Impacto da Vacina contra Influenza nas Taxas e Gravidade de Infecção por Covid-19

Impacto da Vacina contra Influenza nas Taxas e Gravidade de Infecção por Covid-19

Destaques:

• Com as vacinas contra COVID-19 ainda não amplamente disponíveis, há interesse em avaliar o papel da vacina contra influenza na suscetibilidade e gravidade de COVID-19.

• A probabilidade de teste positivo para COVID-19 foi reduzida em 24% nos pacientes que receberam uma vacina contra a gripe em comparação com aqueles que não o fizeram.

• Os pacientes vacinados com teste positivo para COVID-19 eram menos propensos a necessitar de hospitalização ou ventilação mecânica e tiveram um tempo de internação mais curto.

• A vacina contra influenza deve ser promovida para reduzir a carga de COVID-19.

Background:

Com uma temporada única de influenza ocorrendo no meio de uma pandemia, há interesse em avaliar o papel da vacina contra influenza na suscetibilidade e gravidade do COVID-19.

Métodos:

Neste estudo de coorte retrospectivo, os pacientes que receberam um teste laboratorial para COVID-19 foram identificados.

O desfecho primário foi a comparação do teste COVID-19 positivo naqueles que receberam a vacina contra influenza e naqueles que não receberam.

Os desfechos secundários em pacientes com teste positivo para COVID-19 incluíram mortalidade, necessidade de hospitalização, tempo de internação, necessidade de cuidados intensivos e ventilação mecânica.

Resultados:

Um total de 27.201 pacientes receberam testes laboratoriais para COVID-19. A probabilidade de teste positivo para COVID-19 foi reduzida em pacientes que receberam uma vacina contra influenza em comparação com aqueles que não receberam (odds ratio 0,76, IC de 95% 0,68-0,86; P <0,001).

Pacientes vacinados com teste positivo para COVID-19 eram menos propensos a necessitar de hospitalização (odds ratio, 0,58, IC 95% 0,46-0,73; P <0,001), ou ventilação mecânica (odds ratio, 0,45, IC 95% 0,27-0,78; P  = 0,004) e teve um tempo de internação hospitalar mais curto (razão de risco, 0,76, IC de 95% 0,65-0,89; P <0,001).

Conclusão:

A vacinação contra influenza está associada à diminuição do teste COVID-19 positivo e melhores resultados clínicos e deve ser promovida para reduzir a carga de COVID-19.

Fonte:
Instagram:@dr.albertodiasfilho
EndoNews: Lifelong Learning
Inciativa premiada no Prêmio Euro – Inovação na Saúde

https://www.sciencedirect.com/science/article/pii/S0196655321000894

” Os artigos aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e respectivas fontes primárias e não representam a opinião da ANAD/FENAD “

“Compartilhar é se importar”

Compartilhar: