada antes do uso.

Solicitamos que entre em contato com o Accu-Chek Responde – 0800 77 20 126 – com o monitor, o tubo de tiras, e dados pessoais do paciente em mãos, para um melhor esclarecimento de suas dúvidas.

Horários de atendimento: Segunda à sexta-feira, das 8 às 19h Sábados, das 9 às 15 h

Atenciosamente

Central de Relacionamento Accu-Chek Responde

—————————————————————————————————————————————–

PERGUNTA:

Olá, meu pai é associado da ANAD e gostaríamos de saber, qual xarope é indicado para diabéticos?

Idade: 72 anos.

Obrigada!

Patrícia Palange

RESPOSTA:

Qualquer xarope fluidificante que não contenha açúcar.

Fale com seu médico.

Equipe Anad

 

—————————————————————————————————————————————-

PERGUNTA:

Prezado Sr. Presidente

Venho por meio desta solicitar de V.Sa. a doação de um medidor de glicose para minha mãe.

Ela tem 72 anos e alem de diabética é portadora de Asma e Glaucoma, e a cada dia que passa fica mais difícil sua locomoção para fazer exames de sangue para acompanhar sua taxa de glicemia.

Estou a inteira disposição para ir ao endereço marcado por V.Sa. para retirar o aparelho, moramos em Minas Gerais mais somos da Mooca em São Paulo e assim sendo temos pessoas para buscar o aparelho no local marcado.

Certo de contar com sua valiosa ajuda desde já agradeço imensamente a sua caridade para com nossa família.

Fernando Cabrera

RESPOSTA:

A Anad não doa aparelho dessa forma.

No entanto, os ouvintes do programa de rádio que ligarem poderão ser sorteados.

Assista o programa na Rádio Trianon 740 AM às 2ª, 4ª e 6ª feiras, ligue no telefone do ouvinte: 3253-4845 ou 3289- 3580 e fale com o Dr. Fadlo.

Depois de sorteado, poderá vir retirar seu prêmio.

Atenciosamente,

Equipe Anad

—————————————————————————————————————————————-

PERGUNTA:

Fiz um exame com o aparelho Prestige de glicose em jejum e o resultado foi 99, por volta das 06h, e às 08h, fiz o exame no laboratório. O resultado foi 153.

O que pode ter acontecido?

Isso é normal?

Grato!

Flavio Maciel

RESPOSTA:

Boa Tarde,

A taxa de glicemia pode se alterar a cada minuto, dependendo de múltiplos fatores como alimentação, medicação e atividades.

Portanto é perfeitamente normal essa oscilação nos resultados.

Atenciosamente,

Equipe ANAD

————————————————————————————————————————————-

PERGUNTA:

Bom dia!

Sou diabético tipo 1 e gostaria de saber como me associar.

Sou de Recife – Pernambuco, a ANAD tem cobertura por aqui?

Desde já agradeço,

Johnnys Salgado

RESPOSTA:

Bom Dia,

Procure a IBRADI – Rua Barreiros n100 Pina Recife PE Tel/fax: 81-33277854

Atenciosamente,

Equipe ANAD

————————————————————————————————————————————–

PERGUNTA :

Olá, bom dia !

Tenho uma filha diabética, ela tem 2 aninhos.
Gostaria de conhecer o trabalho de vocês.

Ellen Tavares

RESPOSTA :

Convidamos você a visitar a ANAD na Rua Eça de Queiroz, 198, Vila Mariana, São Paulo, telefone 11- 59086777, e conheça o nosso trabalho.
Esperamos você..
Abraço,
Lillian Fanny Castilho, Superintende

———————————————————————————————————————————————————————-

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.